Classificação da Série A 2017 – 28ª rodada

A classificação da 28ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Mesmo com o apoio de 20 mil torcedores na Ilha do Retiro, o Sport não passou de um empate com o Galo. Com o resultado, o rubro-negro pernambucano perdeu três posições na classificação do Brasileirão, caindo do 11º para o 14º lugar. Saiu da zona de classificação à Sul-Americana, ficando, neste momento, no limbo entre os clubes que permanecem na elite. Já a diferença sobre o Z4 se manteve em dois pontos, numa gordura finíssima.

Na briga pelo título, o Corinthians perdeu a 4ª partida na competição – a segunda para times baianos. A diferença de 10 pontos caiu para 9, com Grêmio e Santos na retaguarda. Uma distância ainda confortável para o hepta.

Resultados da 28ª rodada
Cruzeiro 2 x 1 Ponte Preta
Vasco 1 x 0 Botafogo
São Paulo 2 x 1 Atlético-PR
Atlético-GO 1 x 3 Palmeiras
Fluminense 1 x 0 Avaí
Sport 1 x 1 Atlético-MG
Chapecoense 0 x 1 Flamengo
Coritiba 0 x 1 Grêmio
Bahia 2 x 0 Corinthians
Santos 2 x 2 Vitória 

Balanço da 28ª rodada
5V dos mandantes (12 GP), 2E e 3V dos visitantes (10 GP)

Agenda da 29ª rodada
18/10 (19h30) – Coritiba x Cruzeiro (Couto Pereira)
18/10 (19h30) – Atlético-GO x Vasco (Serra Dourada), SporTV*
18/10 (21h00) – Atlético-MG x Chapecoense (Independência)
18/10 (21h45) – Corinthians x Grêmio (Arena Corinthians), Globo*
18/10 (21h45) – Fluminense x São Paulo (Maracanã)
18/10 (21h45) – Avaí x Botafogo (Ressacada)
19/10 (20h00) – Vitória x Atlético-PR (Barradão)
19/10 (20h00) – Palmeiras x Ponte Preta (Pacaembu)
19/10 (21h00) – Sport x Santos (Ilha do Retiro)
19/10 (21h00) – Flamengo x Bahia (Luso Brasileiro)
* Considerando as transmissões para o Recife, fora o Premiere (PPV)  

Histórico de Sport x Santos no Recife, pelo Brasileiro (19 jogos)
8 vitórias leoninas, 6 empates e 5 derrotas

Classificação da Série A 2017 – 27ª rodada

A classificação da Série A de 2017 após 27 rodadas. Crédito: Superesportes

O Sport venceu o Vitória no Barradão e acabou com um jejum de nove rodadas, que havia derrubado o time do G6 para o Z4 do Brasileirão. Com os resultados desta rodada, acabou ficando no meio tempo, na zona de classificação à Sul-Americana. Isso mesmo, o leão ganhou nada menos que seis posições, indo do 17º para o 11º lugar, num evidente sinal de achatamento da classificação do campeonato, sobretudo na segunda metade. Agora, o Sport terá dois jogos seguidos na Ilha (Galo e Peixe). Embates difíceis, mas uma boa oportunidade para normatizar a campanha.

Obs. Um jogo da 28ª rodada foi antecipado para 7 de outubro, antes mesmo da realização da 27ª rodada. No caso, a vitória do Cruzeiro sobre a Ponte.

Resultados da 27ª rodada
Atlético-PR 2 x 2 Atlético-GO
Botafogo 2 x 1 Chapecoense
Corinthians 3 x 1 Coritiba
Atlético-MG 1 x 0 São Paulo
Grêmio 0 x 1 Cruzeiro
Avaí 1 x 2 Vasco
Flamengo 1 x 1 Fluminense
Vitória 1 x 2 Sport
Ponte Preta 1 x 1 Santos
Palmeiras 2 x 2 Bahia 

Balanço da 27ª rodada
3V dos mandantes (14 GP), 4E e 3V dos visitantes (13 GP)

