1987: transitado em julgado (de novo)

A disputa judicial sobre título de campeão brasileiro de 1987 acabou precisamente às 10h41 do dia 16 de abril de 1999, quando o processo de nº 00.0004055 foi baixado no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, sendo transitado em julgado. Ali, após onze anos nos tribunais, o rubro-negro era confirmado como único vencedor daquela conturbada edição.

Como se sabe, o então presidente da CBF, Ricardo Teixeira, decidiu em 2011, de forma administrativa, à parte da coisa julgada, declarar dois campeões de 87, Sport e Flamengo. E lá foi o time pernambucano ter que lutar mais uma vez pelos seus direitos, provocando novamente a justiça. Passados sete anos, com o caso indo da 10ª Vara da Justiça Federal até o Supremo Tribunal Federal, a esfera máxima, mais um caso termina transitado em julgado a favor do leão, com a baixa dos autos no STF em 16 de março de 2018, um dia após o prazo recursal do clube carioca sobre o recurso extraordinário 881.864.

Na justiça brasileira, não há mais o que discutir acerca do título do Sport.

Certidão do trânsito em julgado do caso do Brasileiro de 1987 no STF