Moedas e bolas exclusivas na semifinal do Nordestão, no Recife e em Salvador

As moedas dos árbitros no mata-mata do Nordestão 2017. Crédito: divulgação

Os clássicos mais populares da região decidem as vagas na decisão da Copa do Nordeste de 2017. Jogos de apelo e com características exclusivas. Tanto no Clássico das Multidões quanto no Ba-Vi, foram produzidas bolas com os escudos dos clubes e até moedinhas distintas aos árbitros.

O juízes indicados, Caio Max (Barradão) e Cláudio Francisco (Ilha do Retiro), vão decidir o lado do campo dos times e a posse de bola inicial através de uma peça dourada confeccionada. No duelo baiano, cada jogo tem uma moeda com a data específica gravada, o que só não ocorreu na versão pernambucana devido às várias mudanças na tabela. Logo, um perfil “genérico”.

Confira as moedas anteriores, utilizadas apenas nas finais: 2015 e 2016.

Clássico das Multidões
29/04 (18h30) – Sport x Santa Cruz, Ilha do Retiro
03/05 (21h45) – Santa Cruz x Sport, Arruda

Ba-Vi
27/04 (20h30) – Vitória x Bahia, Barradão
30/04 (16h00) – Bahia x Vitória, Fonte Nova 

Quanto à bola oficial, a Asa Branca IV, a Topper não deve comercializar as versões com os escudos dos clubes, com os modelos restritos a 180 minutos.

As bolas das semifinais da Copa do Nordeste de 2017. Crédito: divulgação

Cordel da semifinal da Copa do Nordeste

Cordel da semifinal da Lampions League. Crédito: Esporte Interativo/reprodução

O cordel é um gênero literário popular em folhetos e tradicional em feiras nordestinas. Com rimas e ritmo, está intimamente ligado à região, contando história e causos. A partir disso, Santanna, o Cantador, recitou o papel e as referências dos quatro semifinalistas da Copa do Nordeste de 2017, com Sport, Santa Cruz, Bahia e Vitória, nesta ordem. Trabalho encomendado pelo Esporte Interativo, detentor dos direitos de transmissão. Por sinal, a letra foi escrita por Andrey Raychtock, editor do canal. O regionalismo e esmero da produção valoriza a disputa, com 10 milhões de torcedores envolvidos – e não poderia ser diferente no tratamento do Nordestão como ‘produto’. Assista.

Entre os possíveis destaques do quarteto lembrados no vídeo, Diego Souza, Magrão, Anderson Salles, Régis, Hernane, Kieza e Willian Farias.

Clássico das Multidões
29/04 (18h30) – Sport x Santa Cruz, Ilha do Retiro
03/05 (21h45) – Santa Cruz x Sport, Arruda

Ba-Vi
27/04 (20h30) – Vitória x Bahia, Barradão
30/04 (16h00) – Bahia x Vitória, Fonte Nova 

E agora, quem vai ser o rei?

O calendário do futebol pernambucano até 31/05, com 25 jogos em 6 torneios

Fórmula

Com o Sport disputando quatro torneios oficiais simultaneamente, o calendário de 2017 foi asfixiado. E olhe que o rubro-negro está na verdade em cinco torneios, com o Brasileirão começando após o fim do Estadual. Obviamente, tamanha agenda não é culpa do clube, que conquistou as classificações no campo. Entretanto, o desempenho mostrou a fragilidade da agenda programada pela FPF e pela CBF, sem datas vagas para casos do tipo.

Por isso, a tabela das oitavas de final da Copa do Brasil acabou refletindo nas fases decisivas da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano, com mudanças de datas e consequências inclusive nos rivais. A semifinal das multidões no regional, que começaria em 26 de abril, foi adiada para o sábado, com a data original sendo preenchida por Botafogo x Sport. A volta? Até a publicação deste post, seguia sem data, mas Constantino Júnior, vice-presidente coral, adiantou a terça-feira como dia possível. Ou seja, ida e volta em horários alternativos, sem tevê aberta e com públicos comprometidos.

O blog compilou todas as datas marcadas (e anunciadas). Analisando com cuidado, é difícil imaginar que a tabela não seja flexibilizada até junho.

