MENU

HISTÓRIA E MAR // OS ENCANTOS DO LITORAL SUL

A diversidade cultural e as práticas de lazer são alguns dos atrativos

COMO CHEGAR?

Excetuando Fernando de Noronha, que para conhecer é necessário chegar de avião, os demais cartões-postais apresentados nessa primeira edição são de fácil acesso. De carro, em no máximo uma hora se chega a Porto de Galinhas, o ponto mais distante. Há alternativas de ônibus para alguns desses locais

Ipojuca

Localizado a 53km do Recife, o município recebe milhares de turistas todos os anos, atraídos sobretudo pelas belezas naturais e pela ampla infraestrutura encontrada nas praias. Cartão-postal do estado, Porto de Galinhas é a principal e a mais visitada, mas há outras opções que também atraem a atenção do público, como Muro Alto, Cupe e Maracaípe. As duas últimas, inclusive, são as preferidas dos surfistas.

As praias de Ipojuca também oferecem uma grande variedade quando o assunto é gastronomia. Os banhistas podem saborear o tradicional milho verde cozido e o queijo coalho assado na brasa com mel de engenho. A principal rua de Porto de Galinhas é repleta de lojas de artesanato, restaurantes, lanchonetes e outros estabelecimentos. A pedida das noites é ouvir música popular brasileira em um dos bares da região. Opções de lazer é o que não faltam: além de conhecer as tradicionais piscinas naturais, é possível fazer mergulho e andar de bugue.

Para quem quer fugir da agitação de Porto, Maracaípe é uma ótima pedida. Por lá, o passeio de jangada pelo mangue até o Pontal é parada obrigatória. Admirar o pôr do sol também é um dos principais programas que turistas e nativos fazem. A região conta com uma grande infraestrutura hoteleira, voltada também para o turismo de negócio.

Jaboatão dos Guararapes

Situado ao lado da capital pernambucana, o município é repleto de opções de lazer, tanto para turistas quanto para os pernambucanos que queiram contemplar as belas paisagens e saber um pouco mais sobre a história da cidade e também do Brasil. Ao conhecer Jaboatão, tem-se a sensação de transitar pelo moderno (sobretudo quando você está na região da orla) e também pelo clássico (devido à grande quantidade de monumentos históricos, como igrejas e antigos engenhos de cana-de-açúcar).

O Monte dos Guararapes, local onde os holandeses foram expulsos pelos portugueses na famosa Batalha dos Guararapes, é parada obrigatória. Lá estão localizados o Mirante Henrique Dias, de onde é possível ter uma vista panorâmica da orla da cidade, e também a Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres. As praias de Piedade, Candeias e Barra de Jangada oferecem ao público uma diversidade de sabores locais, através de uma importante infraestrutura de bares e restaurantes. A rede hoteleira do município também é diversificada, atendendo aos mais diferentes perfis de turistas.

Longe das praias, Jaboatão também mostra suas belezas. Em um ambiente que lembra um pequeno vilarejo rural, com direito a presenciar mulheres lavando roupa no rio, esconde-se a Lagoa Azul. O local, que antes era uma antiga pedreira, hoje serve de cenário para a prática de esportes radicais e também para aqueles que queiram fugir um pouco da agitação da cidade.

Fernando de Noronha

A beleza inigualável do arquipélago, que fica a 545 quilômetros de distância do Recife, fez com que o local fosse um dos cogitados a receber o título de maravilha natural do mundo. Apesar de não ter levado a alcunha, a ilha não fica para trás de nenhum outro lugar do planeta. Tanto que a Baía do Sancho foi eleita, por duas vezes, a melhor praia do mundo, segundo pesquisa divulgada pelo site de viagens TripAdvisor.

Graças ao esforço para que se preserve cada vez mais o local, em Noronha é possível observar a natureza praticamente em seu estado pleno: é possível nadar com tubarões e observar os golfinhos, por exemplo. A ilha também é o local escolhido por tartarugas marinhas para fazer a desova (o projeto Tamar tem uma base no local desde 1984). Quem visita a ilha leva experiências inesquecíveis na memória, como o pôr do sol entre o Morro Dois Irmãos.

A noite de Noronha também é agitada, com vários bares e restaurantes. Um dos mais famosos é o Bar do Cachorro, que abre todos os dias e onde se pode dançar forró. Vários turistas, entre famosos e anônimos, escolhem o arquipélago para tirar uns dias de descanso.O local é uma ótima opção para famílias, casais em lua-de-mel ou pessoas solteiras que queiram aproveitar o clima do local.

Olinda

A Marim dos Caetés praticamente dispensa apresentações. Considerada Patrimônio Cultural da Unesco, Olinda transborda história e arte. Com uma área de 1,8 quilômetro quadrado, o centro histórico da cidade possui cerca de 1,5 mil imóveis. Andar pelas ruas da Cidade Alta é como voltar ao tempo do Brasil colonial. Ir à cidade sem visitar, pelo menos, o Alto da Sé e o Mosteiro de São Bento é o mesmo que nunca ter colocado os pés no município.