Agenda da 28ª rodada
07/10 (16h00) – Cruzeiro 2 x 1 Ponte Preta (Mineirão)
14/10 (19h00) – Vasco x Botafogo (Maracanã)
14/10 (21h00) – São Paulo x Atlético-PR (Morumbi)
15/10 (17h00) – Atlético-GO x Palmeiras (Olímpico)
15/10 (17h00) – Fluminense x Avaí (Maracanã)
15/10 (17h00) – Sport x Atlético-MG (Ilha do Retiro)
15/10 (17h00) – Chapecoense x Flamengo (Arena Condá), Globo*
15/10 (19h00) – Coritiba x Grêmio (Couto Pereira), SporTV*
15/10 (19h00) – Bahia x Corinthians (Fonte Nova)
16/10 (20h00) – Santos x Vitória (Pacaembu), SporTV*
* Considerando as transmissões para o Recife, fora o Premiere (PPV) 

Histórico de Sport x Atlético-MG no Recife, pelo Brasileiro (17 jogos)
6 vitórias leoninas, 9 empates e 2 derrotas

As marcas de Santa Cruz, Náutico e Sport valem R$ 165,5 milhões no mercado

Santa Cruz, Náutico e Sport. Arte: DP

As centenárias marcas do Trio de Ferro valem R$ 165,5 milhões. Essa é a avaliação feita pela consultoria BDO RCS Auditores Independentes, que pela 8ª projetou o Trio de Ferro. Ao todo, o relatório de 2017 tem 40 times, seis a mais que a versão anterior. Embora o número seja elevado, na prática equivale à projeção do Atlético Paranaense. Mas vale a ressalva de que o Sport detém a melhor projeção no futebol nordestino, tendo subido um pouco no último. Já as avaliações dos rivais pioraram. Com isso, a marca agregada do Trio de Ferro caiu 6,4% em relação ao estudo anterior.

O cálculo conta com 21 variáveis em três frentes: dados financeiros (marketing, estádio, sócios e mídia, à parte das transferências de atletas), torcida (tamanho, faixa etária, nível de renda e distribuição geográfica) e mercado local (informações econômicas e sociais sobre a região em que os clubes atuam). Entre os clubes levantados estão nove nordestinos.

Marcas mais valorizadas no Nordeste
1º) Sport (118,9 milhões, em 15º no país)
2º) Bahia (110,4 mi, em 16º)
3º) Vitória (78,7 mi, em 17º)
4º) Náutico (25,1 mi, em 28º)
5º) Santa Cruz (21,5 mi, em 29º)
6º) Ceará (20,5 mi, em 30º)
7º) Fortaleza (15,7 mi, em 32º)
8º) ABC (9,0 mi, em 35º)
9º) Sampaio Corrêa (6,3 mi, em 39º)

Lá no topo, três times brasileiros já ultrapassaram a barreira bilionária: Flamengo (R$ 1,693 bi), Corinthians (R$ 1,593 bi) e Palmeiras (R$ 1,123 bi), o atual campeão brasileiro. O time carioca lidera pelo terceiro ano, após cinco temporadas de domínio corintiano.

A avaliação das marcas dos clubes em 2017. Crédito: BDO

Confira a evolução dos recifenses, tanto nos valores quanto no ranking nacional.

Sport
2017 (15º) – 118,9 mi (Série A), +1.6%
2016 (15º) – 117,0 mi (Série A), +33.8%
2015 (16º) – 87,4 mi (Série A), +39.6%
2014 (17º) – 62,6 mi (Série A), +50.8%
2013 (19º) – 41,5 mi (Série B), -0.9%
2012 (17º) – 41,9 mi (Série A), +6.6%
2011 (16º) – 39,3 mi (Série B), +5.3%
2010 (15º) – 37,3 mi (Série B)

Náutico
2017 (28º) – 25,1 mi (Série B), -28.0%
2016 (25º) – 34,9 mi (Série B), -4.1%
2015 (23º) – 36,4 mi (Série B), -4.9%
2014 (20º) – 38,3 mi (Série B), +0.7%
2013 (20º) – 38,0 mi (Série A), +23.3%
2012 (20º) – 30,8 mi (Série A), +16.2%
2011 (21º) – 26,5 mi (Série B), -1.8%
2010 (19º) – 27,0 mi (Série B)

