Plano B para os corredores do BRT na Região Metropolitana do Recife

Obras do corredor Leste/Oeste no Recife - Foto: Nando Chiappetta

Obras do corredor Leste/Oeste no Recife – Foto: Nando Chiappetta

O ano de 2013 era para ser acelerado em relação às obras de mobilidade em Pernambuco. A ideia era fazer acontecer neste ano, o que não foi possível em 2012. Mesmo com a entrega dos viadutos dos Bultrins e Ouro Preto, em Olinda, que compõem o corredor Norte/Sul, ainda não foi bastante para entrar em 2014 sem pressa. Agora o tempo é quase nenhum.

O otimismo da Secretaria das Cidades em relação à entrega dos dois corredores (Norte/Sul e Leste/Oeste), em março de 2014, não encontra eco no ritmo das obras. A essa altura, no entanto, a pressa pode comprometer a qualidade das obras que têm objetivos muito além da Copa do Mundo. A Secretaria de Planejamento já trabalha com o plano B, que significa deixar os corredores em condições de trafegabilidade, mesmo que algumas obras sejam entregues ao longo de 2014.

Entre os projetos que estavam previstos, alguns não tiveram as obras iniciadas ou ainda estão em fase primária. É o caso de algumas obras do corredor Leste/Oeste, projeto mais diretamente ligado à Copa. O túnel da Abolição, por exemplo, que tinha previsão de ficar pronto em 10 meses, não deve ser entregue em março. “Mesmo o túnel sendo entregue depois, o corredor vai poder passar por cima”, explicou o secretário de Planejamento, Fred Amâncio.

Já no município de Camaragibe, uma alternativa de mobilidade para a demanda não se concentrar no Terminal Cosme e Damião – que já provou na Copa das Confederações, neste ano, que não suporta tamanha demanda -, não tem nem sinal de obra. Ou melhor tem no que se refere à demolição de imóveis desapropriados. Na Avenida Belmino Gouveia, houve alteração no projeto que prevê duas estações no centro da via e outras quatro, sendo duas por sentido, nas calçadas. A mudança foi para evitar mais desapropriações.

Obras corredor Norte/Sul - Ttrecho de Olinda - Foto: Nando Chiappetta

Obras corredor Norte/Sul – Ttrecho de Olinda – Foto: Nando Chiappetta

Em agosto, o secretário das Cidades, Danilo Cabral, acreditava que as obras das estações no município seriam iniciadas em setembro. Passados quatro meses, nem sinal das estações. Agora a previsão é iniciar as obras em janeiro.

Situação complicada também no terminal integrado de Camaragibe, que previa expansão para receber os ônibus do BRT. O único indício é um terreno ao lado do terminal com casas demolidas. Mas não é só isso, o ramal da Copa, que ligará o terminal de Camaragibe ao Terminal Cosme e Damião, também está na fase de derrubada de imóveis. “Apesar de ser um ramal curto, há muitas desapropriações a serem feitas”, explicou Fred Amâncio.

Uma das estações do BRT em Obras - Foto - Nando Chiappetta

Uma das estações do BRT em Obras – Foto – Nando Chiappetta

Norte/Sul
No caso do corredor Norte/Sul, os terminais de integração Pelópidas da Silveira, PE-15 e o de Igarassu, que previam obras de expansão, depois reduzidas à adaptação para receber os ônibus no modelo BRT (Bus Rapid Transit), sequer foram iniciadas. “A ideia, por conta do prazo, é fazer uma adaptação nesses terminais e, posteriormente, fazer a obra de expansão”, revelou Fred Amâncio.

No Norte/Sul, o avanço maior é ao longo da PE-15, onde todas as estações foram iniciadas e a maioria se encontra com cobertura e vidro. No trecho entre Igarassu e Abreu e Lima, há um intervalo de 7 km e apenas duas estações, cujas obras estão no início. Os trechos entre Paulista e Olinda são os mais adiantados. No Recife, onde estão previstas 13 estações, o nível das obras ainda é lento.

No Centro da cidade, as obras das estações sequer chegaram na fase do alicerce. Já o ramal da Agamenon Magalhães, que estava com a obra prevista para ser iniciada em dezembro, não tem mais prazo definido. “Não podemos iniciar uma obra na Agamenon sem ter todos os projetos aprovados e estamos aguardando alguns na área ambiental para dar início às obras”, afirmou o governador Eduardo Campos. Ainda segundo o governador, as obras dos corredores serão entregues em 2014. “Nosso compromisso é 2014 e os corredores serão entregues no prazo e com excelência”.

