Guia da mobilidade para quem for brincar o Carnaval no Recife




  De carro, ônibus, metrô ou bicicleta. Na hora de decidir a melhor forma para se deslocar para os polos de animação na capital pernambucana, os foliões vão poder planejar com antecedência, a partir das opções disponíveis.Entenda o passo a …Continue lendo…

Parlamentares reclamam que impostos dificultam uso da bicicleta por trabalhadores




  Parlamentares das comissões de Finanças e Tributação e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável criticaram a elevada carga tributária incidente sobre o setor de bicicletas no Brasil. De acordo com o deputado José Stédile (PSB-RS), se o Brasil terminasse …Continue lendo…

Guia da mobilidade para brincar no carnaval de Recife e Olinda




    Liliane e suas amigas preferem o conforto do táxi De carro, ônibus, táxi ou metrô? De que forma você está se preparando para fazer os deslocamentos durante os quatro dias de carnaval entre Recife e Olinda? Como fazer …Continue lendo…

Metade das vias navegáveis brasileiras têm pontecial econômico




O Brasil dispõe de uma das maiores redes hidrográficas do planeta, mas ainda utiliza muito pouco desse potencial. Dos 63 mil quilômetros de extensão existentes, apenas 41.635 km são de vias navegáveis e, destas, apenas 20.956 km (50,3%) são economicamente …Continue lendo…

Projetos de mobilidade em décadas passadas ficaram no papel




  Por Tânia Passos Em 1974, quando não se falava em BRS (Bus Rapid Service) ou serviço rápido para ônibus – uma invenção carioca com sigla inglesa para vias prioritárias para o ônibus -, o Condepe elaborou um plano para …Continue lendo…

Copa 2014, o carro terá vez com os bolsões de estacionamento no Recife




  Por Tânia Passos O sucesso do estacionamento da UFPE para a Copa das Confederações no Recife deverá ser ampliado para a Copa do Mundo de 2014. A Secopa pretende disponibilizar pelo menos cinco bolsões de estacionamento: Parqtel, UFPE, Ceasa, …Continue lendo…

Transporte no Brasil não melhora com obras de infraestrutura, diz Ipea




  As obras para melhoria da mobilidade urbana no Brasil não têm sido eficazes e os problemas voltam poucos anos depois, segundo constatou estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O estudo analisou dados da Pesquisa Nacional por Amostra …Continue lendo…