Classificação da Série A 2017 – 10ª rodada

A classificação da 10ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Em jogo isolado no sábado, o Sport venceu o Santos e subiu provisoriamente para a 12ª colocação. Com o desfecho da 10ª rodada do Brasileirão, o leão acabou na 15ª posição, saindo da incômoda zona de rebaixamento. Equalizou a tabela (5 jogos como mandante e 5 jogos como visitante) com um desempenho surpreendente em Belo Horizonte e na Baixada Santista.

No principal jogo da rodada, em Porto Alegre, a briga entre os dois primeiros lugares. E o Timão venceu o Grêmio, abrindo quatro pontos de vantagem e se mantendo como único invicto da competição. E olhe que o goleiro Cássio pegou um pênalti cobrado por Luan no finzinho. É o time a ser batido.

Resultados da 10ª rodada
Santos 0 x 1 Sport
Vasco 1 x 0 Atlético-GO
Atlético-PR 4 x 1 Vitória
Cruzeiro 2 x 0 Coritiba
Grêmio 0 x 1 Corinthians
São Paulo 1 x 1 Fluminense
Ponte Preta 1 x 2 Palmeiras
Bahia 0 x 1 Flamengo
Chapecoense 0 x 1 Atlético-MG
Botafogo 0 x 2 Avaí 

Balanço da 10ª rodada
3V dos mandantes (9 GP), 1E e 6V dos visitantes (10 GP)

Agenda da 11ª rodada
01/07 (16h00) – Palmeiras x Grêmio (Pacaembu)
01/07 (19h00) – Atlético-GO x Santos (Olímpico)
02/07 (16h00) – Vitória x Bahia (Barradão)
02/07 (16h00) – Corinthians x Botafogo (Arena Corinthians)
02/07 (16h00) – Flamengo x São Paulo (Luso Brasileiro)
02/07 (16h00) – Atlético-MG x Cruzeiro (Independência)
02/07 (16h00) – Sport x Atlético-PR (Ilha do Retiro)
02/07 (19h00) – Avaí x Ponte Preta (Ressacada)
02/07 (19h00) – Coritiba x Vasco (Couto Pereira)
03/07 (20h00) – Fluminense x Chapecoense (Giulite Coutinho)

Histórico de Sport x Atlético-PR no Recife, pelo Brasileiro (14 jogos):
7 vitórias leoninas, 6 empates e 1 derrota

Classificação da Série A 2017 – 9ª rodada

A classificação da 9ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Em seu 4º jogo como visitante neste Brasileirão, o rubro-negro pernambucano finalmente pontuou. Jogando no Independência, o Sport empatou com o Atlético Mineiro. Apesar do desempenho, o resultado foi insuficiente para tirar o clube do Z4, onde permanece pela segunda rodada seguida. Na próxima rodada, segue longe do Recife, diante de outra pedreira, o Peixe.

Na briga pela ponta, Corinthians e Grêmio ganharam, alimentando o jogão da 10ª rodada, em Porto Alegre, com 55 mil torcedores. Pontual atual, 23 x 22.

Resultados da 9ª rodada
Vitória 0 x 2 Santos
Botafogo 3 x 1 Vasco
Palmeiras 1 x 0 Atlético-GO
Avaí 0 x 3 Fluminense
Atlético-PR 1 x 0 São Paulo
Atlético-MG 2 x 2 Sport
Corinthians 3 x 0 Bahia
Ponte Preta 1 x 0 Cruzeiro
Grêmio 2 x 0 Coritiba
Flamengo 5 x 1 Chapecoense 

Balanço da 9ª rodada
7V dos mandantes (18 GP), 1E e 2V dos visitantes (9 GP)

