Ranking da Copa do Nordeste

Todas as campanhas no G4 na Copa do Nordeste (1994-2016). Arte: Cassio Zirpoli/DP

Em duas décadas de história intermitente, com 13 edições oficiais, a Copa do Nordeste já teve a participação de 51 clubes. Indo além da lista de campeões, que tem o Vitória como maior vencedor, tetra, e o Santa Cruz como sétimo campeão, o blog compilou todas as campanhas, literalmente. De 1994, quando ocorreu em Alagoas a pioneira edição com o nome conhecido, até 2016, foram realizadas 905 partidas, com 2.520 gols marcados, proporcionando uma média de 2,78. Em relação à pontuação absoluta, a dupla Ba-Vi está empatada com 239 pontos, com o rubro-negro à frente no número de vitórias (70 x 68). Curiosamente, o aproveitamento do rival é melhor, pois tem dois jogos a menos.

Em seguida vem o Sport, cuja ausência em 2010 pesa bastante no histórico geral, pois naquele ano houve um turno com 14 rodadas – em disputa marcada pela imposição da Liga do Nordeste frente à CBF, numa batalha judicial. Atual campeão, o Santa somou 24 pontos até sua orelhuda dourada, ficando a um triz do América, ainda em vantagem devido aos doze jogos a mais. Enquanto isso, o Náutico é o time com menos participações na Lampions entre os mais tradicionais da região. Ficou de fora em cinco edições, custando o top ten.

Outra curiosidade está lá no fim da tabela, com os genéricos Flamengo (Teresina), Corinthians (Maceió) e Palmeiras (Feira de Santana). Outras agremiações genéricas têm história no Nordestão, como Botafogo (João Pessoa), Coritiba (Itabaiana), Cruzeiro (Arapiraca) e Fluminense (Feira de Santana), que detém o melhor resultado entre esses times, com o vice em 2003.

Observações do blog sobre a composição dos dois quadros expostos (ranking de pontos, abaixo; ranking de colocações no G4, acima):

1) Vitória, 3 pontos. Empate, 1 ponto. Resultados da fase preliminar à final.

2) A ordem dos times no ranking de pontos foi estabelecida da seguinte forma: pontos, vitórias, saldo de gols, gols marcados. O índice de aproveitamento aparece como adendo ao rendimento de cada clube

3) A ordem no ranking de colocações foi estabelecida da seguinte forma: títulos, vice-campeonatos e semifinais (em 1998, com a fase semifinal em dois quadrangulares, foi considerada a pontuação total). O número de vezes no G4 (última coluna) aparece como adendo ao desempenho de cada clube.

4) O Torneio José América de Almeida Filho, realizado em 1976, é considerado pelo Vitória como um título nordestino. O blog entende como título de porte regional, mas não referente à mesma competição. Por sinal, em 2016 a Liga do Nordeste, através de Alex Portela (também ex-presidente do Vitória), teria enviado um ofício à CBF pedindo a oficialização do torneio, o que incluiria até a primeira edição, de 1975, que teve o CRB como vencedor. Como segue sem uma resposta oficial (e pública), o blog manteve a disputa à parte. 

5) Os asteriscos em Botafogo e Sampaio se referem às punições do STJD, perdendo 4 (2014) e 6 (2015) pontos, respectivamente. A pena se mantém.

O ranking de pontos da Copa do Nordeste (1994-2016). Crédito: Cassio Zirpoli/DP

9 thoughts on “Ranking da Copa do Nordeste

  1. Cassio,

    Veja esses links sobre o campeonato do nordeste de 1948:

    http://www.rsssfbrasil.com/tablesfq/ne1948.htm

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Torneio_dos_Campe%C3%B5es_do_Nordeste_de_1948

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Competi%C3%A7%C3%B5es_de_futebol_da_Regi%C3%A3o_Nordeste_do_Brasil

    http://cacellain.com.br/blog/?p=25750

    Sobre a Taça Brasil, que tbm aparece em alguns dos links acima, o grupo norte da Taça Brasil eram compostos por clubes nordestinos mais o campeão paraense, por exemplo, em 1959, o grupo norte era composto por Sport (PE), Auto Esporte (PB), Ferroviário (MA) e Tuna Luso (PA), o único clube da região norte do certame. Então seria mais coerente denominar os campeões da zona norte e nordeste da Taça Brasil, (muitas vezes tbm chamada de apenas zona norte), de campeões do norte e nordeste, não saindo daí um campeão do nordeste, embora existisse um grupo nordeste, já que existiam clubes nordestinos no grupo norte. Não pesquisei todas as edições, pelo menos, as iniciais eram assim, da região norte, somente o campeão paraense.

