O raio x das torcidas de Sport, Santa e Náutico no Recife, por sexo, idade e renda

Mascotes de Sport, Náutico e Santa. Arte: Jarbas Domingos

A vigente revisão (para cima) na precificação de ingressos e mensalidades de sócios no futebol pernambucano, sobretudo no Sport, levantou o debate sobre o impacto das medidas em relação às respectivas torcidas. Seria um caminho necessário para o fortalecimento econômico do clube, cenário já visto no Corinthians e no Palmeiras? Seria um caminho excludente para a maioria da torcida? Ou seria apenas uma forma de afastar as torcidas organizadas?

As perguntas seguem em análise. Para reforçar o tema, o blog esmiuçou a última pesquisa de torcida realizada na capital pernambucana, pelo Plural Pesquisa. Em setembro de 2015 o instituto ouviu 800 pessoas no Recife, seguindo a divisão estatística da população, por sexo, faixa etária, grau de instrução e renda, com margem de erro de 3,46%. Indo além do tamanho absoluto de cada massa, número já publicado, o blog resolveu traçar um raio x de cada torcida, separadamente, numa projeção do estudo com o dado mais recente do IBGE, que aponta uma população de 1.617.183 habitantes.

Entre outras particularidades, o fato de o Leão, em maior número em todos os quesitos, ter mais torcedoras que torcedores. Em relação à renda, o tema original, 74% dos leoninos ganham no máximo dois salários mínimos. Logo, a imensa maioria é pobre. No Santa, reconhecido como “povão”, o mesmo índice é de 65%. Sobre a idade, a torcida timbu é, proporcionalmente, a mais velha, com 40% acima de 50 anos. Necessita de títulos para fomentar uma renovação.

Um verdadeiro perfil de rubro-negros, tricolores e alvirrubros…

Sport (39%) - 630.701 torcedores*
Sexo
304.677 (48%) – Homens
330.067 (52%) – Mulheres

Faixa etária
253.897 (40%) – 16-29 anos
241.202 (38%) – 30-49 anos
139.643 (22%) – Mais de 50 anos

Escolaridade
57.126 (9%) – Até o ensino fundamental I completo
247.550 (39%) – Ensino fundamental II incompleto a ensino médio incompleto
330.067 (52%) – Ensino médio completo a ensino superior completo

Renda familiar
253.897 (40%) – Até 1 salário mínimo
215.813 (34%) – De 1 a 2 salários min.
165.033 (26%) – Mais de 2 salários min.

Santa Cruz (28%) - 452.811 torcedores*
Sexo
232.308 (52%) – Homens
214.438 (48%) – Mulheres

Faixa etária
138.491 (31%) – 16-29 anos
174.231 (39%) – 30-49 anos
134.024 (30%) – Mais de 50 anos

Escolaridade
44.674 (10%) – Até o ensino fundamental I completo
187.633 (42%) - Ensino fundamental II incompleto a ensino médio incompleto
214.438 (48%) - Ensino médio completo a ensino superior completo

Renda familiar
147.426 (33%) – Até 1 salário mínimo
142.958 (32%) – De 1 a 2 salários min.
156.361 (35%) – Mais de 2 salários min.

Náutico (10%) - 161.718 torcedores*
Sexo
81.445 (51%) – Homens
78.251 (49%) – Mulheres

Faixa etária
39.924 (25%) – 16-29 anos
55.893 (35%) – 30-49 anos
63.878 (40%) – Mais de 50 anos

Escolaridade
9.581 (6%) – Até o ensino fundamental I completo
51.102 (32%) - Ensino fundamental II incompleto a ensino médio incompleto
99.012 (62%) - Ensino médio completo a ensino superior completo

Renda familiar
51.102 (32%) – Até 1 salário mínimo
52.699 (33%) – De 1 a 2 salários min.
55.893 (35%) – Mais de 2 salários min.

* A soma pode não chegar ou mesmo ultrapassar os 100% por causa com arredondamento, via Statistical Package for the Social Sciences (SPSS).