Santa Cruz
2017 (29º) – 21,5 mi (Série B), -7.3%
2016 (27º) – 23,2 mi (Série A), -29.4%
2015 (25º) – 32,9 mi (Série B), +30.0%
2014 (25º) – 25,3 mi (Série B), +16.5%
2013 (25º) – 21,7 mi (Série C), +0.9%
2012 (24º) – 21,5 mi (Série C), +10.8%
2011 (23º) – 19,4 mi (Série D), +4.3%
2010 (23º) – 18,6 mi (Série D)

Trio de Ferro
2017 – 165,5 mi,  -6.4%
2016 – 175,1 mi, 11.7%
2015 – 156,7 mi, +24.1%
2014 – 126,2 mi, +24.7%
2013 – 101,2 mi, +7.4%
2012 – 94,2 mi, +10.5%
2011 – 85,2 mi, +2.7%
2010 – 82,9 mi

Desde 2010, o trio, então com R$ 82,9 milhões, valorizou 99,6%.

A avaliação das marcas dos 40 principais clubes do país em 2017. Crédito: BDO

Podcast – Análise dos empates de Santa Cruz e Sport e da derrota do Náutico

Jogos na 25ª rodada: Grafite em Londrina 1 x 1 Santa (Robson Vilela/Futura Press/Estadão conteúdo), Diego Souza em Sport 1 x 1 Vasco (Ricardo Fernandes/DP) e Breno Calixto em Náutico 0 x 1 Inter (Ricardo Fernandes/DP)

Nenhuma vitória pernambucana na 25ª rodada do Brasileiro. Começou na noite de sexta, com o tricolor cedendo o empate no Paraná, após bom jogo. No dia seguinte, ainda pela segundona, o timbu não foi páreo para o líder, em sua “estreia” em Caruaru. Encerrando a rodada na elite, o leão se superou em um jogo polêmico, mas ficou num empate em casa. O 45 minutos comentou as três partidas em gravações exclusivas, nas questões técnica e tática, além de análises individuais. Ao todo, 116 minutos de podcast. Ouça!

22/09 – Londrina 1 x 1 Santa Cruz (31 min)

23/09 – Náutico 0 x 1 Internacional (44 min)

25/09 – Sport 1 x 1 Vasco (41 min)

Em jogo polêmico, Sport perde Diego Souza e arranca empate com o Vasco

Série A 2017, 25ª rodada: Sport 1 x 1 Vasco. Foto: Ricardo Fernandes/DP

O Sport dominou o Vasco nos vinte primeiros minutos. Com a marcação adiantada, forçava o erro de um time que erra bastante. Era um jogo com intensidade e movimentação, incluindo Diego Souza, que enfim organizava a equipe, buscando a bola no círculo central. Assim, no embalo de 17 mil torcedores na Ilha, o time foi criando oportunidades, desperdiçadas por André, no detalhe. Até o lance realmente capital na noite. E não se trata da confusão aos 24 do segundo tempo. Na ocasião, Sandro Meira Ricci assinalou um pênalti a favor do leão, indicando mão na bola. Avisado por um auxiliar a mais de 50 metros, voltou atrás após alguns minutos. Embora discutível, mesmo propenso à interpretação de bola na mão, a interferência externa parece difícil de negar – semelhante a um Fla-Flu em 2016 com o mesmo juiz.

Esse lance fomenta uma discussão nacional sobre a arbitragem. Porém, para a partida entre Sport e Vasco, o estrago já estava feito havia tempo, com a expulsão de DS87 com vinte minutos. No lance, o meia puxava um contragolpe, sendo puxado por Wellington em sequência, com o Ricci vendo ‘vantagem’ em vez de assinalar logo a falta. Quando marcou, amarelou o vascaíno e o próprio Diego, por reclamação. Indignado – e aí, ele teve culpa pela falta de controle -, seguiu reclamando e foi expulso pelo árbitro, ex-FPF. Num lance favorável ao rubro-negro, o time acabou com um a menos. Pois é.

