Belo Jardim completa 2 anos mandando jogos fora do Mendonção. Com volta na última rodada, local deve servir na Série D

Campo do estádio Mendonção em 16/02/2018. Foto: Belo Jardim/instagram (@belojardim.fc)

No Pernambucano de 2018, dois times foram obrigados a mandar os seus jogos em outras cidades, devido à falta de laudos técnicos nos respectivos estádios. O Vitória, do Carneirão para a Arena PE, em São Lourenço, e o Belo Jardim, do Mendonção para o Joaquim de Brito, em Pesqueira. Ocorre que a mudança do Vitória foi definitiva na competição, enquanto o calango manteve os reparos – sobretudo no gramado – visando a disputa das últimas rodadas.

O Mendonção, localizado na Vila Olímpica do Sesc, foi inaugurado em 2007. É uma dos palcos mais novos do estado. Contudo, a falta d’água, atrelada à manutenção, sucateou o estádio, vetado há dois anos. São duas edições com  Belo Jardim atuando fora de sua cidade. Considerando o duelo contra o Sport no Lacerdão, em 21/02, são 12 jogos seguidos como andarilho: Antônio Inácio (5x), Joaquim de Brito (3x), Arruda (2x), Arena PE (1x) e Lacerdão (1x). Nos 11 jogos realizados, 3V, 2E e 6D – 33% de aproveitamento. A última partida oficial em seu reduto foi em 02/03/2016, na vitória por 1 x 0 sobre o Porto.

Vale lembrar que em 25 de outubro de 2017 o estádio recebeu a visita de agrônomos da Campanelli, empresa paulista contratada pela FPF para diagnosticar o campo. Após a vistoria, o local, apontado (justamente) como o mais crítico da competição de 2018, passou a ser tratado de forma integral, com o time do Belo Jardim treinando num campo sintético da cidade e no estádio de Brejo da Madre de Deus. Apesar do esforço para a liberação, com direito à visita de Daniel Paulista, auxiliar do Sport, e das chuvas recentes, na prática resta apenas um jogo pelo Estadual, em 7 de março, contra o Náutico. Ao menos, caso o cuidado com o gramado continue, o time poderá jogar a Série D, em sua estreia no Brasileiro, realmente em casa… A conferir.

Qual o peso de um andarilho na competição? Disparidade técnica, sem a força do mando, e queda no público (o calango tem a pior média, de 183 pessoas).

Imagens do Sesc-Mendonção em 16 de fevereiro de 2018. Tem condições?

Campo do estádio Mendonção em 16/02/2018. Foto: Belo Jardim/instagram (@belojardim.fc)

Campo do estádio Mendonção em 16/02/2018. Foto: Belo Jardim/instagram (@belojardim.fc)

Campo do estádio Mendonção em 16/02/2018. Foto: Belo Jardim/instagram (@belojardim.fc)

2 thoughts on “Belo Jardim completa 2 anos mandando jogos fora do Mendonção. Com volta na última rodada, local deve servir na Série D

  1. Muito ruim para o futebol pernambucano os times do interior não terem estádios em condições de jogos pelo estadual, só faz afasta mais o torcedor que hoje é cada vez mais escasso, e com isso menos dinheiro e menor qualidade técnica.

  2. Complemento do post

    Os jogos do Belo Jardim como mandante em 2017 e 2018

    2017
    Antônio Inácio (Caruaru) – Belo Jardim 3 x 0 Vitória
    Antônio Inácio (Caruaru) – Belo Jardim 1 x 0 Afogados
    Antônio Inácio (Caruaru) – Belo Jardim 1 x 0 Serra Talhada
    Antônio Inácio (Caruaru) – Belo Jardim 0 x 2 Salgueiro
    Arruda (Recife) – Belo Jardim 0 x 2 Náutico
    Antônio Inácio (Caruaru) – Belo Jardim 1 x 4 Central
    Arruda (Recife) – Belo Jardim 0 x 1 Sport
    Arena PE (São Lourenço) – Belo Jardim 0 x 4 Santa Cruz

    2018
    Joaquim de Brito (Pesqueira) – Belo Jardim 1 x 1 Flamengo
    Joaquim de Brito (Pesqueira) – Belo Jardim 0 x 1 Salgueiro
    Joaquim de Brito (Pesqueira) – Belo Jardim 2 x 2 Vitória
    Lacerdão (Caruaru) – Belo Jardim x Sport (a disputar)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>