Arquivo Almanaque

A primeira greve geral no Recife

abr 28, 2017 Comentários desativados por

No dia 12 de novembro de 1906, o Recife enfrentou sua primeira greve de grandes proporções. Reflexo das novas relações de trabalho no início do século 20, o movimento atingiu as linhas de bonde, o comércio e até os açougues. Para o Diario, a situação significou um novo tipo de cobertura para seus repórteres, que […]

Almanaque, Destaque_capa Leia mais

A cabeça do cangaceiro no jornal

abr 24, 2017 Comentários desativados por

A violência praticada nos tempos de banditismo deu um novo sentido ao manejo das armas brancas para os criadores de galinhas, porcos, bodes e bois no Sertão. Ao invés de bicho, gente. A bibliografia do cangaço está cheia de relatos de pessoas – moradoras do Nordeste mais profundo – que foram marcadas a ferro quente, […]

Almanaque, Destaque_capa Leia mais

Voando do Recife falando português

abr 18, 2017 1 comentário por

Há 50 anos, Pernambuco e o Nordeste voltavam a ficar mais próximos de Portugal. Batizado com o nome de “Santa Cruz”, o Boeing 707-320B da Transportes Aéreos Portugueses (TAP), prefixo CS-TBA, aterrissou no Aeroporto Internacional dos Guararapes às 5h10 de 19 de abril de 1967. Com capacidade para até 170 passageiros, o primeiro avião a […]

Almanaque, Destaque_capa Leia mais

A paixão que deixou de ser só local

abr 14, 2017 Comentários desativados

Completando 50 anos de encenações na paisagem semiárida de Brejo da Madre de Deus, a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém é um espetáculo de grandes números e recordes. Atores globais agora se revezam nos principais papéis e a produção não fica nada a dever de um filme de Hollywood. Mas nem sempre foi assim. […]

Leia mais

O porto seguro da fotografia

abr 11, 2017 Comentários desativados

Ainda no século 19, o Recife tornou-se um porto seguro para os praticantes de uma arte nova, a fotografia. Franceses e alemães, principalmente, aventuraram-se no novo mundo e deixaram registros da transformação de uma cidade que sonhava em também ser europeia, dando as costas para o seu passado colonial português de casarios e igrejas postos […]

Leia mais

Leopoldo Nachbin, o eterno menino amigo de Clarice Lispector

mar 30, 2017 Comentários desativados

Há momentos que marcam as nossas vidas. Pessoas que indicam o caminho. Há 24 anos, no dia 3 de abril de 1993, morria Leopoldo Nachbin. Nascido no Recife em 7 de janeiro de 1922, tornou-se, nos seus 71 anos de vida, um dos maiores matemáticos brasileiros, com reconhecimento acadêmico mundial. Além de trabalhos publicados na Universidade […]

Leia mais

A pobreza como cartão-postal

mar 28, 2017 Comentários desativados

Usados principalmente para divulgar as atrações mais belas para as pessoas de outras partes do mundo, os cartões-postais comercializados no Recife no começo do século passado traziam cenários que poderiam ser curiosos para outras civilizações. Pouco mais de 20 anos depois da libertação dos escravos, a pobreza e seus aspectos também conquistavam espaço nos cartões […]

Leia mais

Na hora da crise vá tomar banho… de mar

mar 20, 2017 Comentários desativados

Se hoje o que preocupa os pernambucanos são as doenças trazidas pelo mosquito Aedes aegypti – dengue, zika vírus e chikungunya – há 25 anos o medo de contaminação tinha outro nome: cólera. O vibrião colérico – bactéria descoberta em 1883 por Robert Koch – provocou uma verdadeira epidemia no estado em 1992, causando a […]

Leia mais

A mais perfeita tradução (e tradição)

mar 10, 2017 Comentários desativados

Qual símbolo visual representa melhor Recife e Olinda, que de tão unidas fazem aniversário juntas, neste dia 12 de março? Para os moradores das duas cidades, a identificação é imediata, mesmo proposta em forma de uma rivalidade que não mais existe. Alceu Valença versus Reginaldo Rossi? Farol versus Obelisco de Brennand? Jacaré (praça do) versus […]

Leia mais

As guerreiras nordestinas do Paraguai

mar 08, 2017 Comentários desativados

Hoje nome de rua no Recife, há 150 anos morria uma mulher que cortou os cabelos, vestiu-se em trajes de primeiro sargento e se apresentou ao alistamento dos Voluntários da Pátria do Piauí para lutar na Guerra do Paraguai. A cearense Jovita Alves Feitosa, aos 17 anos de idade, de família humilde, tornou-se um símbolo […]

Leia mais