É no Alto da Sé onde se pode ter uma vista de tirar o fôlego das cidades de Olinda e do Recife, que ganham contornos ainda mais especiais se o passeio for feito durante o pôr do sol. Lá também é possível saborear a famosa tapioca, iguaria considerada patrimônio imaterial e cultural do município. As artes também se fazem presentes na cidade, seja nos quiosques espalhados por diversos locais ou em lugares específicos, como o Mercado da Ribeira.

O carnaval de Olinda é um capítulo à parte. Durante os quatro dias oficiais da festa, as ladeiras da cidade ficam tomadas por foliões de todas as partes do Brasil e também do exterior. Os Bonecos Gigantes, em especial o Homem da Meia-Noite, são marcas registradas do carnaval olindense. A cidade oferece, ainda, uma ampla variedade de restaurantes para todos os gostos e bolsos.

Cabo de Santo Agostinho

A cidade é ideal para aqueles que curtem a tranquilidade de estar em uma praia desfrutando de belas paisagens, como também para quem gosta de artesanato. As igrejas antigas e os engenhos fazem parte do visual do município, assim como as grandes indústrias que se instalaram nos últimos anos. Contrariando a versão oficial, o Cabo de Santo Agostinho pode ter sido o marco do descobrimento do Brasil, fato que teria como protagonista o navegador espanhol Vicente Pinzón e que teria acontecido três meses antes da chegada de Pedro Álvares Cabral ao local onde hoje está a cidade de Porto Seguro, na Bahia.

Da tranquilidade da Praia do Paiva ao agito de Gaibu, passando por Calhetas e pela Praia de Suape, o litoral é repleto de locais para todos os gostos. Para os que preferem um maior contato com a natureza , é possível ainda tomar um banho de argila em Itapuama ou fazer trilhas pelo local. A tirolesa de Calhetas é o lugar certo para quem busca adrenalina sem deixar de contemplar as paisagens naturais. Ao lado, dá para comer uma agulha frita no bar do Artur. É possível ainda conhecer todo o litoral da cidade através dos passeios de bugue. O Centro de Artesanato Wilson Campos Júnior, localizado às margens da PE-60, é um dos locais onde os visitantes  poderão conhecer um pouco mais sobre a cultura do município.

BANHO DE ARGILA
Em vez do mar, há quem procure na Praia de Itapuama um lago de solo argiloso que seduz muitos turistas. Uns vão pela curiosidade, outros à procura das propriedades terapêuticas e energizantes que dizem que a argila tem.

[ FICA A DICA
JABOATÃO DOS GUARARAPES

 

  • Onde comer?
  1. Beto’s Bar
    Avenida Bernardo Vieira de Melo, 4738, Candeias – Informações: (81) 3469-2995
  2. Jabá Regional e Pizzaria
    Avenida Bernado Vieira de Melo, 1100, Piedade – Informações: (81) 3342-0963
  3. Churrascaria Sertaneja
    Av. Bernardo Vieira de Melo, 4105, Candeias – Informações: (81) 3468-8193
  4. Mercado 153
    Shopping Guararapes – Avenida General Barreto de Menezes, 800, Piedade – lojas 210 e 211
    Informações: (81) 3305-7303

 

  • Lazer
  1. Andar de Skate e bicicleta no Monte dos Guararapes
  2. Nos fins de semana, grupos se reúnem para praticar esportes no local
  3. Passeio de lancha e prática de standup paddle nas Marinas de Barra de Jangada
  4. Tirolesa, Rapel e Bungee Jump e trilha na Lagoa Azul | Em geral, as atividades acontecem todos os fins de semana e feriados (exceto bungee jump, que tem datas pré-estabelecidas). Os preços variam conforme o esporte escolhido. Informações: http://extremesportes.com.br/
  5. Instituto Histórico de Jaboatão | O local é ideal para quem tem interesse em conhecer um pouco mais sobre a história da cidade – Endereço: Rua Desembargador Henrique Capitulino, 65, Centro – Informações: (81) 3481-5794

 

  • Compras
  1. Shopping Guararapes
    Av. Barreto de Menezes, 800, Piedade – Informações: 2122-2211
  2. Galeria Market Place
    Av. Bernardo Vieira de Melo, 1650, Piedade

 

  • O que fazer à noite?

A noite de Jaboatão é ótima para quem busca diversão. Vários estabelecimento localizados na orla apostam em música ao vivo para conquistar os clientes.