Agenda da 10ª rodada
24/06 (19h00) – Santos x Sport (Vila Belmiro)
25/06 (11h00) – Vasco x Atlético-GO (São Januário)
25/06 (16h00) – Atlético-PR x Vitória (Arena da Baixada)
25/06 (16h00) – Cruzeiro x Coritiba (Mineirão)
25/06 (16h00) – Grêmio x Corinthians (Arena do Grêmio)
25/06 (16h00) – São Paulo x Fluminense (Morumbi)
25/06 (16h00) – Ponte Preta x Palmeiras (Moisés Lucarelli)
25/06 (18h30) – Bahia x Flamengo (Fonte Nova)
25/06 (19h00) – Chapecoense x Atlético-MG (Arena Condá)
26/06 (20h00) – Botafogo x Avaí (Nilton Santos) 

Histórico de Santos x Sport em São Paulo, pelo Brasileiro (16 jogos):
1 vitória leonina (em 1996), 5 empates e 10 derrotas

Com Osvaldo, o Sport chega a 1.000 gols marcados na Série A. É o 17º na história

Série A 2017, 9ª rodada: Atlético-MG 2 x 2 Sport. Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press

Em sua 36ª participação no Brasileirão, o Sport chegou à marca de 1.000 gols marcados na competição. Para isso, o clube pernambucano precisou disputar 867 partidas desde 1971, a base desta contagem. Mérito para Osvaldo, que marcou o primeiro tento do empate em 2 x 2 com o Galo, pela nona rodada da edição de 2017. Assim, o leão tornou-se o 17º clube a alcançar o expressivo número. No futebol da região, apenas o Vitória já havia chegado lá.

O primeiro clube a marcar 1.000 gols na Série A foi o São Paulo, há 17 anos. Curiosamente, através de um goleiro, Rogério Ceni – hoje, já se aproxima do 2.000º. Em 2003, nada menos que quatro times entraram na galeria do “milésimo gol”. Não por acaso, em uma edição com 46 longas rodadas.

Ainda vale destacar que em 2013 o Bahia festejou o gol 1.000, marcado por Feijão. Na ocasião, o tricolor de aço somou as participações na Taça Brasil e no Robertão, desde 1959 e hoje unificados pela CBF. Entretanto, todos os outros clubes consideraram os dados da Série A, assim como o blog.

Considerando o início do campeonato, em 1971, eis os jogadores que marcaram os gols de número 1.000 de 17 clubes até 21 de junho de 2017.

Os jogadores que marcaram os gols de número 1.000 na Série A. Arte: Cassio Zirpoli/DP

Os clubes com mais gols na Série A, de 1971 a 21 de junho de 2017.

Os clubes com mais gols marcados na Série A até 21 de junho de 2017. Arte: Cassio Zirpoli/DP

Ranking de dívidas dos clubes brasileiros

Ranking de dívidas dos 27 clubes principais brasileiros de 2012 a 2016. Crédito: Itaú BBA

Nos balanços oficiais dos clubes brasileiros, uma missão costumeiramente complicada é o detalhamento das dívidas. Além da falta de precisão nos dados, ainda sem um modelo de relatório (que a CBF passará a exigir em 2019), os clubes costumam apresentar dados brutos. Ainda assim, a equipe do banco Itaú BBA analisou os balanços financeiros de 27 clubes em 2016, incluindo o Trio de Ferro. Ao todo, uma dívida de 6,2 bilhões (!), com 54,9% concentrado em impostos (haja Profut). Completam a lista dívidas bancárias (24,9%), com juros pesados, e dívidas operacionais (20,1%).

Abaixo, os comentários da equipe do banco sobre os clubes nordestinos presentes. Na sequência, o ranking de dívidas (em milhões de reais), numa compilação do estudo “Análise Econômico-Financeira dos Clubes do Futebol Brasileiro de 2017″, com o dado geral e quadro e quadro. Em alguns casos, a soma (bancária, operacional e impostos) não bate com o passivo, uma vez que entraram em ação recursos numa categoria chamada “disponibilidades”, como foi o caso do Bahia, com a venda de um terreno no último ano.

Bahia
Todas essas movimentações teriam gerado impacto negativo (aumento) na dívida, mas houve entrada de R$ 12 milhões referentes à venda de um terreno e isso contribuu para que as dívidas fossem reduzidas. Desta forma, todas apresentaram queda, fato bastante positivo. 