18 thoughts on “O raio x das torcidas de Sport, Santa e Náutico no Recife, por sexo, idade e renda

  1. Pra quem não entendeu, essa pesquisa é só no Recife. Por isso a quantidade de torcedores está tão reduzida.

  2. Pergunto a esse Adriano Oliveira, o NÁUTICO não conquistou nada além do INCONTESTÁVEL HEXA CAMPEÃO, mas e o teu timinho de b.. dos sarnentos, o que foi que conquistou?????
    Vai te catar louca!!!!
    NÁUTICO ACIMA DE TUDO E DE TODOS!!!!! (aqui na terra)

  3. Caro
    Cássio
    Em gramática a ordem das formas e fatores muda sim a forma da interpretação de quem lê.
    Isso não é matemática,matéria exata.
    Independente de sua pesquisa ser de maior pra menor ou seja lá como vc aprendeu, a ordem alfabética é uma regra.
    Mas tudo bem se vc que continuar assim.
    Só quero te ajudar.
    Abraço

  4. Significa dizer, que: 74% dos torcedores do Sport, são pobres; 65% dos torcedores do Santa Cruz, são pobres; 65% dos torcedores do Náutico, são pobres. Em contrapartida, Santa Cruz e Náutico, possuem 35% dos seus torcedores na faixa superior a 2 salários mínimos, enquanto o Sport, apenas 26%. Então a verdadeira ralé de Recife, é a torcida do Sport, não a do Santa Cruz. Por outro lado, a torcida do Santa, está no mesmo patamar da torcida alvirrubra, no que se refere aos ricos. Caíram do cavalo! Ficam com essa conversinha de sarnentos, não obstante, somos a torcida mais elitizada junto com a do Náutico. O que não quer dizer nada, ser mais elitizada, não significa que é uma torcida elitizada. As três torcidas, se concentram na ralé. 74, 65 e 65 por cento. Então, parem com essa história de “meu time é time do povo, ou, meu time, é time da elite.” Isso não existe, em se tratado de Pernambuco.

  5. Caro Jairo, você quis dizer que o fato da maioria da torcida do SPORT ser burra e pobre é devido ao fato de ser composta, em sua maioria, por mulheres? Amigo, estamos no século XXI. Quero realmente crer que você não acredita que mulheres são mais burras que homens. Não é de indivíduos como você que o mundo precisa. Burrice é isso o que você demonstrou. Mesmo se eu estiver interpretando seu texto de forma errada, sua análise é míope. Grau de escolaridade não indica burrice, mas se formos analisar, a soma da porcentagem de tricolores com até ensino médio incompleto é de 52%. Mesmo número de torcedores do Sport com níveis médio e superior completos. Vá aprender a ler estatística OU largue mão de ser machista. Escolha!

  6. Todos com a nota faz parte de torcida. Quanto ao iniciar a reportagem na ordem Sport, Santa e Náutico já diz tudo. Da mesma forma que nosso amigo notou, também notei de imediato. Por isso essa semana pesquisas não tem valor algum, apenas de mais um querer mostrar grandesa em números de torcedores que não existem a um clube.

  7. Segundo a pesquisa, a torcida do sport tem mais mulheres que homens torcendo, é uma torcida mais burra e mais pobre que as demais.

  8. A única coisa que o tricolor sabe dizer não passa de uma mentira: que tem a maior torcida. Eles mesmos sabem disso, mas convenhamos, se não falarem isso, falarão o quê?

    A do Náutico segue sendo o hexacampeonato estadual, embora seja o time com menos títulos desse que é o campeonato menos importante entre todos os outros: Nordestão, Copa do Brasil, Brasileiro…

    Prefiro que continuem assim, pois precisamos manter nossa rivalidade.. Em Pernambuco não pode ter vez pra times do eixo do mal.. Se não tiverem do que se orgulhar, vão torcer o Framengo, Curtinhia e outros times lamacentos..