A seguir, a tabela geral, com jogos separados em intervalos de 48 horas ou até menos. Lembrando que isso já aconteceu nesta temporada, com o Sport jogando duas partidas em menos de 26 horas, com o Nordestão no domingo e o Estadual na segunda. Caso aquele cenário não tivesse ocorrido (com o Sub 20 atuando no torneio local), a bola de neve estaria ainda maior…

Agenda atualizada em 24/04

Tabela geral (25 jogos)
22/04 – Santa Cruz x Salgueiro (Estadual, semifinal, volta)
23/04 – Náutico x Sport (Estadual, semifinal, volta)
26/04 – Botafogo x Sport (Copa do Brasil, oitavas, ida)
29/04 – Sport x Santa Cruz (Nordestão, semifinal, ida)
03/05 – Santa Cruz x Sport (Nordestão, semifinal, volta)
05/05 – Final do Estadual/Decisão do 3º lugar (Estadual, ida)*
09/05 – Final do Estadual/Decisão do 3º lugar (Estadual, volta)*
10/05 – Santa Cruz x Atlético-PR (Copa do Brasil, oitavas, ida)*
11/05 – Danubio x Sport (Sul-Americana, 1ª fase, volta)
12/05 – Náutico x América (Série B, 1ª rodada)
13/05 – Criciúma x Santa Cruz (Série B, 1ª rodada)
14/05 – Ponte Preta x Sport (Série A, 1ª rodada)
17/05 – Final do Nordestão (ida)
20/05 – Santa Cruz x Guarani e Figueirense x Náutico (Série B, 2ª rodada)
21/05 – Sport x Cruzeiro (Série A, 2ª rodada)
23/05 – CRB x Santa Cruz (Série B, 3ª rodada)
24/05 – Final do Nordestão (volta)
27/05 – Náutico x Ceará (Série B, 3ª rodada)
29/05 – Sport x Grêmio (Série A, 3ª rodada)
30/05 – Brasil x Náutico (Série B, 4ª rodada)*

31/05 – Sport x Botafogo* e Atlético-PR x Santa (Copa do Brasil, oitavas, volta)
* Datas sob revisão

Agenda do Sport (de 11 a 13 jogos em 39 dias)
23/04 – Náutico x Sport (Estadual, semifinal, volta)
26/04 – Botafogo x Sport (Copa do Brasil, oitavas, ida)
29/04 – Sport x Santa Cruz (Nordestão, semifinal, ida)
03/05 – Santa Cruz x Sport (Nordestão, semifinal, volta)
05/05 – Final do Estadual/Decisão do 3º lugar (Estadual, ida)
09/05 – Final do Estadual/Decisão do 3º lugar (Estadual, volta)
11/05 – Danubio x Sport (Sul-Americana, 1ª fase, volta)
14/05 – Ponte Preta x Sport (Série A, 1ª rodada)
17/05 – Final do Nordestão (ida)*
21/05 – Sport x Cruzeiro (Série A, 2ª rodada)
24/05 – Final do Nordestão (volta)*
29/05 – Sport x Grêmio (Série A, 3ª rodada)
31/05 – Sport x Botafogo (Copa do Brasil, oitavas, volta)
* A definir

Agenda do Santa Cruz (de 9 a 11 jogos em 40 dias)
22/04 – Santa Cruz x Salgueiro (Estadual, semifinal, volta)
29/04 – Sport x Santa Cruz (Nordestão, semifinal, ida)
03/05 – Santa Cruz x Sport (Nordestão, semifinal, volta)
05/05 – Final do Estadual/Decisão do 3º lugar (Estadual, ida)
09/05 – Final do Estadual/Decisão do 3º lugar (Estadual, volta)
10/05 – Santa Cruz x Atlético-PR (Copa do Brasil, oitavas, ida)
13/05 – Criciúma x Santa Cruz (Série B, 1ª rodada)
17/05 – Final do Nordestão (ida)*
20/05 – Santa Cruz x Guarani (Série B, 2ª rodada)
23/05 – CRB x Santa Cruz (Série B, 3ª rodada)
24/05 – Final do Nordestão (volta)*
31/05 – Atlético-PR x Santa Cruz (Copa do Brasil, oitavas, volta)
* A definir

Agenda do Náutico (7 jogos em 39 dias)
23/04 – Náutico x Sport (Estadual, semifinal, volta)
05/05 – Final do Estadual/Decisão do 3º lugar (Estadual, ida)
09/05 – Final do Estadual/Decisão do 3º lugar (Estadual, volta)
12/05 – Náutico x América (Série B, 1ª rodada)
20/05 – Figueirense x Náutico (Série B, 2ª rodada)
27/05 – Náutico x Ceará (Série B, 3ª rodada)
30/05 – Brasil x Náutico (Série B, 4ª rodada)

