One thought on “Vídeo mostra acidente com motorista que corta pela direita e se dá mal

  1. Tinha tudo para dar errado e deu. Sorte que ainda está viva. Ultrapassar pela direita até pode ser feito se a pista tiver mais de uma faixa por sentido; ter campo de visão a frente para não topar com veículo mais lento ou até parado; não exceder na velocidade.
    O vídeo mostra que a mulher ia muito rápido e mesmo que a estrada não tivesse limite, deveria reduzir a velocidade para mudar de faixa ou observar o veículo a frente se a viu e assim abriria caminho. Já vi casos de o condutor apressado não sinalizar que ultrapassaria pela direita e o a frente inventou de migrar de faixa no início da ultrapassagem do que via atrás quase provocando uma colisão.
    A mulher ainda fez uma mudança de faixa sem campo de visão e tendo veículo grande a frente. O caminhão a frente poderia de repente frear e ela colidir com ele na mudança de faixa porque não deixou uma distância de segurança. Essa distância permitiria observar se a faixa mais a direita, que é saída da via principal, estaria livre para entrar nela, bem como observar se outro veículo já nessa faixa em deslocamento permitiria ela entrar a sua frente.
    A ação dela ainda poderia gerar mais prejuízo a terceiros, pois fez uma mudança de faixa sem tomar cuidado e passando por veículo grande. O povo tem que entender que cada veículo tem massas diferentes, tempo de reação e espaço para freagens diferentes, e isso pode se agravar com os CVCs (Combinação de Veículo de Carga tipo bitrem, rodotrem, romeu e julieta). Esses veículos mesmo com alguns equipamentos de segurança, por terem mais de uma articulação em frenagens bruscas formam o efeito L ou duplo L. Veículos ao lado podem ser atingidos pelo deslocamento fora de trajetória de um reboque ou semi-reboque. O vídeo mostra que o caminhoeiro não teve nem tempo de reagia a colisão do veículo, mas se tivesse e fosse mudar de faixa, poderia colidir com veículos ao lado e se fosse uma via simples com mão dupla, tinha grandes chances de colidir frontalmente com outro no sentido oposto.