Libertadores com final única a partir de 2019. Pelo regulamento atual, existem 60 estádios candidatos na América do Sul

A Taça Libertadores da America. Foto: conmebol.com

A partir de 2019, a Taça Libertadores da América será decidida em apenas uma partida, num estádio previamente definido, emulando o formato em vigor na Liga dos Campeões desde 1956. A decisão da Conmebol retoma discussão acerca da execução, devido à distância (e infraestrutura) entre os dez países membros – todos votam a favor, diga-se. Além disso, jogo em ‘campo neutro’ não é exatamente uma novidade. De 1960 até 1987, o saldo não era critério. Assim, em caso de igualdade era disputado uma extra num país neutro. Nem sempre com bons públicos. Em 1987, o Estádio Nacional de Santiago recebeu 25 mil pessoas (1/3 da capacidade na época) para o duelo entre Peñarol e América de Cali, com título uruguaio no fim da prorrogação. Para tentar ‘compensar’ a perda financeira, já que a técnica é impossível, a confederação dará mais US$ 2 milhões (R$ 6,3 mi) a cada finalista.

Eis a justificativa da mudança, segundo a cartologem:
“A decisão do conselho da Conmebol ocorre após uma análise rigorosa de diversos estudos técnicos produzidos por especialistas, com o objetivo de potencializar os torneios da Conmebol. Entre as variáveis analisadas, se destacam a justiça desportiva, a qualidade da competição, a emoção do espetáculo, a organização e segurança do evento, a percepção dos torcedores, os ingressos aos clubes finalistas, o estado de infraestrutura desportiva do continente, o posicionamento mundial do futebol sul-americano e a comercialização dos direitos audiovisuais da Libertadores”

Entre os motivos alegados, a última linha parece conter o real, deixando de lado uma tradição de quase 60 anos, com os confrontos em ida e volta. Considerando o regulamento vigente (abaixo), a final exige uma capacidade mínima de 40 mil pessoas. Como curiosidade, o blog listou 24 estádios possíveis no Brasil (Arruda e Arena PE presentes) e 36 canchas possíveis nos demais filiados. Ou seja, 60 candidatos dentro deste recorte, desconsiderando a possível grande jogada, a realização da final em outros continentes, em países como Estados Unidos, México, Japão… Política à parte, a Conmebol ainda irá definir os mecanismos técnicos sobre a cidade-sede. A conferir.

O regulamento da Libertadores 2018 sobre a capacidade de público dos estádios. Crédito: Conmebol/reprodução

Saiba mais detalhes sobre a mudança na Taça Libertadores clicando aqui.

Considerando as novas arenas, inauguradas desde 2013, e estádios remodelados ou antigos (com capacidade reduzida por segurança), até 15 estados brasileiros poderiam receber, em tese, a final da competição. Pela ordem: São Paulo (5), Rio de Janeiro (2), Minas Gerais (2), Rio Grande do Sul (2), Pernambuco (2), Paraná (2), Brasília (1), Ceará (1), Bahia (1), Pará (1), Piauí (1), Amazonas (1), Mato Grosso (1), Goiás (1) e Maranhão (1).

Os maiores estádios do Brasil. Quadro: Cassio Zirpoli/DP

Brasil à parte, na América do Sul destaca-se a Argentina, com 13 estádios aptos à finalíssima da Libertadores. Na sequência, Colômbia (5), Venezuela (5), Peru (4), Equador (3), Uruguai (2), Chile (2), Bolívia (1) e Paraguai (1).

Os maiores estádios da América do Sul, à parte do Brasil. Quadro: Cassio Zirpoli/DP

One thought on “Libertadores com final única a partir de 2019. Pelo regulamento atual, existem 60 estádios candidatos na América do Sul

  1. Segundo o Silvester Stallone da imprensa da Veneza Leonina – o SILVERINHO -, flagrou, após a pelada entre LE UNIQUE DE 87 e o cadaverico QUARTOLA, o Ferrete cearense, TODOS OS CANELUDOS e TODA A IMPRENSA DE PADIM CICO QUE VEIO PRA CAPITAL DO NORDESTE, numa FESTANCA PAI DEGUA, comemorando a INACREDITAVEL vitoria cearense, TODOS REUNIDOS NA FEIRINHA DE BOA VIAGEM, com mesas repletas de RAPADURA&FAROFA – com 69 quartinhas de agua do acude Oros. Variaram a madruga. QUASE PERDERAM O AVIAO. Puuuuts! PELO MAIOR DO NORDESTE, apesar dos pesares, TUDO!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>