Prejuízo milionário na Arena Pernambuco pelo segundo ano seguido. O estado paga

Arena Pernambuco na Copa do Mundo de 2014. Foto: Fifa/divulgação

A Arena Pernambuco Negócios e Investimentos S.A. já fechou dois balanços anuais de operação. Em ambos, prejuízo. O rombo já chega a R$ 54,1 milhões. O número está presente no balanço da parceria público-privada no Diário Oficial do Estado deste 31 de março de 2015. As duas primeiras temporadas tiveram períodos distintos. Em 2013, com prejuízo de R$ 29,7 milhões, a operação começou em julho, após a Copa das Confederações, enquanto em 2014 (déficit de R$ 24,4 mi) o estádio passou quase dois meses sob administração da Fifa.

No texto enviado pela assessoria (abaixo), a direção da arena enumera os principais motivos para o péssimo desempenho, frisando mais uma vez a mobilidade falha (fato, sobretudo com a Radial da Copa incompleta), mas também os jogos às 22h e com transmissão na tevê, além da falta de mais partidas de Santa Cruz e Sport. Em relação aos horários dos jogos, por mais que a administração tenha uma certa razão, o fato não pode ser encarado como surpresa, pois qualquer um sabia desta agenda. Antes mesmo do início das obras em São Lourenço.

Com o déficit milionário, a contraprestação pública segue no mesmo nível. Na PPP, o governo do estado tem que cobrir o rombo no faturamento anual caso a receita seja abaixo de 50% da meta (inatingível) de R$ 110 milhões. Em 2014, a receita foi de apenas R$ 23,4 milhões. A Fundação Getúlio Vargas irá produzir um estudo de reavaliação do contrato, mas vai ser difícil fechar esta conta…

14 thoughts on “Prejuízo milionário na Arena Pernambuco pelo segundo ano seguido. O estado paga

  1. isso tudo foi politicagem da gestao eduardo campos,troca de favores,o estadio da copa era ilha,a melhor localizaçao do recife,agora nos contribuinte e que vamos pagar a conta,fazer um estadio 30 km,como pessimo transporte urbano que temos,concertesa,foi muito sobrepreço,superfaturmento da arena…

  2. Este contrato é a prova que não somos governados por homens de bens. Quem escolhe esta gente: um ignorante povo acostumado a aplaudir aqueles que trapaceam contra a humanidade.

  3. Hora pois,esses três timinhos deviam colocar o orgulho na calda e formarem uma força tarefa pra reinvidicar mais respeito com suas torcidas e exigir a manutenção dos seus patrimônios. Vamos lá: O Náutico com a Arena ITAOTARIA o Santa com o ARROTA bacias e Sport com sua Ilha da fantasia tão todos no mato sem cachorro.

  4. Com o Santa Cruz com suas pseudos diretorias de almofadinhas, sobrevivendo graças a torcida, e a barbie emperrada com essa Arena, em breve, e infelizmente, o futebol do Recife ficará resumido ao time do mangue em todas competições nacionais. Gostaria, mas não acho que o clube do sertão tenha força para se destacar a nível nacional.

  5. A Arena não tem prejuízo. Quem tem prejuízo é o Estado, e consequentemente, nós.

    A imprensa calou-se quando deveria criticar fortemente na época em que decidiram construir esse elefante branco. Agora estão todos indignados.
    Se derrubarem esse elefante branco, será um grande lucro.

  6. O valor do estacionamento tbm assusta os torcedores que praticamente tem que comprar dois ingresso um pra ele e outro para o carro, nem nos shoppings center se cobra um preço tão abusivo…

  7. e o pior de tudo e que o fantasma da mijada,voltou a assombrar os aflitos.o que estava ruim,agora ficou pior.o certo era a torcida promover o fim das atividades do náutico,até a poeira baixar.

  8. O que falta a Arena, além da questão da mobilidade e segurança, é um grande jogo de marketing, competente, que poderá elevar o potencial de eventos, para trazer lucros e se tornar palco de muitas cifras.

  9. Sou alvirrubro e nunca fui a favor da ida do Nautico para essa Arena. E desconfiei muito da pressa e falta de transparencia dos dirigentes do clube na época para assinar este contrato. Posso quase apostar que a propinagem foi grande para aceitar tanto negócio ruim.
    Hoje temos aí uma equação insolucionável: contrato de 30 anos , cheio de vetos (o Nautico é simplesmente proibido de jogar nem q seja um jogo por ano nos Aflitos. E não pode sequer ver os termos do contrato da Arena com Spórt e Santa , onde certamente o clube teve perda comparativa) . Péssimo negócio .
    Mas o que mais surpreende é que o homem que queria ser presidente e lamentavelmente morreu , aceitou estes termos absurdos , onde o governo , com dinheiro do povo , cobre os prejuízos do consórcio.
    Isso é negócio de FDP . Se entendi bem é assim : o governo levantou o estádio e o repassou para o consórcio que não gastou nada , mas explora o espaço sem risco algum de prejuízo . Negócio de pai pra filho . É o famoso “Capitalismo Sem Risco” . E ainda dizem que comunismo é que é ruim . É ruim pra empresa , mas o capitalismo só é bom pra empresa também , já que repassam os prejuízos sempre para frente e pros bolsos dos outros.
    Nessa , 3 dançaram : Nautico , sua torcida e povo pernambucano. Valeu Eduardo Campos, grande negócio. Nem Dilma faria pior.

  10. VALE LEMBRAR O SEGUINTE …. os Meus os seus filhos e netos ainda vao ta pagando essa arena como forma de lembrar quao boa foi a copa do mundo no brasil q eles perderam !!!!!

  11. oq acho engraçado e q AGORA PARECE q acabou o clubismo !!! quando o nautico assinou ( mesmo desconfiando q poderia se dar mal ) TODOS ALVIRRUBROS SEM EXCEÇÃO se ORGULHARAM e tiraram onda PRINCIPALMENTE DO SANTA CRUZ pq o entao governador NEGOU TODAS AS PROPOSTAS para a arena coral q seria MENOS DA METADE DO VALOR da arena agora fica de mimimi… mimimi… infelizmente quem tem q pagar somos nos poderiamos ter 1 estadio q SIM ia AJUDAR NA MOBILIDADE ( ia dar 1 jeito no canal do arruda ) e o estado so tinha a GANHAR agora vamos PERDER NOSSO SUADO DINHEIRO POR 30 ANOS !!!!

  12. Sempre fui absolutamente CONTRA a construção desse verdadeiro ELEFANTE BRANCO! Sempre soube que a Arena Pernambuco traria grandes prejuízos para os cofres públicos. Antes não tivesse Copa do Mundo em Recife!!! O ideal seria reformar ou construir um novo estádio no lugar do Arruda, Aflitos ou da Ilha do Retiro. Mas é obvio que a rivalidade insana do futebol pernambucano jamais permitiria isso. E agora, o que acontece? Aflitos caindo aos pedaços. Santa e Sport com seus respectivos estádios, mesmo que ultrapassados. E o Náutico, time de torcida pequena, tendo que jogar no meio do mato, em um estádio de PÉSSIMO ACESSO! A torcida do Náutico já não ia para os Aflitos, imagina na Arena? O resultado é esse: Náutico lascado e a Arena tendo prejuízo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>