Retrospecto do Santa (1914-2018)

Números do Santa Cruz. Arte: Maria Eugênia Nunes/DP

Do pátio da Igreja de Santa Cruz, a diversão de alguns meninos tornou-se o amor de muita gente. Nesses mais de cem anos de futebol, já defenderam a camisa de três cores vários dos melhores jogadores do estado, como Tará, Givanildo, Nunes, Fumanchu, Ricardo Rocha, Zé do Carmo e Tiago Cardoso. Boa parte deles brilhando no Mundão, criado para abrigar o povo.

Mergulhando no acervo de Carlos Celso Cordeiro e atualizando os dados mais recentes, totalizando 105 temporadas que dão consistência à história da Cobra Coral, vamos ao retrospecto geral nas principais competições oficiais disputadas pelo clube, nos âmbitos estadual, regional, nacional e internacional. Entre os dados, a colocação no ranking (quando possível) e o aproveitamento em cada torneio, sempre considerando 3 pontos por vitória, para padronizar o cálculo. Na sequência, o rendimento do Santa atuando no Arruda, os maiores artilheiros, quem mais vestiu a camisa tricolor e os maiores públicos.

Do 1º ao 5.066º jogo…
Primeiro: Santa Cruz 7 x 0 Rio Negro (08/03/1914), no Derby (amistoso)
Último: Santa Cruz 2 x 1 CRB (20/02/2018), no Arruda (Nordestão)

Total (competições oficiais e amistosos*) 1914-2018
5.066 jogos (9.750 GP e 5.867 GC, +3.883)
2.560 vitórias
1.170 empates
1.324 derrotas
12 jogos com placar desconhecido

Estadual 1915-2018 (ranking: 2º)
2.257 jogos (4.898 GP e 2.272 GC, +2.626)
1.330 vitórias
444 empates
483 derrotas
104 participações (entre 1915 e 2018, 100%)
Melhor campanha: campeão, 29 vezes (entre 1931 e 2016)

Copa do Nordeste 1994-2018 (ranking: 4º)
115 jogos (169 GP e 131 GC, +38)
58 vitórias
19 empates
38 derrotas
12 participações (entre 1994 e 2018)
Melhor campanha: campeão em 2016

Brasileirão unificado 1959-2018
519 jogos (615 GP e 741 GC, -126)
152 vitórias
166 empates
201 derrotas
24 participações (entre 1960 e 2016)
Melhor campanha: 4º lugar em 1960 e 1975

Série A 1971-2018 (ranking: 26º)
485 jogos (581 GP e 688 GC, -107)
145 vitórias
151 empates
189 derrotas
21 participações (entre 1971 e 2016)
Melhor campanha: 4º lugar em 1975

Série B 1971-2018
445 jogos (600 GP e 512 GC, +88)
177 vitórias
130 empates
138 derrotas
20 participações (entre 1982 e 2017)
Melhor campanha: vice-campeão em 1999, 2005 e 2015

Série C 1981-2018
56 jogos (78 GP e 57 GC, +21)
22 vitórias
18 empates
16 derrotas
4 participações (entre 2008 e 2018)
Melhor campanha: campeão em 2013

Série D (2009-2018)
30 jogos (35 GP e 29 GC, +6)
12 vitórias
10 empates
8 derrotas
3 participações (entre 2009 e 2011)
Melhor campanha: vice-campeão em 2011

Copa do Brasil 1989-2018
86 jogos (111 GP e 109 GC, +2)
34 vitórias
19 empates
33 derrotas
46 confrontos; 22 classificações e 24 eliminações
24 participações (entre 1990 e 2018)
Melhor campanha: oitavas de final, 8 vezes

Copa Sul-Americana 2002-2018
4 jogos (4 GP e 3 GC, +1)
2 vitórias
1 empate
1 derrota
2 confrontos; 1 classificação e 1 eliminação

1 participação (2016)
Melhor campanha: oitavas de final, em 2016

Histórico em decisões no Estadual
Santa Cruz 12 x 12 Sport*
Santa Cruz 7 x 9 Náutico
*O Tricolor leva vantagem em finais na Ilha (9 x 6)

Santa Cruz no Arruda* (1965/2018)
1.500 jogos
893 vitórias
356 empates
251 derrotas
* Competições oficiais e amistosos

Maiores artilheiros
207 gols – Tará
174 gols – Luciano Veloso
148 gols – Ramon
143 gols – Betinho
123 gols – Fernando Santana

Quem mais atuou
Givanildo Oliveira – 599 jogos

Clássico das Multidões (1916-2018)
556 jogos
167 vitórias do Santa
158 empates
231 vitórias do Sport
Último: Santa 0 x 2 Sport (03/05/2017, Nordestão)

Clássico das Emoções (1917-2018)*
520 jogos
201 vitórias do Santa
151 empates
167 vitórias do Náutico
Último: Santa Cruz 0 x 0 Náutico (17/02/2018, Estadual)

*O jogo ocorrido em 29 de março de 1931, durante a final do Torneio Abrigo Terezinha de Jesus, possui resultado desconhecido.

Maiores públicos

Top 5 nos Clássicos
78.391 – Santa Cruz 1 x 1 Sport, no Arruda (Estadual 21/02/1999)
76.636 – Santa Cruz 1 x 1 Náutico, no Arruda (Estadual, 18/12/1983)
75.135 – Santa Cruz 1 x 2 Sport, no Arruda (Estadual, 03/05/1998)
74.280 – Santa Cruz 2 x 0 Sport, no Arruda (Estadual, 18/07/1993)
71.243 – Santa Cruz 2 x 1 Náutico, no Arruda (Estadual, 28/07/1993)

Top 5 como mandante contra outros adversários
65.023 – Santa Cruz 2 x 1 Portuguesa, no Arruda (Série B, 26/11/2005)
62.185 – Santa Cruz 0 x 0 Flamengo, no Arruda (Amistoso, 04/06/1972)
60.040 – Santa Cruz 2 x 1 Betim, no Arruda (Série C, 03/11/2013)
59.966 – Santa Cruz 0 x 0 Treze, no Arruda (Série D, 16/10/2011)
55.028 – Santa Cruz 3 x 2 Volta Redonda, no Arruda (Série B, 06/10/1998)

3 thoughts on “Retrospecto do Santa (1914-2018)

  1. sobre maiores publicos discordo teve santa cruz e Havai de santa catarina 82 mil pessoas lembro dessa reportagem no esporte espetacular em 2005 uma das melhores campanha do santa cruz na serie B se fosse pontos corridos teriamos sido campeão com 2 rodadas de antecedência teve outro publico gigantesco santa cruz x portuguesa estimativa que tinha mais de 90 mil ali no arruda outro jogo foi santa cruz x Betin mg eu estava la só entrei no segundo tempo eu e um grupo de 35 torcedores com ingressos na mão após conversa com um representante da FPF comandante do choque e o chefe da segurança com um diretor do clube pois o portão ja estva fechado por lotação maxima no arruda hoje as normas de segurança não permite colocar mais esse publico mais o santa cruz realmente tem uma torcida gigantesca uma das maiores do Brasil junto com a do corinthians fortaleza flamengo são paulo atletico mg cruzeiro palmeiras Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>