Náutico
Vemos dívidas praticamente estáveis, o que foi positivo em mais um ano difícil.

Santa Cruz
Positivamente, as dívidas bancárias foram zeradas, mas no lugar entraram recursos de terceiros, que na prática são dívidas. Não há esclarecimentos sobre isto. Dívida operacional em queda foi uma boa notícia, mas as dívidas com impostos cresceram bem. É preciso atenção nessa gestão, dado a pouca geração de caixa para fazer frente a estas dívidas. 

Sport
As dívidas cresceram, mas a bancária foi positivamente reduzida. O maior ofensor dese crescimento foi com impostos, cuja parte importante veio da correção do Profut.

Vitória
Dívidas em forte queda, o que foi positivo. Bancárias e operacionais com queda expressiva e manutenção das dívidas com impostos. Além disso, manteve parte relevante das luvas em caixa, para uso em 2017.

Classificação da Série A 2017 – 7ª rodada

A classificação da 7ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Em sete rodadas, o rubro-negro pernambucano jogou quatro vezes como mandante e três como visitante. O empate sem gols entre Sport e São Paulo resultou no 8º ponto na Ilha do Retiro, mantendo a estatística caseira neste Brasileirão – ao menos isso. Com isso, se manteve em 14º lugar, ainda dois pontos à frente do Z4. Na próxima rodada, um duelo de leões nordestinos. Num viés positivo para o Sport, em tese, o jogo será na Ilha.

Em relação à briga pela ponta, Corinthians e Grêmio já vêm desgarrando, com largadas excepcionais. No caso do tricolor gaúcho, apenas uma derrota. Justamente quando usou o time reserva. E o leão aproveitou a chance.

Resultados da 7ª rodada
Sport 0 x 0 São Paulo
Atlético-MG 0 x 1 Atlético-PR
Vitória 2 x 2 Botafogo
Atlético-GO 3 x 1 Avaí
Flamengo 2 x 0 Ponte Preta
Santos 1 x 0 Palmeiras
Corinthians 1 x 0 Cruzeiro
Chapecoense 2 x 1 Vasco
Coritiba 0 x 0 Bahia
Fluminense 0 x 2 Grêmio 

Balanço da 7ª rodada
5V dos mandantes (11 GP), 3E e 2V dos visitantes (7 GP) 

Agenda da 8ª rodada
17/06 (16h00) – Atlético-GO x Atlético-PR (Olímpico)
17/06 (19h00) – Vasco x Avaí (São Januário)
17/06 (21h00) – Santos x Ponte Preta (Pacaembu)
18/06 (11h00) – Coritiba x Corinthians (Couto Pereira)
18/06 (16h00) – Fluminense x Flamengo (Maracanã)
18/06 (16h00) – São Paulo x Atlético-MG (Morumbi)
18/06 (16h00) – Bahia x Palmeiras (Fonte Nova)
18/06 (16h00) – Chapecoense x Botafogo (Arena Condá)
18/06 (19h00) – Sport x Vitória (Ilha do Retiro)
19/06 (20h00) – Cruzeiro x Grêmio (Mineirão)

Histórico de Sport x Vitória no Recife, pelo Brasileiro (11 jogos):
6 vitórias do rubro-negro pernambucano, 4 empates e 1 derrota

Classificação da Série A 2017 – 6ª rodada

A classificação da 6ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Com a gangorra de resultados entre jogar como mandante (7 pontos) e visitante (0 ponto), o leão voltou a despencar na classificação. No sábado, o Sport perdeu do Vasco, em São Januário, caindo do 11º para o 14º lugar no Brasileirão. A vantagem em relação ao G4 também diminuiu, de 3 para 2 pontos. Agora, parte para dois jogos seguidos em casa. Pela lógica (?), hora de melhorar o rendimento.

