Classificação da Série B 2017 – 16ª rodada

A classificação da 16ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesportes

Dois empates e pouco a comemorar entre os pernambucanos. Na sexta-feira, o Santa cedeu o empate ao Boa Esporte, na Arena Pernambuco, e perdeu uma ótima chance para se aproximar do G4. Até subiu do 9º para o 8º lugar, mas a diferença ao grupo de acesso cresceu. De 2 para 3 pontos.

Na tarde do sábado, no interior paranaense, o Náutico ficou num empate sem gols com o Londrina. Nos últimos cinco jogos, apenas uma derrota alvirrubra. No entanto, como foram três empates, a lanterna da Segundona segue bem pesada. O 16º colocado, o primeiro time fora do Z4, está a 12 pontos…

Resultados da 16ª rodada
América 4 x 2 Figueirense
Santa Cruz 1 x 1 Boa
Luverdense 1 x 1 Paraná
Ceará 0 x 1 Goiás
Criciúma 2 x 1 ABC
Vila Nova 2 x 1 Inter
Londrina 0 x 0 Náutico
Oeste 3 x 0 Juventude
Brasil 2 x 1 Paysandu
CRB 1 x 1 Guarani 

Balanço da 16ª rodada
5V dos mandantes (16 GP), 4E e 1V dos visitantes (9 GP)

Agenda da 17ª rodada
25/07 (19h15) – ABC x Brasil (Frasqueirão)
25/07 (21h30) – Internacional x Oeste (Beira-Rio)
28/07 (19h15) – Juventude x América (Alfredo Jaconi)
28/07 (21h30) – Paysandu x Ceará (Mangueirão)
29/07 (16h30) – Figueirense x Vila Nova (Orlando Scarpelli)
29/07 (16h30) – Goiás x CRB (Serra Dourada)
29/07 (16h30) – Guarani x Londrina (Brinco de Ouro)
29/07 (16h30) – Paraná x Santa Cruz (Durival Britto)
29/07 (19h00) – Náutico x Criciúma (Arena Pernambuco)
29/07 (19h00) – Boa x Luverdense (Dilzon Melo)

Classificação da Série B 2017 – 15ª rodada

A classificação da 15ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesportes

Terça-feira cheia no Campeonato Brasileiro, com sentimentos distintos nos dois representantes pernambucanos. Abrindo a rodada, o Náutico perdeu no Mangueirão, numa partida de pouquíssimo ímpeto ofensivo do lanterna da Série B. Ao menos, se é que podemos dizer assim, manteve a diferença de 10 pontos em relação ao 16º colocado. Na sequência, na Arena Pernambuco, o Santa superou o Vila Nova num jogo complicado, com boas chaces desperdiçadas na segunda etapa. Com isso, pela segunda rodada seguida, o tricolor reduziu a diferença ao G4, desta vez de 4 para 2 pontos.

Na briga pela ponta da segundona, Guarani e Juventude empataram em seus respectivos estádios. Melhor para outro alviverde, o América, que ganhou em Natal e proporcionou um triplo empate, todos com 27 pontos. É a menor marca de um líder (empatada com 2006) após 15 rodadas.

Resultados da 15ª rodada
Figueirense 0 x 0 Oeste
Juventude 1 x 1 CRB
Paraná 4 x 1 Brasil
Paysandu 1 x 0 Náutico
Guarani 2 x 2 Ceará
ABC 0 x 1 América
Santa Cruz 1 x 0 Vila Nova
Goiás 0 x 1 Londrina
Internacional 1 x 0 Luverdense
Boa 2 x 0 Criciúma 

Balanço da 15ª rodada
5V dos mandantes (12 GP), 3E e 2V dos visitantes (6 GP)

Agenda da 16ª rodada
21/07 (19h15) – América x Figueirense (Independência)
21/07 (20h30) – Luverndese x Paraná (Passo das Emas)
21/07 (20h30) – Santa Cruz x Boa (Arena Pernambuco)
21/07 (21h30) – Ceará x Goiás (Castelão)
22/07 (16h30) – Vila Nova x Internacional (Serra Dourada)
22/07 (16h30) – Londrina x Náutico (Estádio do Café)
22/07 (16h30) – Criciúma x ABC (Heriberto Hulse)
22/07 (19h00) – CRB x Guarani (Rei Pelé)
22/07 (19h00) – Oeste x Juventude (Arena Barueri)
22/07 (19h00) – Brasil x Paysandu (Bento Freitas)

Com subgrupos, premiação da Copa do Nordeste de 2018 chega a R$ 22.400.000

A evolução das cotas de premiação da Copa do Nordeste. Arte: Cassio Zirpoli/DP

A Copa do Nordeste de 2018 irá distribuir uma premiação 20,9% maior em relação à edição anterior. O blog já havia informado a estimativa de até R$ 23 milhões. Ficou quase nisso, chegando a R$ 22,4 milhões, levando em conta apenas as cotas de participação. Somando as passagens, hospedagens e arbitragem, bancadas pela verba arrecadada pela liga, o montante chega a R$ 30 mi. Porém, o blog seguiu o critério utilizado desde a volta oficial do torneio, em 2013, com os gráficos comparando apenas as premiações.

