Maiores vendas do NE

O G7 do Nordeste

Após listar as vendas milionárias do futebol pernambucano, o blog resolveu expandir o ranking, com as maiores negociações em todo o Nordeste. Além dos números consideráveis da dupla dupla Ba-Vi, com negócios já acima de R$ 10 milhões e trânsito no mercado externo, outros quatro estados já firmaram ao menos uma negociação milionária no período a partir do Plano Real, com a circulação iniciada em 1º de julho de 1994. Até hoje, treze times conseguiram.

Número de jogadores vendidos (80 nomes até 09/02/2017):
18 – Vitória
16 – Bahia e Sport
9 – Náutico
6 – Santa Cruz
5 – Ceará

3 – Corinthians Alagoano
2 – Fortaleza
1 – ABC, ASA, Campinense, CRB e Porto

Número de jogadores vendidos por estado:
34 – Bahia
32 – Pernambuco

7 – Ceará
5 – Alagoas
1 – Rio Grande do Norte e Paraíba

O ranking é apresentado tanto em reais quanto em dólares. Isso porque, em mais de duas décadas, o valor da moeda nacional já flutuou bastante. Se no início chegou a valer mais que o dólar, em determinado momento caiu para 1/4 da moeda americana. Por sinal, apesar de o euro ser a versão mais utilizada, hoje, no futebol internacional, o blog opta pelo dólar uma vez que a moeda europeia só foi criada em 1999, sendo impossível calcular valores anteriores.

A pesquisa engloba valores divulgados na imprensa (jornais e sites), uma vez que os clubes não têm o costume de revelar os valores oficiais – ou mesmo suas receitas gerais. Na maioria dos casos, cada venda foi informada em um valor (real, dólar ou euro), com o blog convertendo nas duas colunas abaixo de acordo com o câmbio de cada época, precisamente no dia da notícia.

Ah, existe a possibilidade de alguns nomes terem sido esquecidos. Por isso, caso lembre, pode deixar o seu comentário no post, que a lista será atualizada.

2 thoughts on “Maiores vendas do NE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>