Em relação à briga pela liderança, neste início de campeonato a disputa vai ficando entre Corinthians (único invicto) e Grêmio, com o Coritiba na disputa como principal surpresa neste contexto.

Resultados da 6ª rodada
Palmeiras 3 x 1 Fluminense
Vasco 2 x 1 Sport
Botafogo 2 x 2 Coritiba
Vitória 2 x 0 Atlético-MG
Avaí 1 x 1 Flamengo
Corinthians 3 x 2 São Paulo
Ponte Preta 3 x 2 Chapecoense
Cruzeiro 2 x 0 Atlético-GO
Atlético-PR 0 x 2 Santos
Grêmio 1 x 0 Bahia 

Balanço da 6ª rodada 
7V dos mandantes (19 GP), 2E e 1V dos visitantes (11 GP)

Agenda da 7ª rodada
14/06 (19h30) – Sport x São Paulo (Ilha do Retiro)
14/06 (19h30) – Vitória x Botafogo (Barradão)
14/06 (19h30) – Atlético-GO x Avaí (Olímpico)
14/06 (19h30) – Atlético-MG x Atlético-PR (Independência)
14/06 (21h00) – Flamengo x Ponte Preta (Luso Brasileiro)
14/06 (21h45) – Santos x Palmeiras (Vila Belmiro)
14/06 (21h45) – Corinthians x Cruzeiro (Arena Corinthians)
14/06 (21h45) – Chapecoense x Vasco (Arena Condá)
15/06 (16h00) – Coritiba x Bahia (Couto Pereira)
15/06 (21h00) – Fluminense x Grêmio (Maracanã) 

Histórico de Sport x São Paulo no Recife, pelo Brasileiro:
8 vitórias leoninas, 7 empates e 4 derrotas

Classificação da Série A 2017 – 4ª rodada

A classificação da 4ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Jogando (mal) às 11h no domingo, o Sport perdeu do Avaí, em Floripa, e despencou na classificação. O time pernambucano perdeu três colocações, numa situação consolidada na segunda-feira, no encerramento da 4ª rodada, com a goleada do Bahia sobre o lanterninha, o Atlético-GO. Agora, o leão aparece em 15º, flertando com o Z4 (tem um ponto de vantagem). Foi o segundo jogo do rubro-negro como visitante neste Brasileiro, com duas derrotas e nenhum gol a favor. Condiz com o futebol apresentado.

Em relação à liderança, a Chapecoense segue na ponta. Para isso, foi buscar o resultado no Mineirão, sendo o único visitante com vitória no fim de semana. Tem os mesmos dez pontos do Corinthians, mas o saldo é melhor (5 x 4).

Resultados da 4ª rodada
Coritiba 1 x 0 Atlético-PR
Fluminense 2 x 1 Vitória
Corinthians 2 x 0 Santos (40.436 pessoas, o maior público)
Avaí 1 x 0 Sport
Flamengo 0 x 0 Botafogo
Grêmio 2 x 0 Vasco
Ponte Preta 1 x 0 São Paulo
Palmeiras 0 x 0 Atlético-MG
Cruzeiro 0 x 2 Chapecoense
Bahia 3 x 0 Atlético-GO 

Balanço da 4ª rodada
7V dos mandantes (12 GP), 2E e 1V dos visitantes (3 GP)

Agenda da 5ª rodada
06/06 (20h00) – Fluminense x Atlético-PR (Maracanã)
07/06 (19h30) – Atlético-MG x Avaí (Independência)
07/06 (19h30) – Coritiba x Palmeiras (Couto Pereira)
07/06 (21h00) – Santos x Botafogo (Pacaembu)
07/06 (21h45) – Chapecoense x Grêmio (Arena Condá)
07/06 (21h45) – Sport x Flamengo (Ilha do Retiro)
07/06 (21h45) – Vasco x Corinthians (São Januário)
08/06 (19h30) – Atlético-GO x Ponte Preta (Olímpico)
08/06 (19h30) – São Paulo x Vitória (Morumbi)
08/06 (21h00) – Bahia x Cruzeiro (Fonte Nova) 

