O gol de placa no Maracanã que gerou todos os gols de placa nos demais estádios. A partir de Pelé, naturalmente

O "gol de placa" de Pelé. Crédito: Pelé/twiiter (via Agência O Globo)

Em 5 de março de 1961, por volta dos 40 minutos do primeiro tempo, Pelé recebeu um passe na intermediária. Naquela tarde, o Santos visitava o Fluminense, no Maracanã, pelo Torneio Rio-São Paulo. E Pelé já era ‘Pelé’. Com a bola dominada, o rei arrancou com objetividade e passou por Pinheiro, Clóvis e Altair. Chegando à meta adversária, tocou com categoria no canto direito do goleiro Castilho. Nascia ali a expressão “gol de placa”, sinônimo de golaço. Neste caso, por realmente ter virado uma placa no estádio Mário Filho, em homenagem ao lance, que ajudou na vitória do peixe por 3 x 1. A partir dali, a ideia se expandiu a todos os estádios do país.

Torcedor, qual gol merecia uma placa no Arruda, na Ilha do Retiro e nos Aflitos? Pode ser do dono do estádio ou mesmo do visitante…

No Arruda, o tricolor Betinho ganhou uma placa em 25/10/1978.

Obs. Infelizmente, não há vídeos sobre o primeiro gol de placa. Abaixo, os registros fotográficos relembrando o lance. Quando ao gol, Pelé disse o seguinte: ”o único vídeo que existe está na minha memória!”

O "gol de placa" de Pelé. Crédito: Pelé/twiiter (via Agência O Globo)

O "gol de placa" de Pelé. Crédito: Pelé/twiiter (via Agência O Globo)

O "gol de placa" de Pelé. Crédito: Pelé/twiiter (via Agência O Globo)

Com 10 rodadas, Estadual 2018 soma 77 mil torcedores e R$ 1,1 milhão de renda

Após a realização da 10ª rodada do Pernambucano de 2018, a média de público voltou a cair. Também pudera, foram apenas 8.011 espectadores contabilizados nos jogos – incluindo os dois adiados da 8ª rodada. Assim, com 50 partidas disputadas desde janeiro, o índice do futebol local está em 1,5 mil – hoje, seria o pior desde que a federação passou a contabilizar essa estatística, em 1990. Seis clubes já disputaram os cinco jogos na condição de mandante, com o Santa tendo melhor desempenho, ainda assim pra lá de modesto. E isso nem é proporcional de renda, pois o tricolor lidera o ranking de público e é apenas o 4º entre as bilheterias na competição. Ainda sobre grana, vale lembrar que a FPF tem direito a 8% da renda bruta de qualquer jogo. Logo, já abocanhou R$ 92.798, superior à renda de 6 dos 11 clubes.

Abaixo, os rankings de público e renda, com ordem através das médias

Os rankings de público e renda do Pernambucano 2018 após 10 rodadas. Quadro: Cassio Zirpoli/DP

Os 10 maiores públicos
6.015 – Santa Cruz 0 x 0 Náutico (Arruda, 17/02 – 7ª rodada)
4.292 – Santa Cruz 1 x 1 Vitória (Arruda, 18/01 – 1ª rodada)
4.090 – Santa Cruz 0 x 0 Pesqueira (Arruda, 25/02 – 9ª rodada)
4.035 – Santa Cruz 1 x 1 Central (Arruda, 25/01 – 3ª rodada)
3.724 – Sport 2 x 0 Pesqueira (Ilha do Retiro, 29/01 – 4ª rodada)
3.685 – Náutico 3 x 0 Sport (Arena PE, 24/01 – 3ª rodada)
3.601 – Central 1 x 1 Sport (Lacerdão, 03/02 – 5ª rodada)
3.563 – Santa Cruz 3 x 2 Belo Jardim (Arruda, 04/03 – 10ª rodada)
3.389 – Sport 2 x 0 Afogados (Ilha do Retiro, 20/01 – 2ª rodada)
3.000 – Flamengo 0 x 0 Sport (Áureo Bradley, 17/01 – 1ª rodada)

Balanço geral – 50 partidas
Público total: 77.219 
Média: 1.544 pessoas
Arrecadação total: R$ 1.159.982 
Média: R$ 23.199 

Eis os borderôs da décima rodada do campeonato estadual de 2018…

Santa Cruz 3 x 2 Belo Jardim; 3.563 torcedores e R$ 20.580

Pernambucano 2018, 10ª rodada: Santa Cruz 3 x 2 Belo Jardim. Crédito: Premiere/reprodução

Salgueiro 1 x 1 Sport; 1.491 torcedores e R$ 11.225

Pernambucano 2018, 10ª rodada: Salgueiro 1 x 1 Sport. Foto: Carcará Net/twitter (@carcaranet)

Afogados 4 x 2 Vitória; 853 torcedores e R$ 9.140

Pernambucano 2018, 10ª rodada: Afogados 4 x 2 Vitória. Foto: Márcio Souza/Futebol no Domingo (via @FutebolDeRaizes)

Flamengo 1 x 1 América; 593 torcedores e R$ 7.460

Pernambucano 2018, 10ª rodada: Flamengo 1 x 1 América. Foto: Gilson Martins/Esporte News (esportenewsdr.blogspot.com.br)

Pesqueira 1 x 2 Central; 587 torcedores e R$ 7.740

Pernambucano 2018, 10ª rodada: Pesqueira 1 x 2 Central. Foto: Central/instagram (@centraldecaruaru)

Flamengo 1 x 1 Santa Cruz (adiado da 8ª rodada); 566 torcedores e R$ 11.190

Pernambucano 2018, 8ª rodada: Flamengo 1 x 1 Santa Cruz. Crédito: Globo Nordeste/reprodução

Pesqueira 0 x 1 Salgueiro (adiado da 8ª rodada); 358 torcedores e R$ 4.665

Pernambucano 2018, 8ª rodada: Pesqueira 0 x 1 Salgueiro. Crédito: Globo Nordeste/reprodução