Saiba mais

Obras do Corredor Leste/Oeste

Terminais do Leste/Oeste

Terminal de Camaragibe – expansão não iniciada
Terminal da Caxangá – em operação
Terminal da 4ª Perimetral – em obras
Terminal da 3º Perimetral – em obras

Estações do Corredor Leste/Oeste:

1. Estação do Derby – em obras
2. Estação Benfica – Obra não iniciadas
3. Estação/Abolição – em acabamento
4. Estação/Farmácia em acabamento
5. Estação/FM Veículos – em acabamento
6. Estação/Hospital Getulio Vargas – em acabamento
7. Estação/China in Box – em acabemento
8. Estação/Renault – em acabamento
9. Estação/Big Ben – em acabamento
10. Estação/Caxangá Veículos – em acabamento
11. Estação/Italiana – em acabamento
12. Estação/Golf – em acabamento
13. Estação/Terminal Caxangá – em acabamento
14. Estação/Joaquim Ribeiro.3 – em acabamento
15. Estação/Joaquim Ribeiro.2 – em acabamento
16. Estação/Joaquim Ribeiro.1 – em acabamento
17. Estação/Belmino Correia.5 – não iniciada
18. Estação/Belmino Correia.4 – não iniciada
19. Estação/Belmino Correia.3 – não iniciada
20. Estação/Belmino Correia.2 – não iniciada
21. Estação/Belmino Correia.1 – não iniciada

Obras do corredor Norte/Sul 

Terminais do Norte/Sul
Terminal de Igarassu – Obra não iniciada
Terminal Pelópidas Silveira – Obra não iniciada
Terminal da PE-15 – Obra não iniciada

Estações do Corredor Norte/Sul

Igarassu (1 estação)
Estação em Cruz de Rebouças (obra iniciada)

Abreu e Lima (1 estação)
Estação no centro de Abreu e Lima (não iniciada)

Paulista (4 estações)
Estação José Alencar (em obras)
Estação Escadaria (em obras)
Estação Hospital Central (em acabamento)
Estação BR-101 (em obras)

Olinda (13 estações)
Estação Taguari (em acabamento)
Estação Tabajara (em acabamento)
Estação Jupirá (em obras)
Estação Escola Guedes Alcoforado (em obras)
Estação Praça da Cohab (em obras)
Estação Peixe Agulha (em obras)
Estação Bultrins (em obras)
Estação Quartel (em obras)
Estação Atacadão (em obras)
Estação Kenedy (em obras)
Estação Duarte Coelho (em obras)
Estação Sobradinho (em obras)
Estação Centro de Convenções (em obras)

Recife (13 estações):
Avenida Cruz Cabugá (6 estações)
1- Em frente ao terreno da Marinha (em obras)
2- Em frente à Praça Onze de Junho (não iniciada)
3- Em frente à Praça Gen Abreu e Lima (em obras)
4- Em frente à Rua Arthur Coutinho (não iniciada)
5- Em frente à Assembleia de Deus (não iniciada)
6- Em frente ao Parque 13 de maio (em obras)

Centro do Recife (7 estações)
1 – Em frente ao prédio do Ministério da Justiça (não iniciada)
2- Em frente ao Tribunal Regional da 6ª Região (não iniciada)
3 – Em frente à Rua da União (em obras)
4- Em frente ao Edifício JK (em obras)
5- Em frente ao AIP (em obras)
6- Na Avenida Martins de Barros (em obras)
7- Na Avenida Guararapes (em obras)

Fonte: Diario de Pernambuco (Tânia Passos)

12 thoughts on “Plano B para os corredores do BRT na Região Metropolitana do Recife

  1. Essas obras, são umas verdadeiras MERDAS. apenas com as chuvas que ocorreram entre os dias 18 à 20/12/2013, vimos que estes materiais aplicados são mais fáceis de derreter que um SONRISAL num copo d’água. Estamos todos lesados. Gastaram BILHÕES com obras(MERDAS) que valem CENTAVOS. Isso é um abuso com o dinheiro público. Cadê os órgãos de fiscalização do nosso Estado? aonde foram parar os trilhões que vieram para as obras(MERDAS) através do PAC e que não se justificou o seu paradeiro. Devem estar guardados para AJUDAR nas próximas campanhas, afinal no próximo anio teremos eleições. Não esquecam de votar NULO. Carinhosamente, Mário Tiburcio.

    • votar nulo vai resolver em NADA caro! é uma infantilidade sem tamanho quando vamos falar de Política aqui no Brasil. votar Branco,Nulo parece ser”a solução”. mas,quando se vai criticar os erros de nossa imprensa(tanto local quanto nacional),todos fogem feito rato quando vê o gato!

  2. Se estas obras, não ficarem prontas para a Copa, tem todas as chances de ficarem inacabadas.

    • essas obras NÃO VÃO FICAR PRONTAS! nem os ônibus chegaram caro. e cá pra nós,já andei num desse que querem trazer(articulado mercedes-benz)e é uma BOSTA! parece que o vexame dado por esta cidade na copa das confederações do ano que passou não fizeram acordar essa gente.os caras fazem de conta que nada está acontecendo!

