Ano zero do futebol pernambucano – 5

Antigo Mercado do Derby

Por Carlos Celso Cordeiro*

Numa segunda tentativa de organizar o Campeonato Pernambucano, em agosto de 1913, foi fundada uma outra Liga, que também foi denominada Liga Pernambucana de Foot-ball. Esta Liga, organizou um campeonato com os seguintes clubes: Recife Club, Pernambuco Sport Club, Sport Club Olindense e Caxangá Foot-ball Club.

O returno deste campeonato chegou a ser iniciado, mas não foi concluído. O Olindense não compareceu ao jogo do 2º turno contra o Pernambuco e, pelo regulamento, perdeu por WO. Tudo leva a crer que a partir daí começaram os desentendimentos e o campeonato não continuou. Esta Liga de 1913 também não prosperou.

A atividade dos times do Náutico, do Sport, e dos clubes de ingleses, foi muito pequena em 1914. Localizamos um único jogo do Sport e nenhum do Náutico. Uma nota, publicada no “Jornal Pequeno” de 23/04/1914, dá a dimensão da pequena atividade futebolística de Náutico e Sport em 1914. Esta nota é, na realidade, a transcrição de uma carta enviada àquele Jornal.

“Ilmos srs redactores do Jornal Pequeno. Pedimos a publicação do seguinte: Chegando ao meu conhecimento que diversos rapazes do sympathico Club Náutico Capibaribe, organizarão um team para, no próximo domingo, bater-se com um team de inglezes ou o team do Telegrapho, venho por meio destas humildes linhas louvar o procedimento dos dignos moços pois, desde que o Sport Club do Recife não tenha um team como ficou provado pelo officio do qual vv.ss. deram noticia só existia um meio para termos um jogo de estímulo para os mesmos jogadores do Sport Club. E por este meio vamos ter no próximo domingo com a perda ou a victoria do team de brazileiros. Agradecendo desde já a publicação destas humildes linhas na secção de sports, subscrevemo-me attenciosamente – de vv. ss. amigo e agradecido – Um foot-baller.”

* Carlos Celso Cordeiro é escritor e pesquisador do futebol pernambucano.

Confira a história completa: parte 1, parte 2, parte 3, parte 4 e parte 6.

Time coral começa a sair do papel

Quadro do Santa Cruz pintado por Bajado, "um artista de Olinda"Considerando a provável hipótese de que o técnico do Santa Cruz, Márcio Bittencourt, irá escalar o time com jogadores do pacotão de 21 reforços (contabilizando Sandro e Parral), como seria o esboço da equipe para 2009?

Ainda não vi nenhum treino do Santa, e nem teria adiantado muito, pois os jogadores vêm fazendo mais trabalhos físicos. Para completar, 9 jogadores foram anunciados somente nesta segunda-feira.

Por isso, vou montar esse time de acordo com a relação “idade (experiência)/último clube (nível técnico)”. Na minha opinião, um time com a formação 4-4-2 (sendo 3 volantes) ficaria assim:

André Zuba; Parral, Sandro, Thiago Matias e Adílson; Bilica, Elder, Hudson e Leandro Gobatto; Roger e Marcelo Ramos

Caso o time jogue com dois meias tradicionais, sai Hudson e entra Juan Felipe.

Voce concorda? Opine!

Goleiros: André Zuba, 22 anos (Mirassol/SP) ; e Adriano, 25 (Santa Cruz/RN)
Zagueiros: Sandro, 35 (Vitória/BA); Thiago Matias, 26 (Santo André); Leandro Camilo, 22 (Diamantino/MT); e Daniel Horst, 27 (Alwak, do Catar)
Laterais-esquerdos: Adílson, 27 (Bahia); e Juca, 22 (Oeste/SP)
Lateral-direito: Parral, 27 (Ituiutaba/MG)
Volantes: Bilica, 29 (Ponte Preta); Hudson, 20 (Santos); Wagner, 32 (Juventus/SP); Elder, 32 (Juventus); e Anderson, 25 (Paulista/SP)
Meias: Juan Felipe, 21 (Mogi Mirim/SP); William, 24 (Gremio Inhumense/GO); e Leandro Gobatto, 26 (Brujas, da Costa Rica)
Atacantes: Roger, 29 (Al Arabi, dos Emirados Árabes); Márcio Barros, 27 (Jiang Su, da China); João Paulo, 20 (Fernandópolis/SP); e Marcelo Ramos, 35 (Bahia)

26,3 anos, a média de idade dos 21 contratados.