  1. MP Bar
    Abre todas as quartas, quintas e sextas-feiras, a partir das 21h. Os preços para entrar no local variam conforme o dia. Avenida Bernardo Vieira de Melo, 20, Piedade. Informações: (81) 3462-6200
  2. Cosmopolitan Pub
    Avenida Bernardo Vieira de Melo, 4456, Candeias. Informações: (81) 3203-3505

 

  • Vale a pena conhecer
  1. Lagoa Azul – O melhor acesso é pela Avenida General Manoel Rabelo, sentido Jaboatão Centro. Dobrar na primeira rua à esquerda após o 14° Batalhão de Infantaria Motorizado. Há placas orientando os motoristas
  2. Monte dos Guararapes – O único acesso disponível é pela Estrada da Batalha (PE-008). Dobrar na primeira rua à direita após a concessionária Autonunes. O acesso é controlado pelo Exército
  3. Mirante Henrique Dias – R. Henrique Dias, Jardim Jordão (Monte dos Guararapes)
  4. Marinas de Barra de Jangada – Pegar a última saída à direita (estrada de terra) antes de acessar o pedágio que dá acesso à Praia do Paiva

 

CABO DE SANTO AGOSTINHO

 

  • Onde comer?
  1. Bar do Artur
    Rua dos Carneiros, s/n, praia de Calhetas. Informações: (81) 3522-6382
  2. Restaurante Chácara
    Rua Trapiche, 01, Vila Social. Informações: (81) 3521-0796
  3. Namoa – Restaurante & Bar
    Avenida Beira Mar, 87, Gaibu. Informações: (81) 3512-0035
  4. Natrielli Restaurante
    Shopping Costa Dourada (Rodovia PE-60, km 3). Informações: (81) 3059-2300

 

  • Lazer
  1. Tirolesa de Calhetas
    R: Dos Carneiros, nº755, praia de Calhetas. Preço: R$ 20 (por pessoa). Informações: (81) 3512-0894
  2. Passeio de bugue
    Várias empresas oferecem o passeio de bugue pelo litoral do município, que dura em média 5 horas e custa R$ 250 (para quatro pessoas)
  3. Passeio de catamarã
    Ponto de embarque: Vila Galé Eco Resort do Cabo de Santo Agostinho, localizado na Praia de Suape. Preço: R$ 50 (por pessoa). Duração do passeio: aproximadamente 2 horas. Informações: (81) 3424.2845
  4. Banho de Argila em Itapuama
    Após o pedágio da Praia do Paiva, dobrar na primeira rua à direita (há placas indicativas). Preço: R$ 10 (por pessoa). Informações: (81) 9.8503-4810
  5. Engenho Massangana
    Acesso pelo km 10 da PE-060. Informações: (81) 3527-4025
  6. Centro de Artesanato do Cabo – Arquiteto Wilson Campos Júnior
    Rodovia PE-60 km 5, Cohab. Informações: (81) 3521-2774

 

  • Compras
  1. Shopping Costa Dourada
  2. Rodovia PE-60, 3200, Cidade Garapu. Informações: (81) 3059-2000

 

  • O que fazer à noite?
  1. Visitar o Centro de Gaibu, onde há lojas, bares e restaurantes

 

  • Vale a pena conhecer
  1. Praia do Paiva
  2. Praia de Pedra do Xaréu
  3. Praia de Enseada dos Corais
  4. Praia de Gaibu
  5. Praia de Calhetas
  6. Praia de Suape

 

IPOJUCA

 

  • Onde comer?
  1. Caldinho do Neném
    Rua das Piscinas Naturais, galeria Verde Mar, loja 12, Porto de Galinhas. Informações: (81) 3552-1962
  2. Restaurante Peixe na Telha
    Avenida Beira Mar, 103, Porto de Galinhas. Informações: (81) 3552-1323
  3. Restaurante BarCaxeira
    Rua da Esperança, 458, Porto de Galinhas. Informações: (81) 3552-1913
  4. Pontal de Marcaípe – Restaurante & Bar
    Avenida Beira Mar, 90, Marcaípe. Informações: (81) 9.8104.0238

 

  • Lazer
  1. Passeio de jangada
    Saída do centro da Vila de Porto. Preço: R$ 40 (por pessoa)
  2. Mergulho
    Com duração de aproximadamente 30 minutos, o turista recebe um CD com fotos como cortesia. Preço: R$ 100 (por pessoa)
  3. Passeio de Bugue
    Nesse passeio, os turistas conhecem as praias de Muro Alto, Cupe, Vila do Porto e Maracaípe (com parada no Pontal). Preço: R$ 200 (para 4 pessoas)
  4. Passeio de Porto de Galinhas até Calhetas
    Passeio pelas praias da região (Cabo de Santo Agostinho e Calhetas). Preço: R$ 250 (até quatro pessoas)
  5. Passeio de jangada pelo mangue
    A atividade tem duração de cerca de 40 minutos a 1 hora. O passeio percorre o mangue por trás da praia de Maracaípe, chegando ao Pontal, onde é possível acompanhar o pôr-do-sol. Preço: R$ 25 (por pessoa)

 

  • Compras

O centro de Porto de Galinhas é repleto de lojas de artesanato, moda praia, acessórios, entre outros. A Rua Esperança é a que concentra a maior quantidade de estabelecimentos, incluindo o Shopping Porto Rico.