Série A 2017, 25ª rodada: Sport 1 x 1 Vasco. Foto: Aníbal Monteiro/cortesia

Ainda assim, no 10 x 11 por mais de 70 minutos, o Sport seguiu melhor em campo. Claro, ficou mais exposto. No primeiro tempo, bastou ao Vasco uma chegada, num lançamento em cima de Mena, com Nenê concluindo um cruzamento rasteiro. Até então, Magrão era um mero espectador. Na etapa final, o time pernambucano voltou a melhorar após a entrada de Oswaldo no lugar de Wesley, dando dinâmica à ponta direita, agora com infiltração.

Também entrou o volante Thallyson, desta vez efetivo. Ocupou a vaga de Anselmo, que foi bem, mas cansou. Diante de um adversário que pouco produzia, o time de Luxa foi todo superação, sendo premiado com um gol de André, o 10º na Série A e o 21º na temporada. O empate em 1 x 1 quebrou a série de derrotas, quatro seguidas, mas mantém o jejum de vitórias, agora de oito jogos. Valeu pela raça, pois na classificação o leão segue a perigo…

O jejum de vitórias do rubro-negro na Série A

02/08 – Sport 2 x 2 Fluminense (Ilha do Retiro)
05/08 – Sport 1 x 3 Corinthians (Arena Corinthians, SP)
13/08 – Sport 0 x 0 Ponte Preta (Ilha do Retiro)
20/08 – Sport 0 x 2 Cruzeiro (Mineirão, BH)
02/09 – Sport 0 x 5 Grêmio (Arena do Grêmio)
10/09 – Sport 0 x 1 Avaí (Ilha do Retiro)
17/09 – Sport 0 x 2 Flamengo (Luso Brasileiro, Rio)
25/09 – Sport 1 x 1 Vasco (Ilha do Retiro)

8 jogos; 3 empates e 5 derrotas, 4 GP e 16 GC; -12 SG

Série A 2017, 25ª rodada: Sport 1 x 1 Vasco. Foto: Ricardo Fernandes/DP

Classificação da Série A 2017 – 24ª rodada

A classificação da 24ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

No Rio de Janeiro, o Sport perdeu a 4ª partida seguida. Outra vez sem sequer balançar as redes. Apesar do revés, o 11º em 24 partidas, o leão se manteve a mesma colocação da rodada anterior do Brasileirão. Porém, a distância em relação ao Z4 caiu de 3 para 2 pontos. Reflexo das sete partidas de jejum.

Na briga pelo título, o Corinthians voltou a abrir vantagem, novamente na casa de 10 pontos. Venceu o Vasco (com um gol de braço de Jô) e foi beneficiado pelas derrotas de Grêmio e Santos, que pouparam na rodada visando os jogos de volta das quartas de final da Libertadores. Embora também esteja numa copa internacional, a Sula, o foco do time paulistano é absoluto na Série A.

Resultados da 24ª rodada
Botafogo 2 x 0 Santos
Ponte Preta 1 x 3 Atlético-GO
Avaí 1 x 1 Atlético-MG
Flamengo 2 x 0 Sport
Corinthians 1 x 0 Vasco
Atlético-PR 3 x 1 Fluminense
Vitória 1 x 2 São Paulo
Grêmio 0 x 1 Chapecoense
Cruzeiro 1 x 0 Bahia
Palmeiras 1 x 0 Coritiba 

Balanço da 24ª rodada
6V dos mandantes (13 GP), 1 empate e 3V dos visitantes (8 GP)

Agenda da 25ª rodada
23/09 (19h00) – Flamengo x Avaí (Luso Brasileiro)
23/09 (21h00) – Santos x Atlético-PR (Vila Belmiro)
24/09 (11h00) – São Paulo x Corinthians (Morumbi)
24/09 (16h00) – Atlético-GO x Cruzeiro (Olímpico)
24/09 (16h00) – Fluminense x Palmeiras (Maracanã)
24/09 (16h00) – Coritiba x Botafogo (Couto Pereira)
24/09 (16h00) – Chapecoense x Ponte Preta (Arena Condá)
24/09 (19h00) – Atlético-MG x Vitória (Independência)
24/09 (19h00) – Bahia x Grêmio (Fonte Nova)
25/09 (20h00) – Sport x Vasco (Ilha do Retiro) 

Histórico de Sport x Vasco no Recife, pelo Brasileiro (13 jogos)
2 vitórias leoninas (1995 e 2015), 5 empates e 6 derrotas

MLS mostra a intensidade do jogo na pele do árbitro, mas foi esperta no áudio…

Vídeo gravado pelo árbitro da MLS

Durante o tour nos Estados Unidos, visando a temporada 2017/2018, Real Madrid enfrentou o “all-star team” da Major League Soccer. Até aí ok, assim como o resultado, com uma vitória merengue nos pênaltis após o 1 x 1.