Videocast – Prévia de Santa x Sport no NE

Os clássicos com os clubes mais populares do estado valendo uma vaga na final da Copa do Nordeste acontecem nos dias 26 (Ilha do Retiro) e 30 de abril (Arruda). Imediatamente ao desfecho da semifinal estadual. O 45 minutos debateu o Clássico das Multidões, numa prévia do aguardado confronto, cujo vencedor pegará um rival baiano. Ao todo, a gravação durou 29 minutos, analisando as equipes e o retrospecto, além de pitacos sobre o classificado…

Nesta gravação, estou com Rafael Brasileiro e João de Andrade Neto. Assista!

A bilheteria móvel do Santa Cruz dialoga com uma parcela considerável da torcida

A bilheteria móvel do Santa Cruz

Em temos de otimização da venda de ingressos para jogos de futebol, com compra online, prioridade aos sócios e vendas em pontos físicos descentralizados, o Santa Cruz recorreu a um formato bem antigo, visando as decisões em abril. O clube disponibilizou dois carros de som, um circulando na zona norte do Recife, e outro se revezando entre Olinda e Paulista. Ao todo, 26 bairros. Locais com histórico de forte presença coral. E aí está ponto-chave desta ideia, o diálogo com uma parcela menos favorecida da torcida.

Considerando o último raio-x da massa tricolor, produzido pelo Ibope, 74% da torcida recebe no máximo dois salários mínimos. Quase 1/3 é formado pelas classes D e E, nas quais o plano de sócios dificilmente alcança, nas quais o pagamento via cartão de crédito/débito dificilmente é possível, nas quais o deslocamento ao Arruda acaba gerando uma despesa extra. Por isso, a venda através de uma “bilheteria móvel”, somada a uma venda casada, com R$ 15 pelos bilhetes das semifinais do Campeonato Pernambucano (vs Salgueiro, 15/04) e da Copa do Nordeste (vs Sport, 30/04). Desconto de R$ 5.

Ponto para o tricolor, estimulando a sua torcida, que, como as demais do estado, segue devendo bastante nesta temporada.

Média de público do Santa Cruz em 2017
Estadual – 5.571 pessoas (5 jogos)
Nordestão – 9.851 pessoas (4 jogos)
Geral – 7.473 pessoas (9 jogos)

Torcida do Santa Cruz por classe social (Ibope 2014)
A/B: 265.206 (ou 12% dos torcedores)
C: 1.237.629 (ou 56% dos torcedores)
D/E: 707.216 (ou 32% dos torcedores)

As localidades da bilheteria móvel do Santa Cruz

R$ 99.888.570, a multa de Fabrício… Vale?

Sul-Americana 2017, 1ª fase: Sport 3 x 0 Danubio. Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Na sequência de duas boas apresentações contra Campinense e Danubio, em mata-matas pelo Nordestão e Sul-Americana, o Sport anunciou a prorrogação do contrato do volante Fabrício, 18 anos. Prata da casa, há sete temporadas evoluindo na base, o jogador agora tem vínculo até o fim de 2020. Até aí, nada demais. A reformulação contratual de jovens valores é recorrente, visando a proteção no mercado, e neste mesmo ano o leão ampliou os acordos com Juninho (atacante) e Caio (lateral), companheiros no Sub 17 e no Sub 20.

O que chama a atenção é a multa rescisória do novo contrato de Fabrício.

A multa do contrato anterior, até 2018, era de 400 mil euros. Ampliando o tempo de permanência no clube e, certamente, o salário do atleta, a multa estipulada para o mercado internacional saltou para 30 milhões de euros, segundo informação do repórter Bruno Reis, do Esporte Interativo – como de praxe, não foi confirmado pelo clube. Ou seja, um aumento de 7.400%.

Convertendo à moeda nacional, o astronômico valor de R$ 99.888.570.

Obviamente, a multa é o teto do negócio e na prática quase nenhum clube interessado chega a tanto – e não representa sequer o valor de mercado do atleta, ainda não calculado pelo site Transfermakt. Contudo, impressiona que a primeira reformulação contratual de um jogador com apenas seis partidas e um gol como profissional, mesmo com potencial, já alcance esse patamar.