  3. É evidente que as obras estão demoradas e que as dúvidas que acarretam os prazos são preocupantes.Porem deve se tomar em conta que a burocracia sempre acompanha maldosamente processos que envolvem muito dinheiro. Não posso afirmar desvios ou incompetência porque ate agora não existem denuncias. O que sim posso afirmar é que tanto o governo do estado, Eduardo Campos, e a prefeitura, Geraldo Julio, tem feito mais obras ( algumas acabadas e outras apenas começadas ) que qualquer dos outros governos estaduais ou municipais dos últimos vinte anos.É importante destacar que pelo fato de serem obras de longo prazo, não sejam nem o governador Campos nem o prefeito Julio quem inaugurem as ditas obras e quem vier depois se arrogue o exito de tais.
    Quando tudo estiver nos trilhos e estivermos desfrutando dos benefícios vai ser bom apelar a memória e dar o crédito a quem merece.
    Para quem acreditar que estou tomando partido, esclareço que não voto nem milito já que nasci em outro país, mais moro nesta terra a vinte e oito anos e nesse tempo vi o bastante para ter uma opinião isenta. Em fim, vai demorar mais vai dar tudo certo.

  4. Em todo país as obras da COPA estão atrasadas e super faturadas, não acredito que serão concluídas. Ao encerrar o campeonato nada mais será feito para a população pelo simples fato de que já não há mais dinheiro para manter o país!

  5. Acho que já passou da hora de nós culparmos apenas os políticos; temos que reconhecer que outros profissionais como Engenheiros, mestres de obras, fiscais, quem fez os projetos … também são culpados pelas coisas mal feitas. Talvez esses profissionais, que são pessoas do nosso convívio, sejam mais culpados que os políticos. Quem já não ouviu num noticiário que na escala de médicos nas emergências era um coisa e na prática não era a realidade? Quem nunca foi mal atendido na prefeitura? de quem é a culpa? acho que devemos fazer protestos para exigir que a população brasileira seja mais ética, mais honestos …

    • concordo contigo pedro. culpar só os políticos é fácil! destilar ódio na política e pregar voto nulo é moleza! agora,quando vamos fazer essa auto análise os caras fogem da responsabilidade! infelizmente somos um país infantil e imbecil em que um”roberto marinho”.ou um”páes mendonça”(com seu discurso vazio de”orgulho de ser nordestino”),se aproveita de nossa ignorancia para ganharem muito dinheiro.

  6. Mim parece que no RJ o corredor BRT foi entregue com várias estações sendo construídas. Em Recife e Região metropolitana não seria diferente ou pior…

  7. Obras do Corredor Leste/Oeste

    Terminais do Leste/Oeste

    Terminal de Camaragibe – expansão não iniciada
    Terminal da Caxangá – em operação
    Terminal da 4ª Perimetral – em obras
    Terminal da 3º Perimetral – em obras

    Obras do corredor Norte/Sul

    Terminais do Norte/Sul
    Terminal de Igarassu – Obra não iniciada
    Terminal Pelópidas Silveira – Obra não iniciada
    Terminal da PE-15 – Obra não iniciada

  8. A matéria sugere que alguns do governo parecem não saber projetar. Não entendi por que haveria expansão do TI Camaragibe em função dos ônibus BRT se inventaram de colocar três portas no lado direito dos veículos e as linhas substituirão as em circulação. Se os atuais cujo acesso é pelo lado direito e há três portas, dava a entender com essa medida que o governo iria economizar mantendo acesso atual e assim evitaria expansão ou construção de plataformas elevadas em TIs antigos. Os novos, sim, já seriam construídos atendendo ao acesso mais rápido pelo lado esquerdo, sem esquecer que o veículo BRT tendo três portas no lado direito a semelhança dos convencionais em uso permite o acesso a paradas aproveitando as da Boa Vista ou as provisórias que prometem construir enquanto as estações não são feitas com a mesma sistemática do pagamento antecipado.

    TI Camaragibe pode ser opção ao TI Cosme e Damião, mas há o TI TIP e TI Caxangá para apoiar sem depender da segunda etapa do ramal.

    Sobre a questão prazo, o Governo manipula o prazo ou muda a prioridade. A passarela do aeroporto era prioridade para a Copa das Confederações e vendo-a só deve ficar pronta em meados de fevereiro, período cujo prazo pós copa foi adiado umas duas vezes. Os BRT juntamente com corredores de ligação como a Arena seriam para antes da Copa 2014, mas agora a promessa é entregar até o fim do ano, então a prioridade mudou.

    Outro fator interessante pelo que vi divulgado em jornal local é que o TI/Estação Cosme e Damião irá receber, parece, quatro escadas rolantes. Se for isso mesmo, qual será a utilidade dessas escadas após a Copa, pois a estação foi feita para um contexto bem diferente, demanda menor que pode crescer se a Cidade do Copa vingar. O TI só foi feito afim de criar criar uma futura adequação, mas diria com maior foco em permitir transbordo dos torcedores para outro modal, logo o TI tende a ser subutilizado tal qual deverão ficar as tais escadas rolantes tendo TIs e estações de maior movimentação com número menor de escadas e que ficam desligadas em certos horários, que tende a ocorrer também com a esteira rolante da passarela do Aeroporto.

    • Raimundo: passei nesta Sexta-Feira,pelo”corredor norte-sul” e fiquei decepcionado.as obras estão simplesmente PARADAS! eram pra ficar praticamente prontas.pelo visto vão botar a culpa no Governo Dilma com o apoio de JCPM-Folha De São Paulo-Globo!