Histórico de Sport x Flamengo no Recife, pela elite:
7 vitórias leoninas, 4 empates e 4 derrotas

O chaveamento da Copa do Brasil 2017, das quartas de final até a 29ª decisão

Chaveamento da Copa do brasil 2017. Crédito: Copa do Brasil/twitter (@CopadoBrasil)

A CBF sorteou o chaveamento definitivo da 29ª edição da Copa do Brasil. Além dos confrontos das quartas de final, com bons duelos, o caminho até o título de 2017. De cara, quatro duelos com história no torneio, com destaque para Palmeiras x Cruzeiro, que já decidiram o título em duas oportunidades.

As datas-base para os confrontos são as seguintes: ida em 28 de junho e 5 de julho, volta em 26 julho e 9 de agosto. A CBF só vai confirmar as datas a partir dos emparelhamentos (confrontos e tabela) da Liberta e da Sula, nas quais apenas o Cruzeiro está ausente entre os oito restantes na copa nacional. Por sinal, o sorteio sul-americano está agendado para 14 de junho, no Paraguai.

Em termos de premiação na Copa do Brasil, a vaga à semifinal vale R$ 1,5 milhão. Até aqui, Galo, Fogão, Fla, Peixe, Verdão, Furacão e o Tricolor Gaúcho arrecadaram R$ 2,245 milhões cada, pois estrearam apenas nas oitavas. Já o Cruzeiro, com cotas de seis fases, soma R$ 5,3 milhões,

Quem é o maior favorito nas quartas de final? E o maior candidato à zebra?

Atlético-MG 0 x 3 Botafogo
2007 – Botafogo (quartas)
2008 – Botafogo (quartas)
2013 – Botafogo (oitavas)

Mando de campo: Independência (ida) e Nilton Santos (volta)

Flamengo 0 x 1 Santos
2000 – Santos (quartas)

Mando de campo: Maracanã/Luso Brasileiro (ida) e Vila Belmiro (volta)

Grêmio 2 x 1 Atlético-PR
1996 – Grêmio (oitavas)
2013 – Atlético-PR (semifinal)
2016 – Grêmio (oitavas)

Mando de campo: Arena do Grêmio (ida) e Arena da Baixada (volta)

Palmeiras 2 x 1 Cruzeiro
1996 – Cruzeiro (final)
1998 – Palmeiras (final)
2015 – Palmeiras (oitavas)

Mando de campo: Allianz Parque (ida) e Mineirão (volta)

Número de classificações à semifinal
12 – Grêmio (5 títulos)
11 – Flamengo (3 títulos)
8 – Cruzeiro (4 títulos)
7 – Palmeiras (3 títulos)
5 – Santos (1 título)
4 – Atlético-MG (1 título)
3 – Botafogo (1 vice)
1 – Atlético-PR (1 vice)

Pitaco do blog na semifinal: Atlético-MG x Flamengo e Grêmio x Cruzeiro.

Classificação da Série A 2017 – 3ª rodada

A classificação da 3ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Na Arena Condá, na noite de segunda-feira, o duelo catarinense entre Chapecoense e Avaí encerrou a terceira rodada do Brasileirão. Deu Chape, que se aproveitou do saldo e assumiu a liderança da competição, numa ótima e surpreendente arrancada do clube, ainda em reconstrução. Divide a ponta com dois favoritos ao título, Cruzeiro e Corinthians.

No cenário local, o Sport venceu o Grêmio e deu um salto na tabela. Ganhou seis colocações, saindo do 18º para o 12º. A primeira vitória na competição atrelada aos demais resultados na turma da confusão – já utilizando o linguajar de Vanderlei Luxemburgo, o novo técnico leonino – acabou gerando uma boa margem ao clube. Abriu três pontos sobre o Z4, com o mínimo de tranquilidade para os próximos compromissos.