Obs. Em 2015, numa reformulação semelhante, o Bahia estipulou a multa de Bruno Paulista em 30 milhões de euros. Bruno foi vendido ao Sporting de Lisboa por € 2,6 milhões. Nem 10%, mas, ainda assim, uma boa venda…

CBF marca semifinal do Nordestão com jogos de ida apenas na tv por assinatura

Semifinais do Nordestão 2017. Crédito: CBF

A CBF precisou de cinco dias para apresentar a tabela da semifinal da Copa do Nordeste de 2017. Nesse tempo todo, mudanças nas datas e na grade, este o principal motivo da demora. Inicialmente, as semifinais, com clássicos populares no Recife e em Salvador, seriam realizados nos dias 23 (domingo) e 26 de abril (quarta-feira). Num ajuste de calendário, para que as semifinais do estadual também sejam disputadas em sequência (dias 16 e 23), a Lampions foi jogada um pouco mais para frente, nos dias 26 (quarta) e 30 (domingo).

Sport x Santa Cruz
26/04 (19h45) – Ilha do Retiro (Esporte Interativo)
30/04 (16h00) – Arruda (Globo e Esporte Interativo)

Bahia x Vitória
27/04 (20h30) – Barradão (Esporte Interativo)
30/04 (16h00) – Fonte Nova (Globo e Esporte Interativo)

Em relação à televisão, a negociação entre Rede Globo, com os direitos em sinal aberto na região, e Esporte Interativo, que detém os direitos do torneio até 2022, envolvia o número de partidas que a Globo poderia passar ao vivo na própria cidade da partida. Sob contrato, há um limite. No caso, a emissora só tinha direito a mais quatro, independentemente da praça afiliada (Globo Nordeste ou Rede Bahia). Como obviamente irá transmitir a final, ida e volta, num duelo Pernambuco x Bahia, teria apenas dois jogos nas semis. Optou pela segunda partida de cada confronto – presentes também na grade do EI.

Ou seja, na ida, tanto na Ilha quanto no Barradão, tevê só por assinatura.

Em contrapartida, em vez de 21h45, horários mais flexíveis.

Pitaco: os quatro jogos devem receber mais de 120 mil torcedores…

Vídeo da classificação – Jason na Ilha

O Sport se classificou à semifinal do Nordestão ao vencer o Campinense nos pênaltis. A série acabou na quarta cobrança paraibana, através de Joécio. Pressionado, depois da defesa de Magrão no chute anterior, o zagueiro encheu o pé e isolou a bola. No lance, lá nas sociais, um torcedor rubro-negro preferiu ficar de costas para o lance, só para gravar a classificação como Jason, o famoso serial killer dos cinemas (12 filmes!), também conhecido por “nunca morrer”. No leão, esta brincadeira começou no acesso em 2011.

Assista à íntegra do vídeo, cuja máscara é bem honesta…

 

Vídeo da classificação – A falta de Salles

Foi o 4º gol de falta de Anderson Salles na temporada. De uma precisão impressionante, o jogador tornou-se a grande arma tricolor na Lampions. Contra a Itabaiana, marcou lá e lô, garantindo as duas vitórias do Santa Cruz nas quartas da Copa do Nordeste. No Arruda, após a falta sofrida por Pitbull na entrada da área, a torcida se preparou nas arquibancadas. Haja câmera.

Eis uma compilação de vídeos gravados por torcedores em diversos setores. Em todos os casos, o gol do zagueiro/artilheiro no sábado. Assista.

 

Com clássicos no Recife e em Salvador, semifinal do Nordestão 2017 reúne 9,8 milhões de torcedores e 10 títulos

Semifinais da Copa do Nordeste de 2017: Sport x Santa Cruz e Bahia x Vitória. Fotos: Williams Aguiar/Sport, Rodrigo Baltar/Santa Cruz, Felipe Oliveira/Bahia e Vitória/twitter (@ECVitoria)

Os clássicos mais populares dos principais centros futebolísticos da região compõem a semifinal da Copa do Nordeste de 2017. De um lado, o Clássico das Multidões. Do outro, o Ba-Vi. Já está assegurada a decisão Pernambuco x Bahia, que não ocorre há 16 anos. Com Sport, Santa Cruz, Bahia e Vitória envolvidos, a reta final traz uma carga pesada de tradição. São dez títulos entre os 13 torneios oficiais desde 1994. Nas arquibancadas, os confrontos têm a atenção direta de 9.891.907 torcedores. Gente demais, numa projeção a partir da último levantamento nacional, do Paraná Pesquisa. São 4,12 milhões de aficionados no clássico recifense e 5,77 milhões no clássico soteropolitano.