Ocorre que o árbitro da partida disputada no Soldier Field, em Chicago, utilizou uma microcâmera presa no peito do uniforme. Nove dias após o amistoso, a MLS divulgou um vídeo com a intensidade da disputa na visão do juiz Allen Chapman, mesmo sendo uma peleja de pré-temporada.

Apesar da interessante edição de 3 minutos, o vídeo não traz os diálogos durante a partida, com uma trilha sonora de fundo. E trata-se de uma parte essencial sobre o trabalho da arbitragem, como a história ensina (a seguir).

Voltando 35 anos no tempo, chegamos a um episódio polêmico no futebol brasileiro, quando o árbitro José Roberto Wright entrou em campo com um microfone sem fio escondido em seu padrão. Ele havia topado a ideia de participar de uma reportagem do programa Esporte Espetacular, da Globo. O objetivo era mostrar a pressão sobre o árbitro (ou quase isso).

E não era num jogo qualquer, mas na decisão da Taça Guanabara de 1982. O Flamengo venceu o Vasco por 1 x 0, mas com a repercussão toda voltada sobre os diálogos, pelo uso indevido da imagem e pela suposta perseguição ao meia Giovane, do time cruz-maltino. Relembre e tire as suas conclusões.

Obs. Fica claro o motivo da trilha sonora no vídeo lá em Chicago…

Campeonato Brasileiro licenciado no Pro Evolution Soccer 2018, com o Sport

Clubes brasileiros licenciados no Pro Evolution Soccer 2018

Seguindo o contrato de dois anos, o Campeonato Brasileiro voltou a ser licenciado de forma exclusiva no game Pro Evolution Soccer. Até então, a produtora Konami assinava apenas contratos pontuais com os clubes. Para 2017 e 2018, a empresa firmou um acordo com a CBF com o objetivo de reproduzir a chancela da competição, com os vinte clubes, troféu, bola oficial e tabela. No PES 2018, a composição é a do campeonato de 2017. Ou seja, com o Sport, que aparece pela 6ª vez seguida no game. Pelo trailer para o mercado nacional, oito estádios foram digitalizados: São Januário, Maracanã, Arena Corinthians, Vila Belmiro, Morumbi, Allianz Parque, Beira-Rio e Mineirão

Pelo acordo Konami/CBF, o jogo também será utilizado no “E-Brasileirão”, o campeonato brasileiro de videogame. Na primeira fase, são feitas seletivas online em cada clube, de onde sairá um representante para a fase final.

No caso do Sport, a seletiva será em 17 de setembro, com até 1.024 vagas. Até a publicação deste post, 66 já haviam feito a inscrição gratuita. Veja aqui.

Eis os clubes brasileiros licenciados: Vasco, Palmeiras, Cruzeiro, Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Santos, Atlético-GO, Avaí, Bahia, Ponte Preta, Chapecoense, São Paulo, Atlético-PR, Coritiba, Sport e Vitória. Pelo trailer, Internacional e Red Bull Brasil também devem ser jogáveis, mas fora do contexto da Série A, naturalmente.

Obs. A narração do futebol brasileiro será de Milton Leite, locutor do SporTV.

Classificação da Série A 2017 – 12ª rodada

A classificação da 12ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

A 12ª rodada do Brasileirão foi encerrada em Curitiba, com a goleada do Sport sobre o Coxa. Com isso, o rubro-negro pernambucano chegou a três vitórias consecutivas, dando um salto na classificação – e zerou o saldo, após longa caminhada desde a má estreia. Neste recorte, saiu do 17º lugar, na zona de rebaixamento, para a 6ª posição, a zona de classificação à Libertadores. Nos três casos, vitórias sem ser vazado. E a tabela, em tese, anima o leão, com três jogos como mandante nas quatro próximas rodadas (Chape, Atlético-GO e Palmeiras). Neste período, será visitante contra o Botafogo.