Saiba mais sobre o pintor, e tricolor, Bajado clicando AQUI.

Ano zero do futebol pernambucano – 4

A Princesa Isabel foi a primeira ponte de ferro do Recife

Por Carlos Celso Cordeiro*

Com o fracasso da tentativa de criação de uma liga pernambucana e de um estadual, em 1912, os clubes voltaram à disputa dos jogos amistosos. Ainda no ano de 1912 ocorreu um fato muito importante para a história do futebol de Pernambuco.

O “Minas Geraes Foot-ball Club”, do Recife, atravessou as fronteiras do Estado para disputar duas partidas de futebol na capital da Paraíba. Este clube, que estava entre os que disputaram o campeonato inacabado da Liga de 1912, foi o primeiro a disputar uma partida de futebol fora do nosso Estado. O primeiro destes jogos foi disputado no dia 13 de outubro de 1912. O adversário foi o América da Paraíba.

É interessante lembrar que, mesmo sem uma Liga que patrocinasse um campeonato, havia, desde 1909, uma tabela anual de jogos, organizada pelo British Club. Naquela época, a influência, dos ingleses que moravam em Recife, no nosso futebol, era enorme. A começar pela tabela anual de jogos do British Club. Um fato ocorrido em 1910 retrata bem esta influência dos ingleses. A tabela organizada pela direção do British Club marcava para o dia 13 de maio de 1910 um amistoso entre Náutico e Sport.

Ocorre que, no dia 6 daquele mês, morreu o monarca inglês Eduardo VII, filho primogênito da Rainha Vitória. A morte do Rei, em Londres, fez com que fosse adiado um jogo, em Recife. No ano de 1913, a exemplo do já ocorrera em 1912, as atividades futebolísticas do Sport, do Náutico e dos clubes de ingleses foram mínimas. Náutico e Sport realizaram uma única partida no dia 15 de junho. Jogos envolvendo os times de ingleses também foram raros. No “Jornal Pequeno” de 14 de abril de 1913 encontramos um registro que dá uma idéia de como as atividades futebolísticas destes clubes foram, realmente, escassas.

“O director do Sport Club Recife lastima a falta de comparecimento de jogadores no campo do Derby, hontem pela manhã, onde só estiveram a trenar trez jogadores; não é de se esperar que essa mocidade forte, vivaz, queira abandonar de vez o foot-ball, espécie de sport que tanto bem faz ao nosso systema nervoso. A manhã de hontem estava esplendida para jogar, e tanto é assim que os inglezes, esse povo que sabe comprehender melhor que nós o resultado ultra-benefico dos sports, especialmente pela manhã, andavam a passeiar pelos campos a jogar golf”.

* Carlos Celso Cordeiro é escritor e pesquisador do futebol pernambucano

Confira a história completa: parte 1, parte 2, parte 3, parte 5 e parte 6.

Camisa e time

Novo modelo do uniforme do Santa CruzAos poucos, o Tricolor está sendo reconstruído para 2009. Agora, só falta jogar e matar a saudade do Povão…

O Santa Cruz divulgou nesta segunda-feira o modelo escolhido pela torcida para ser o uniforme do time na próxima temporada. Com 65% de um total de 10 mil votos (pela internet, através do site oficial), venceu o modelo A.

Os nomes do novo fornecedor de material esportivo (eita novela8-O ) e dos patrocinadores do Santa para o próxima ano serão revelados em janeiro de 2009. O time deverá estrear a nova camisa no primeiro jogo no Arruda pelo Estadual, no dia 18, contra o Central.

Nesta segunda, a diretoria coral anunciou também mais 9 jogadores, entre eles, o atacante Marcelo Ramos, maior nome do grupo. O centroavante de 35 anos, que contabiliza 423 gols na carreira (iniciada no Bahia, em 1991), quer fazer 30 pelo Mais Querido. Vou mais longe: será que ele ficará no clube até chegar ao 50 gol?