 

  • O que fazer à noite?
    Quem vai à Porto de Galinhas tem à disposição diversas casas que promovem shows, além de bares com música ao vivo (geralmente MPB). Os jantares nos restaurantes da região também são ideais para casais ou para solteiros

 

  • Vale a pena conhecer
  1. Praia de Muro Alto
  2. Praia do Cupe
  3. Praia de Serrambi

 

OLINDA

 

  • Onde comer?
  1. Oficina do Sabor
    Rua do Amparo, 335, Amparo. Informações: (81) 3429-3331
  2. Beijupirá
    Rua Saldanha Marinho, s/n (ao lado da Igreja da Misericórdia), Amparo. Informações: (81) 3439-6691
  3. Casa de Noca
    Rua Bertioga, 243, Bonfim. Informações: (81) 3439-1040
  4. Olinda Art & Grill
    Rua Bispo Coutinho, 35 – Carmo. Informações: (81) 3429-9406

 

  • Lazer
    O Sítio Histórico é o principal cartão-postal da cidade. Lá, é possível ter uma vista panorâmica tanto de Olinda quanto do Recife, através do mirante da Caixa D’Água, no Alto da Sé. O preço é de R$ 7 (por pessoa), com permanência máxima de 15 minutos. Ainda no Sítio Histórico, há muitas lojas de artesanato e ateliês. Andar pelo Mercado da Ribeira e conhecer as igrejas são roteiros obrigatórios.

 

  • Compras
    É possível adquirir peças artesanais, como estátuas, roupas em renda, entre outros, nos quiosques do Alto da Sé e no Mercado de Artesanato que existe no local. São dez lojas que ficam abertas de domingo a domingo, das 9h às 19h. Há também o Mercado da Ribeira, localizado na Rua de São Bento, que fica aberto diariamente das 9h às 18h

 

  • O que fazer à noite?
    A programação noturna em Olinda é diversa. Há opções para quem tem um perfil mais tradicional ou alternativo. A casa de shows Classic Hall costuma receber grandes shows ao longo do ano.

 

  • Vale a pena visitar
  1. Alto da Sé
  2. Mercado da Ribeira
  3. Mosteiro de São Bento
  4. Observatório Astronômico
  5. Ruínas do Senado
  6. Igreja do Carmo
  7. Igreja da Misericórdia

 

FERNANDO DE NORONHA

 

  • Onde comer?
  1. Restaurante Mergulhão
    Vila do Porto. Informações: (81) 3619-0215
  2. Restaurante Maravilha
    Vila do Sueste. Informações: (81) 3619-0028
  3. Cacimba Bistrô
    Praça Presidente Eurico Dutra, 09, Vila dos Remédios. Informações: (81) 3619-1200
  4. Zé Maria
    Floresta Velha. Informações: (81) 3619-1258
  5. Bar do Cachorro
    Terminal Turístico do Cachorro, Vila dos Remédios. Informações: (81) 3619-1403

 

  • Lazer
    O arquipélago oferece diversas opções de lazer. É possível nadar com tubarões, contemplar as paisagens através das trilhas e caminhadas ao longo da ilha. Entre as atividades disponíveis, está o passeio de barco que sai do Porto de Santo Antônio passando pelas praias da Biboca, Cachorro e Conceição. Ao fim do trajeto, é possível observar o pôr-do-sol no Morro Dois Irmãos.

 

  • Onde comprar?
  1. Companhia da Lua
    Aeroporto e Bosque Flamboyant. Informações: (81) 3619-1631
  2. Marlin Azul
    Porto Santo Antônio. Informações: (81) 3619-1299
  3. Arte Noronha
    Terminal Turístico do Cachorro. Informações: (81) 3619-1634

 

  • O que fazer à noite?
    O período noturno na ilha é simples, mas há várias opções de lazer. Todos os dias, o Projeto Tamar realiza uma palestra mostrando um pouco sobre as curiosidades do local. Depois, o turista pode ficar à vontade para jantar em um dos restaurantes ou curtir uma balada. O lugar mais indicado é o Bar do Cachorro, um dos locais mais animados da ilha. Por lá, turistas e nativos curtem a noite ao som do forró e maracatu.

 

  • Vale a pena conhecer
  1. Baía do Sancho
  2. Praia do Sueste
  3. Projeto Tamar
  4. Pousada de Zé Maria
  5. Bar do Cachorro