Varrendo os apelidos

No Vera Cruz, a presença ilustre de um jogador chamado “Vassoura”, que varreu o estádio dos Aflitos neste domingo. Literalmente, pois o atacante comemorou o seu gol justamente varrendo o gramado, na bandeirinha de escanteio.

E explicou o apelido: quando tinha 9 anos, um homem disse que ele tinha um cabelo parecido com uma vassoura. Simples.

E o nome do cara? Na súmula, ele assina como Williams Oliveira do Nascimento. Williams com “m” mesmo (veja AQUI).

Esse Pernambucano, por sinal, está demais em relação aos apelidos exóticos.

Vassoura no Vera Cruz.

Flávio Caça-Rato na Cabense.

Barata e Thiago Tigrão no Araripina.

Felipe Espada no Central.

E muitos outros!

“Prazer, Fávio Caça-Rato…”

É, no mínimo, curioso se apresentar num novo clube desta forma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>