R$ 138 milhões pelos jogadores do Pernambucano

Valor de mercado dos campeonatos estaduais em 2013. Crédito: Pluri Consultoria

Mais um ano de bola rolando no país e centenas de negociações em curso…

Em 2013, sete mil atletas estarão espalhados nos 237 clubes inscritos na primeira divisão dos 20 principais campeonatos estaduais. Todos os elencos juntos valem cerca de R$ 3,8 bilhões, com um aumento de 2,4% em relação à temporada passada.

Ainda que o regulamento não ajude, o Campeonato Pernambucano deste ano ficou valorizado, levando em conta os direitos econômicos dos profissionais envolvidos.

Ao todo, os elencos dos doze clubes do estado agregam um valor de mercado de R$ 138,7 milhões, segundo o estudo produzido pela Pluri Consultoria. Vale isso tudo?

Os três grandes clubes passaram de 68% para 80% de representação no certame.

Isolado na elite nacional, o plantel do Náutico aparece neste início de ano como o maior de Pernambuco, alcançando 16,2 milhões de euros. No início de 2012 o grupo alvirrubro foi avaliado em 11,2 milhões, então com liderança leonina, em 14,7 milhões.

O fato é que só Neymar vale mais que o total local. Na pesquisa, o craque do Santos foi estimado em R$ 144 milhões. O Peixe é o elenco mais caro do país, com incríveis R$ 326 milhões, ou 125,2 milhões de euros, a moeda escolhida para padronizar os ranking.

Confira os dados da pesquisa realizada em 2012 clicando aqui.

10 thoughts on “R$ 138 milhões pelos jogadores do Pernambucano

  1. Parem de reclamar.. Cássio é um blogueiro sério.. vão pro site do blog do torcedor alvirrubros.. site mais tendencioso que aquele impossível.. e só puxa pro time de vcs.. o de menor torcida: o time do mascote furico

  2. Pois é… daí com a tabela do Nordestão, a coincidência pareceu mais estranha… ;-))))
    Mas tá blz Cássio, sei que não passa disso.
    Abraço. 

  3. Luiz,

    A tabela com os valores de cada clube do estado em 2013 ainda não foi divulgada pela Pluri. Se tivesse sido, estaria neste post, ilustrando o cenário local como no post de 2012. Se eventualmente a tabela for publicada pela consultoria – o que acredito -, será reproduzida aqui no blog.

    Como, aliás, aconteceu no post sobre o valor dos elencos da Copa do Nordeste 2013, a primeira competição com os dados de todos os participantes liberada pela empresa que fez o estudo: http://blogs.diariodepernambuco.com.br/esportes/?p=73958

  4. Prezado,
    lamento mas tenho que concordar com Ricardo, pois a matéria vinculada ao link (2012) não tem relação com a apresentada agora.
    A comparação entre as duas tabelas não é possível, pois emprega universos amostrais distintos.
    Quanto ao emprego do mesmo título na matéria, pode não ser verdade, mas o texto completamente distinto sugere que o título só foi usado para reforçar o vínculo inexistente com a matéria anterior.
    Na matéria atual, os dados dos pernambucanos (na realidade apenas do Náutico), está diluído no contexto nacional.
    Já para primeira matéria (2012) o foco é inverso e maximiza os dados locais.
    Como sei que estas coisas acontecem, o tema merecia um complementação, com uma análise menos superficial sobre o mercado da bola em PE (p.ex. tabela comparativa dos últimos anos com a evolução dos clubes). 
    Você pode lançar um indicador de eficiência do clube, considerando o investimento realizado e o impacto dos resultados (você publicou algo assim a algum tempo).
    E, por fim, atentar para adotar os mesmo parâmetros quando for realizar analise de dados…. senão fica parecendo que a tendência foi intencional.

  5. Ricardo,

    O Náutico é citado como o elenco mais caro do estado na postagem, inclusive com o valor de 2012. Quanto ao título do post, isso só cabe, francamente, ao blogueiro…

    No caso, como já aconteceu várias vezes aqui no blog, o contexto geral costuma ficar à frente. No caso, o Pernambucano como um todo.

    Não por acaso, foi esta a linha do post com o mesmo assunto, em 2012 (cujo link, inclusive, está no fim deste post). O Sport não ficou no título da matéria, mas sim o valor geral do torneio. 

  6. é tão difícil assim postar na matéria que o Náutico é o clube mais valioso do estado???
    naquela pesquisa sobre a receita pra 2013 vc não exitou em postar no título que o sport terá a maior receita, o destaque da matéria é o Náutico, seria bom deixar isso claro na manchete da matéria 

  7. Pingback: Nordestão retorna como o 8º torneio mais rico do país | Blog de Esportes

  8. Bruno Coelho,

    Enquanto você escrevia a informação entrou. Publiquei logo o post com o gráfico, mas ele ainda estava sendo ampliado (como já ocorreu em outras várias publicações aqui no blog). Não só valia ser citado como era uma informação essencial, ainda mais porque o Náutico não era o líder em 2012. Abraço!

  9. Detalhe é que o Náutico passou a ser o clube mais valioso do estado, valeria a pena citar no post.

    Abraço, Cassio. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>