Esporte Interativo alega contrato assinado com o Santa, que acertou com a Globo

Esporte Interativo x Globo, a disputa pelos direitos de transmissão do Santa Cruz no Brasileiro de 2019 a 2014. Arte: Cassio Zirpoli/DP

O presidente do Santa Cruz, Alírio Moraes, anunciou o acerto com a Rede Globo, sobre os direitos de transmissão do clube no Brasileiro de 2019 a 2024, em 16 de abril, em entrevista ao Diario de Pernambuco. Dois dias depois, o Esporte Interativo, que disputa o mercado com a emissora, enviou ao jornal, que publicara a reportagem, a seguinte nota sobre o assunto:

“Esporte Interativo confirma que tem contrato assinado com o Santa Cruz pelos direitos de TV Paga, a partir de 2019, inclusive já com o pagamento de luvas ao clube”.

Para entender o impasse é preciso dizer que o dirigente coral se referiu às cinco plataformas (tvs aberta e fechada, ppv, internet e internacional). Questionado sobre o tal contrato com o EI, Alírio, que é advogado de carreira, confirmou um “pré-contrato”, mas disse que já notificou a empresa sobre o distrato. Não comentou os valores das luvas, mas diz que irá devolver integralmente.

“Embora assinado um pré-contrato com pagamento de luvas em janeiro, discordamos do critério de valores estabelecido posteriormente quanto às luvas pagas aos demais clubes. Entendemos que o Santa foi prejudicado e, por isso mesmo, estamos buscando o distrato com a devolução dos valores pagos.”

Vale destacar que o canal controlado pelo grupo Turner também não revelou as cifras, nem das luvas nem de uma eventual rescisão. Por sinal, o Santa, mesmo sem representantes, será anunciado pelo Esporte Interativo como um dos clubes firmados, em um evento em São Paulo no dia 19. Contando o Tricolor, o canal já teria 15 times acertados: Santos, Internacional, Atlético-PR, Coritiba, Bahia, Ceará, Joinville, Sampaio Corrêa, Paysandu, Ponte Preta, Criciúma, Fortaleza, Figueirense e Paraná. A estratégia é ter ao menos oito times na Série A a partir de 2019, o que garantiria uma grade mínima de partidas – por isso, vem assinando com potenciais candidatos a uma participação na elite.

Distrato com o Esporte Interativo? Reviravolta? Multa? Acordo amigável?

4 thoughts on “Esporte Interativo alega contrato assinado com o Santa, que acertou com a Globo

  1. Acho que os valores oferecidos pelo EI ao santa cruz , não condizem com a atual realidade do futebol brasileiro. Traçando um paralelo, tudo bem que o Bahia tem mais tradição, mas no atual cenário, é time de série B, ou seja, não se justifica seus valores serem superior ao que foi oferecido ao Santa cruz que é time de série A. Se no futuro a situação se inverter, aí sim, deveria constar em contrato a renegociação de valores. Não sei o que a globo ofereceu ao santa, mas que o EI agiu igualzinho ao Canal dos Marinhos, disso tenho certeza. Porém, em termos de visibilidade, assinando com a globo, o Santa certamente sairá perdendo, assim como Náutico e Sport.

  2. O Presidente ALIRIO tá certo. O E.I. depois tá pagando ao Bahia dez vezes mais o que pagaria ao Santa. Porque? O Santa tá na série A, o Bahia tá na B. O presidente só mantém se pagar o mesmo valor do Bahia. Certíssimo.

  3. A diretoria precisa ser mais transparente quanto a esses contratos. Vejamos, há alguns meses a diretoria afirmou que o contrato com esporte interativo era mais vantajoso pelo fato de os valores não variarem em caso de queda para a série B. Já no caso da globo, em caso de série B, o valor cairia demais. Agora a diretoria diz que não vai aceitar o esporte interativo por causa dos valores da luvas. Mas e se assinar com a globo e cair para série B para ganhar 5 milhões vale a pena? Portanto a torcida precisa saber o porquê de assinar com uma ou outra TV.
    Se vocês do Blog conseguisem essa informação a torcida agradeceria muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>