Já na briga pela liderança, o Corinthians segue impossível (e invicto). Com quatro vitórias seguidas, o time paulista ampliou a vantagem, de 7 para 9 pontos. É a melhor largada da história dos pontos corridos no país.

Resultados da 12ª rodada
Atlético-GO 1 x 2 Vitória
Vasco 0 x 1 Flamengo
Corinthians 2 x 0 Ponte Preta
Chapecoense 1 x 1 Atlético-PR
Cruzeiro 3 x 1 Palmeiras
Bahia 1 x 1 Fluminense
Grêmio 0 x 2 Avaí
Botafogo 1 x 1 Atlético-MG
Santos 3 x 2 São Paulo
Coritiba 0 x 3 Sport 

Balanço da 12ª rodada
3V dos mandantes (12 GP), 3E e 4V dos visitantes (14 GP)

Agenda da 13ª rodada
12/07 (19h30) – Atlético-MG x Santos (Independência)
12/07 (19h30) – Ponte Preta x Bahia (Moisés Lucarelli)
12/07 (21h00) – Fluminense x Botafogo (Maracanã)
12/07 (21h45) – Atlético-PR x Cruzeiro (Arena da Baixada)
12/07 (21h45) – Vitória x Vasco (Barradão)
12/07 (21h45) – Palmeiras x Corinthians (Allianz Parque)
13/07 (19h30) – São Paulo x Atlético-GO (Morumbi)
13/07 (19h30) – Flamengo x Grêmio (Luso Brasileiro)
13/07 (19h30) – Sport x Chapecoense (Arena Pernambuco)
13/07 (21h00) – Avaí x Coritiba (Ressacada)

Histórico de Sport x Chape no Recife, pelo Brasileiro
3 jogos e 3 vitórias leoninas

Classificação da Série A 2017 – 6ª rodada

A classificação da 6ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Com a gangorra de resultados entre jogar como mandante (7 pontos) e visitante (0 ponto), o leão voltou a despencar na classificação. No sábado, o Sport perdeu do Vasco, em São Januário, caindo do 11º para o 14º lugar no Brasileirão. A vantagem em relação ao G4 também diminuiu, de 3 para 2 pontos. Agora, parte para dois jogos seguidos em casa. Pela lógica (?), hora de melhorar o rendimento.

Em relação à briga pela liderança, neste início de campeonato a disputa vai ficando entre Corinthians (único invicto) e Grêmio, com o Coritiba na disputa como principal surpresa neste contexto.

Resultados da 6ª rodada
Palmeiras 3 x 1 Fluminense
Vasco 2 x 1 Sport
Botafogo 2 x 2 Coritiba
Vitória 2 x 0 Atlético-MG
Avaí 1 x 1 Flamengo
Corinthians 3 x 2 São Paulo
Ponte Preta 3 x 2 Chapecoense
Cruzeiro 2 x 0 Atlético-GO
Atlético-PR 0 x 2 Santos
Grêmio 1 x 0 Bahia 

Balanço da 6ª rodada 
7V dos mandantes (19 GP), 2E e 1V dos visitantes (11 GP)

Agenda da 7ª rodada
14/06 (19h30) – Sport x São Paulo (Ilha do Retiro)
14/06 (19h30) – Vitória x Botafogo (Barradão)
14/06 (19h30) – Atlético-GO x Avaí (Olímpico)
14/06 (19h30) – Atlético-MG x Atlético-PR (Independência)
14/06 (21h00) – Flamengo x Ponte Preta (Luso Brasileiro)
14/06 (21h45) – Santos x Palmeiras (Vila Belmiro)
14/06 (21h45) – Corinthians x Cruzeiro (Arena Corinthians)
14/06 (21h45) – Chapecoense x Vasco (Arena Condá)
15/06 (16h00) – Coritiba x Bahia (Couto Pereira)
15/06 (21h00) – Fluminense x Grêmio (Maracanã) 

Histórico de Sport x São Paulo no Recife, pelo Brasileiro:
8 vitórias leoninas, 7 empates e 4 derrotas