    Salve Pernambuco!

  9. Caro amigo
    Vc não é jornalista.
    Todo jornalista saber que a ordem alfabética é uma regra formal e obrigatória.
    Portanto siga o exemplo dos maiores jornais do mundo.
    Ex: Náutico, Santa Cruz, e sport.
    Um verdadeiro jornalista não erra tão grotesco assim.
    Só quero lhe ajudar.
    Abraço
    Eduardo Siqueira

    Nota do blog

    Não sei se você já tinha lido o blog antes, mas isso costuma acontecer em análises não numéricas. Porém, em pesquisas, sigo o número de torcedores de cada clube (basta ver na tag “pesquisa”, no fim do post). E, francamente, achar que isso define um jornalista… Menos, cara.

    Na próxima, procure comentar sobre a informação do post (concordando ou não). Só quero lhe ajudar. Abraço.

  10. Até agora não vi uma pesquisa sequer apontar a torcida coral na frente da torcida do Sport.
    A disparidade sempre é grande em todos os sentidos!
    Lotar estádio na série D e com o TODOS COM A NOTA é fácil!

  11. Pesquisa bastante elucidadora. Baseada em estatística. Em ciência. O empirismo do nobre torcedor tricolor abaixo para justificar o injustificável é de doer. Até mesmo o mito de que a santa cruz é o time do povo vai por terra. Enfim, discutir sem base é perda de tempo. Os números não mentem. Saudações do Pai de vocês!

  12. Tenho 39 anos de idade e nunca fui pesquisado ou intrevistado por nenhum meio de comunicação! Sabemos que a torcida do popoti cresceu devido aos títulos conquistados , é natural! O Santa Cruz tem uma torcida enorme mas com poucos recursos financeiros, e a da Barby sem torcida por não conquistar nada. Resumindo: Quem recebe mais receita? O popoti. Quem tinha “diretores” que roubavam o clube? O Santa Cruz ( trinta anos sendo roubado), dinheiro entrava, mas, nos bolsos dos dirigentes. A Barby por ser uma torcida elitizada e de empresários ricos não quebrou ainda. Torcedores que não vai a campo, que não tem um chaveiro do seu clube, não gasta um real com seu time de coração, pra mim não é torcedor! Vou encerrar pra não fazer um livro… Boa noite! Santa Cruz Futebol Clube!!!

  13. O DIGA BOBAGENS !! EU ACOMPANHO FUTEBOL DESDE O FINAL DA DÉCADA DE 50 E MOREI NO INTERIOR DE PERNAMBUCO (AGRESTE) ATÉ MEADOS DA DÉCADA DE 70 E POSSO GARANTIR QUE A TORCIDA DO SPORT SEMPRE FOI MAIOR, SEJA EM CARUARU, GARANHUNS, LIMOEIRO, SURUBIM, CARPINA, NAZARÉ, TIMBAÚBA, ETC . NOS DIAS ATUAIS, O SPORT AMPLIOU ESSA DIFERENÇA A SEU FAVOR !! E DIGO MAIS A TORCIDA DO SPORT É MAIOR QUE A DO SANTA CRUZ E DO NÁUTICO SOMADAS!!

  14. Sarninha: nada pode ser MENOR!!! KkkkKKKKkkkKKKKkkkkKKKKkkkKKKKkkkkkKKKKKkkk

  15. QUANDO FIZEREM UMA PESQUISA EM TODO ESTADO, EU FALEI TODO PERNAMBUCO VERÃO QUEM TEM A MAIOR TORCIDA…. CLARO O MAIS QUERIDO SANTA CRUZ O TIME DO POVO…. DO POVO…. POVO…..

  16. Pernambuco tem 9,278 milhões desde 1 de jul de 2014 que aumentou, e só 1,7 mi torcem pra times. Sei não em SEM CLUBISMO

    Nota do blog

    Victor, essa pesquisa foi apenas no Recife… sequer na região metropolitana. O alcance é bem específico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>