Resultados da 3ª rodada
Vasco 3 x 2 Fluminense
São Paulo 2 x 0 Palmeiras (33.228 pessoas, o maior público)
Vitória 0 x 1 Coritiba
Atlético-MG 2 x 2 Ponte Preta
Santos 0 x 1 Cruzeiro
Atlético-GO 0 x 1 Corinthians
Atlético-PR 1 x 1 Flamengo
Sport 4 x 3 Grêmio
Botafogo 1 x 0 Bahia
Chapecoense 2 x 0 Avaí 

Balanço da 3ª rodada 
5V dos mandantes (15 GP), 2E e 3V dos visitantes (11 GP)

Agenda da 4ª rodada
03/06 (16h00) – Coritiba x Atlético-PR (Couto Pereira)
03/06 (19h00) – Corinthians x Santos (Arena Corinthians)
03/06 (21h00) – Fluminense x Vitória (Maracanã)
04/06 (11h00) – Flamengo x Botafogo (Raulino de Oliveira)
04/06 (11h00) – Avaí x Sport (Ressacada)
04/06 (16h00) – Grêmio x Vasco (Arena do Grêmio)
04/06 (16h00) – Ponte Preta x São Paulo
04/06 (16h00) – Palmeiras x Atlético-MG (Allianz Parque)
04/06 (19h00) – Cruzeiro x Chapecoense (Mineirão)
05/06 (20h00) – Bahia x Atlético-GO (Fonte Nova)

Histórico de Avaí x Sport em Florianópolis, pela elite:
2 jogos e 2 empates, ambos em 2 x 2. Em 2009 e 2015

Classificação da Série A 2017 – 2ª rodada

A classificação da 2ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Pela segunda rodada seguida o leão aparece na zona de rebaixamento do Brasileirão. Na Ilha, o Sport empatou com o Cruzeiro, insuficiente para ganhar mais colocações devido ao saldo da estreia (-4). Subiu apenas um degrau, ficando em 18º. Na próxima rodada, outra vez em casa, o time pernambucano terá justamente o líder, o Grêmio, único que ainda não sofreu gols. O time gaúcho não terá o goleiro Grohe, expulso na vitória na Arena da Baixada.

O outro time ainda 100% é o Fluminense, que também venceu fora de casa. Bate outro Atlético, no caso o de Belo Horizonte, um dos favoritos. Por sinal, se na abertura os mandantes dominaram (7 vitórias e 3 empates), desta vez os times visitantes deram mais trabalho (4 vitórias, 1 empate e 5 derrotas)

Resultados da 2ª rodada
Santos 1 x 0 Coritiba
Atlético-GO 0 x 3 Flamengo
Chapecoense 1 x 0 Palmeiras
Vasco 2 x 1 Bahia
Atlético-PR 0 x 2 Grêmio
Vitória 0 x 1 Corinthians
Atlético-MG 1 x 2 Fluminense
Botafogo 2 x 0 Ponte Preta
Sport 1 x 1 Cruzeiro
São Paulo 2 x 0 Avaí

Balanço da 2ª rodada
5V dos mandantes (10 GP), 1E e 4V dos visitantes (10 GP)

Agenda da 3ª rodada
27/05 (16h00) – Vasco x Fluminense (São Januário)
27/05 (19h00) – São Paulo x Palmeiras (Morumbi)
27/05 (21h00) – Vitória x Coritiba (Fonte Nova)
28/05 (11h00) – Atlético-MG x Ponte Preta (Independência)
28/05 (16h00) – Santos x Cruzeiro (Vila Belmiro)
28/05 (16h00) – Atlético-GO x Corinthians (Serra Dourada)
28/05 (16h00) – Atlético-PR x Flamengo (Arena da Baixada)
28/05 (18h00) – Sport x Grêmio (Ilha do Retiro)
28/05 (19h00) – Botafogo x Bahia (Nilton Santos)
29/05 (20h00) – Chapecoense x Avaí (Arena Condá)

Histórico de Sport x Grêmio no Recife, pela elite:
8 vitórias leoninas, 6 empates e 3 vitórias gaúchas