21 atletas, o total de contratados até o momento pela gestão FBC. Segundo o diretor de futebol Luiz Capella, ainda falta mais um goleiro. Já o novo gramado do Arruda chega nesta noite… A pintura do estádio também foi apresentada, semelhante às escamas da cobra-coral. E assim caminha o Santa para um 2009 mais produtivo.

Tiro certeiro

Marcelo Ramos no Santa em 2007O atacante Marcelo Ramos chegou ao Santa Cruz no início de 2007, com 33 anos e muita bagagem no futebol. Mais um veterano em Pernambuco. Mas esse tiro foi certeiro. Experiente, o centroavante baiano brilhou no clube coral, mesmo em uma época difícil.

Sagrou-se artilheiro do Pernambucano, com 15 gols. Também disputou parte da Série B.

26 gols, o total de tentos marcados por Marcelo Ramos no Tricolor em 8 meses. Ele acabou sendo negociado ao Atlético-PR, em setembro, por R$ 300 mil, em uma ótima transação para o Mais Querido. Pelo menos financeiramente, pois tecnicamente o time não se recuperou mais. No Furacão, ele fez o gol de número 400 da carreira.

No Atlético-PR, o faro de gol continuou e Marcelo fez 14 gols no Estadual de 2008. Depois, uma queda de produção. E um acerto com o Bahia, em julho. Marcelo Ramos, por sinal, é o 6º maior artilheiro do Tricolor de Aço (121 gols).

Agora, cresce cada vez mais a chance de retornar ao Santa Cruz em 2009, onde viveu os seus melhores momentos nos últimos anos. Agora com 35 anos. No entanto, o veterano atacante seria um excelente reforço para o Santa. Provavelmente como o mesmo tiro certeiro de 2007.

Foto: Ricardo Fernandes/DP

Mago no Central?

O meia Rosembrick foi dispensado do Santa Cruz na última semana, quando saiu chutando o balde com declarações mal educadas. Mas em Caruaru é forte a especulação de que o “Mago da Bola” irá assinar um contrato curto com o Central para disputar o Pernambucano. A Patativa completará 90 anos em 2009, e, para celebrar a data, a diretoria vem armando uma equipe para, no mínimo, repetir as boas colocações das últimas duas edições do Estadual (vice em 2007 e 3° lugar neste ano).

Assim como em 2008, o Alvinegro também irá participar da Copa do Brasil. A equipe irá estrear em casa, contra o Ceará, no dia 4 de março. Na primeira participação, o time eliminou o Remo e depois caiu no Lacerdão, diante do Palmeiras. Abaixo, o vídeo com o golaço de Rosembrick no último Penambucano, na goleada do Santa sobre o Vera Cruz por 4 x 1. Vamos ver se o Mago toma jeito…

Curiosidade: o Central, que será comandado por Marcos Magalhães, vem treinando no centro de treinamento do rival Porto (Ninho do Gavião). Em troca, o Porto também mandará as suas partidas no estádio da Patativa. O objetivo é economizar no aluguel do estádio Antônio Inácio. Acho que os dois clubes saíram ganhando com o acordo.

Kuki, o diferenciado

KukiCompletando um ano de gestão, o presidente do Náutico, Maurício Cardoso, terá uma dura missão para compor o elenco timbu em 2009. Nada menos que 20 jogadores estão com os contratos acabando neste mês. Entre eles o ídolo Kuki.

Presente desde 2001 nos maiores momentos do clube, o atacante de 37 anos segue com futuro incerto em Rosa e Silva. No entanto, a forma como o seu futuro no clube será conduzida pelo mandatário já mostra o quanto Silvio Luiz Borba da Silva é importante para a história do Náutico.

“Kuki é um ídolo meu e vou resolver a situação com ele pessoalmente. Kuki precisa de um tratamento de ídolo, diferenciado”.