    Abraço

  2. Cassio,

    Veja esses links sobre o campeonato do nordeste de 1948:

    http://www.rsssfbrasil.com/tablesfq/ne1948.htm

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Torneio_dos_Campe%C3%B5es_do_Nordeste_de_1948

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Competi%C3%A7%C3%B5es_de_futebol_da_Regi%C3%A3o_Nordeste_do_Brasil

    http://cacellain.com.br/blog/?p=25750

    Sobre a Taça Brasil, que tbm aparece em alguns dos links acima, o grupo norte da Taça Brasil eram compostos por clubes nordestinos mais o campeão paraense, por exemplo, em 1959, o grupo norte era composto por Sport (PE), Auto Esporte (PB), Ferroviário (MA) e Tuna Luso (PA), o único clube da região norte do certame. Então seria mais coerente denominar os campeões da zona norte e nordeste da Taça Brasil, (muitas vezes tbm chamada de apenas zona norte), de campeões do norte e nordeste, não saindo daí um campeão do nordeste, embora existisse um grupo nordeste, já que existiam clubes nordestinos no grupo norte. Não pesquisei todas as edições, pelo menos, as iniciais eram assim, da região norte, somente o campeão paraense.

    Abs

  3. Pode incluir agora o Uniclinic como lanterna desse ranking, com 6 jogos, 6 derrotas, nenhum gol marcado e 24 sofridos.

  4. Cassio, pior que o Torneio José América de Almeida Filho, que não é considerado no ranking, são os campeonato de 2003 e 2010. Em 2003, o Bahia e os times de Pernambuco não participaram. Em 2010, o Bahia não jogou com o time principal, o Sport não participou, não lembro dos outros, foi um campeonato disputado durante o Brasileiro com zero de visibilidade.

    Nota do blog

    Alexandre, o “Torneio José Américo de Almeida Filho” foi, sim um torneio de âmbito regional, mas não foi não a Copa do Nordeste. Esta foi criada em 1994, com o nome de “1ª Copa do Nordeste”. E a competição de 1976 ainda não chancelado pela CBF com o mesmo peso do Nordestão.

    Sim, o nível técnico das edições de 2003 e 2010 foi abaixo, mas ocorreu num momento da imposição da Liga do Nordeste, via justiça, sobre a decisão tomada pela CBF.

  5. Desculpem, as Empresas de pesquisas Ibope e Data folha, a forma que é feito o ranking das torcidas e diferente das pesquisas de boca de urna nas eleições, pois, as pesquisas de boca de urna e qualquer outra que envolve principalmente os padrões da capitais de cada estado. As pesquisas para eleição ela muda gradativamente com os debates e etc. já pesquisas ranking de torcidas de clubes Brasileiros, as pesquisas tem que se estender para fora das capitais, pois, o torcedor não muda de time, como muda as preferências políticas, muito fácil fazer pesquisas nas principais cidades, para eleição políticas é normal que estenda para o interior a mesma porcentagem, mas, para pesquisas de ranking de torcidas é claro quem tem uma grande torcida ele permanecerá na mesma proporção quando feita nas cidades, parte para o interior e ai vão ver a grande diferença, exemplo disso, se fizerem pesquisas em São Paulo e no Rio, a torcida do Corinthians seria maior do que a do flamengo, pois a capital paulista é a maior do que a carioca, agora parte para todo o Brasil e inclui as cidades do interior também, dúvido, se não muda por completo, ok

  6. SEU TEL ?
    FAZ LATINHAS DE CERVEJAS PERSONALIZADAS ?
    ENTRE EM CONTATO.
    11 * 97198 5003 & 4612 6321

  7. Cássio, vc publicou que o SPORT tem o maior período de JEJUM de títulos no estado de Pernambuco com 12 anos sem vencer… Só que vc não colocou que; tanto Santa como Náutico tem maiores espaços sem títulos… !915 Santa vice, 1916 Santa vice, 1917 Santa vice, 1918 Santa vice, o Santa veio sem campeão Pernambucano em 1931, faça as contas… O Náutico veio sem campeão Pernambucano em 1933, sendo duas vezes vice antes do título… E vale lembrar que tanto Santa como Náutico participaram de todos os cmpeonatos desde 1915… PORTANTO VC OMITIU ISSO… Seja mais profissional e corrija…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>