Torcida nacional
11º) Bahia – 2,0% (4.121.628)

14º) Sport – 1,3% (2.679.058)
16º) Vitória – 0,8% (1.648.651)
19º) Santa Cruz – 0,7% (1.442.570)

Títulos do Nordestão
4 – Vitória (7 finais)
3 – Sport (4 finais)
2 – Bahia (5 finais)
1 – Santa (1 final) 

Enquanto o Santa tenta manter a orelhuda dourada no Arruda, os outros três, presentes na Série A desta temporada, querem matar logo a saudade da taça, de 3 anos no Sport, 7 no Vitória e 15 no Bahia. Caso o Leão da Ilha avance, repetirá a final. Seja contra o Bahia (foi vice em 2001), seja contra o Vitória (foi campeão em 2000). Em caso de classificação da cobra coral, a decisão seria inédita – até hoje, o clube só fez semifinais contra os dois rivais baianos.

Em relação à premiação, cada clube já acumulou R$ 1,6 milhão em cotas, somando a fase de grupos, as quartas de final e a semi. Agora, a premiação oferece mais R$ 550 mil ao vice e R$ 1,25 milhão para o grande campeão, além da pré-classificação às oitavas da Copa do Brasil de 2018.

Qual será a final da Copa do Nordeste de 2017?

  • Sport x Bahia (35%, 1.514 Votes)
  • Sport x Vitória (31%, 1.325 Votes)
  • Santa Cruz x Bahia (22%, 944 Votes)
  • Santa Cruz x Vitória (12%, 526 Votes)

Total Voters: 4.308

Loading ... Loading ...

Sport x Santa Cruz
Mais uma semifinal das multidões. Em 2014, disputaram uma vaga na mesma condição, com a volta no Mundão. Nesta edição, o Sport investiu bastante, com direito à aquisição de André por R$ 5,2 milhões. O “time principal” atuou poucas vezes, hora com a lesão de Rithely, hora com a convocação de Diego Souza. Agora, de comando novo, chega completo. No Santa, com uma campanha até melhor, a crítica vai para o excesso de precaução de Eutrópio, com seguidas atuações quase sem atacar – com a bola parada de Anderson Salles decidindo. Defende-se bem, mas não se impõe à frente, com Pitbull disputando jogadas praticamente sozinho. Ataque contra defesa?

Datas: 26/04 (Ilha do Retiro, 19h45) e 30/04 (Arruda, 16h)
Santa Cruz: 19 pontos, 6 vitórias, 1 empate e 1 derrota; 11 GP e 2 GC
Sport: 16 pontos, 5 vitórias, 1 empate e 2 derrotas; 16 GP e 9 GC
Em mata-matas no torneio: Sport 1 x 0 Santa (semi de 2014)

Bahia x Vitória
Sem dúvida alguma, um dos Ba-Vis mais importantes dos últimos tempos. Após as três finais regionais, sendo a última em 2002, com triunfo tricolor, poucos duelos tiveram tanto destaque. Exceção feita à inauguração da Fonte Nova, com goleada leonina por 5 x 1. Nesta chave, ambos chegam com força. Venceram lá e lô nas quartas. No Baêa, a boa fase de Régis, artilheiro do time no ano (7 gols), ajuda a dividir as atenções com o Brocador e outras peças, como o polivalente Juninho. No rival, Argel mantém a estrutura tática de um time pegador, rápido. No ataque, Kieza e David se destacam, com a equipe precisando de mais intensidade em Cleiton e Gabriel Xavier.

Datas: 27/04 (Barradão, 20h30) e 30/04 (Fonte Nova, 16h)
Bahia: 20 pontos, 6 vitórias e 2 empates; 18 GP e 2 GC
Vitória: 19 pontos, 6 vitórias, 1 empate e 1 derrota; 14 GPC e 9 GC
Em mata-matas no torneio: Vitória 2 x 1 Bahia (finais em 1997, 1999 e 2002)

Pitaco do blog sobre a decisão: Sport x Vitória…

A análise do podcast 45 minutos sobre as semifinais nordestinas