Apesar da declaração, o mandatário timbu não deixou claro como quer contar com Kuki na próxima temporada. O goleador, porém, já disse que quer continuar jogando…

Kuki já marcou 178 gols pelo Alvirrubro, sendo o 4° maior goleador do clube. Ele já atuou 363 vezes com a camisa vermelha e branca, sendo o 3° atleta que mais jogou pelo Timbu. Além de ter conquistado os títulos pernambucanos de 2001, 2002 e 2004.

Matemática complexa

MatemáticaNo começo da atual gestão, o presidente tricolor, Fernando Bezerra Coelho, afirmou que a folha do futebol do Santa Cruz seria de R$ 500 mil, com o objetivo de brigar de igual para igual com os dois rivais do Recife.

Estamos a menos de 1 mês para o início do Estadual (que para a Cobra Coral irá valer uma vaga na Série D), e 10 reforços já foram contratados: 1 goleiro, 1 zagueiro, 2 volantes, 3 meias e 3 atacantes. Nesse período, Rosembrick finalmente saiu, enquanto Sandro renovou. Além disso, o grupo conta alguns atletas recém-promovidos dos juniores.

Mas vamos às contas (com informações de bastidores):

R$ 100 mil
= Márcio Bittencourt + Luiz Capella + comissão técnica

R$ 50 mil = categorias de base

R$ 350 mil = elenco profissional

O comandante tricolor pretende contar com 28 jogadores no plantel (considerando ex-juniores e contratações renomadas). Ou seja: R$ 12.500 será a média salarial do grupo. Até o momento, nenhum reforço chegou com esse perfil financeiro (cogita-se que o volante Elder, de 32 anos, seja o único com um salário perto de R$ 10 mil).

Segundo os setoristas do Santa Cruz, reforços com um patamar financeiro mais elevado (e, conseqüentemente, com mais qualidade técnica) deverão chegar apenas em janeiro. É bom correr…

Enquete: Qual será a prioridade para o Náutico em 2009?

Passada a euforia pela permanência na elite por mais uma temporada, o que a torcida do Náutico espera agora do time para 2009? Vale lembrar que o Timbu deverá ganhar cerca de R$ 10 milhões pelos direitos de transmissão do próximo Brasileirão. Assim, deverá montar um grupo mais forte.

  • Ganhar o Pernambucano
  • Tentar conquistar a Copa do Brasil
  • Se manter na Série A
  • Entrar na briga por uma vaga na Copa Sul-Americana

Participe! 8-)

O(s) primeiro(s) reforço(s)

Jogador MisteriosoTudo bem, o experiente volante Sandro já foi chamado para renovar o contrato. Mas como já estava no clube, ele foi, na verdade, aprovado pelo técnico do Santa Cruz, Márcio Bittencourt.

Mas em relação aos jogadores que vêm sendo observados pelo treinador coral há algumas semanas, qual deverá ser o perfil do PRIMEIRO reforço do Tricolor para 2009?

Atacante, meia, zagueiro, lateral, goleiro… Alto ou baixo? Idade avançada ou cerca de 20 anos? Estava na Série A, na Série B ou em outra divisão?  Brasileiro ou estrangeiro?

Reforçando: a pergunta é sobre o perfil do primeiro contratado. Até mesmo porque a gestão coral já informou que irá contratar 20 novos atletas.

Dica: a folha será de R$ 500 mil. Ou seja, os jogadores deverão ter um mínimo de gabarito.

Atualização às 14h09: Deu nem tempo para “chutar” nomes, pois o Santa acabou de anunciar os nomes de 4 reforços. Veja:
1) Elder, volante de 32 anos (ex-Sport), e que estava no Juventus
2) Juan Felipe, meia de 20 anos, revelado pelo Santos, mas que estava no São Vicente/SP
2) Leandro Gobatto, meia de 26 anos, com passagem na Seleção sub-17 e que estava no Piacenza (ITA)
4) Adriano Santos, goleiro de 25 anos, revelado pelo Santos, mas que estava no Santa Cruz/RN

Opine! Veremos nos comentários o que os tricolores acharam dos primeiros reforços (que vêm para compor o elenco).

PS. Leia mais sobre o filme “Jogador Misterioso” (2004), clicando AQUI.