A grande novidade para a próxima edição – à parte da surpreendente ausência do Sport, que se desfiliou – é a criação de subgrupos de cotas. No mínimo, uma consequência da celeuma. Durante o imbróglio causado pela saída de rubro-negros e alvirrubros da Liga do Nordeste, o blog chegou a comentar sobre a elaboração de um critério técnico para a formação de subgrupos na primeira fase, como já ocorre na Copa do Brasil. Dito e feito. Na reunião da Liga do Nordeste, em Salvador, os clubes decidiram criar quatro categorias, a partir do Ranking da CBF – cuja atualização é anual. A regra vale para os três primeiros subgrupos, compostos pelos 12 classificados à fase principal. Os quatro oriundos do Pré-Nordestão, independentemente o rankeamento, ficam no quarto subgrupo. E para quem deixar o torneio muito cedo, ainda na fase de Pré, foi designada uma cota mínima.

Com a desistência do leão, o Santa foi alçado da fase preliminar à fase de grupos, assegurando R$ 1 milhão. Já o Salgueiro, que não se envolveu na polêmica dos rivais da capital, garante R$ 775 mil, verba inferior apenas a de 2016, quando o clube sertanejo chegou às quartas (R$ 935 mil).

Abaixo, as premiações de cada fase da Lampions 2018. Os dados foram apurados pelo repórter Vitor Villar, do jornal baiano Correio*.

Pré Nordestão – R$ 250 mil (apenas para os 4 clubes eliminados) 

Fase de grupos
Subgrupo 1 – R$ 1 milhão (Bahia, Vitória, Ceará e Santa Cruz)
Subgrupo 2 – R$ 850 mil (ABC, Sampaio Corrêa, CRB e Botafogo-PB)
Subgrupo 3 – R$ 775 mil (Salgueiro, Confiança, Altos e Ferroviário)
Subgrupo 4 – R$ 750 mil (os 4 vencedores do Pré-Nordestão) 

Quartas de final – R$ 450 mil
Semifinal – R$ 550 mil
Vice – R$ 600 mil
Campeão – R$ 1,5 milhão

A evolução da cotas absoluta da Copa do Nordeste. Arte: Cassio Zirpoli/DP

Eis as cotas absolutas (somando as fases) para as campanhas no Nordestão:

2018*
Campeão – R$ 3,5 milhões
Vice – R$ 2,6 milhões
Semifinalista – R$ 2 milhões
Quartas de final – R$ 1,45 milhão
Fase de grupos – R$ 1 milhão
* Soma dos valores para o subgrupo 1

2017
Campeão – R$ 2,85 milhões (Bahia)
Vice – R$ 2,15 milhões (Sport)
Semifinalista – R$ 1,6 milhão (Santa Cruz e Vitória)
Quartas de final (1) – R$ 1,05 milhão (Campinense, Itabaiana e Sergipe)
Quartas de final (2) – R$ 780 mil (River)

Fase de grupos (PE, BA, CE, RN, AL, PB e SE) – R$ 600 mil
Fase de grupos (MA e PI) – R$ 330 mil
Total – R$ 18.520.000

2016
Campeão – R$ 2,385 milhões (Santa Cruz)
Vice – R$ 1,885 milhão (Campinense)
Semifinalista – R$ 1,385 milhão (Bahia e Sport)
Quartas de final – R$ 935 mil (Ceará, Salgueiro, CRB e Fortaleza)
Fase de grupos – R$ 505 mil*
Total: R$ 14.820.000
* Exceto para os clubes do Piauí e do Maranhão

2015
Campeão – R$ 2,74 milhões** (Ceará)
Vice – R$ 1,24 milhão (Bahia)
Semifinalista – R$ 890 mil (Vitória e Sport)
Quartas de final – R$ 615 mil (Fortaleza, América-RN, Salgueiro e Campinense)
Fase de grupos – R$ 365 mil*
Total: R$ 11.140.000
* Exceto para os clubes do Piauí e do Maranhão
** Com bônus de R$ 500 mil, pago pela CBF

2014
Campeão – R$ 1,9 milhão (Sport)
Vice – R$ 1,2 milhão (Ceará)
Semifinalista – R$ 850 mil (América-RN e Santa Cruz)
Quartas de final – R$ 600 mil (CSA, CRB, Vitória e Guarany-CE)
Fase de grupos – R$ 350 mil
Total: R$ 10.000.000

2013
Campeão – R$ 1,1 milhão (Campinense)
Participação – R$ 300 mil
Total: R$ 5.600.000

A evolução da cotas absoluta da Copa do Nordeste. Arte: Cassio Zirpoli/DP

Classificação da Série B 2017 – 13ª rodada

A classificação da 13ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesportes

Em uma “terça-feira cheia”, o G4 e o Z4 da Série B continuaram com os mesmos integrantes, numa rodada em que o Internacional foi o único visitante a ganhar. Entre os pernambucanos, dois empates. Na Arena, o alvirrubro cedeu a igualdade ao líder. Já no interior do Mato Grosso, o tricolor arrancou o empate aos 43 minutos do segundo tempo, numa penalidade. Enquanto o timbu se manteve na lanterna (e pela pontuação seguirá lá a médio prazo), a cobra coral perdeu duas colocações, encerrando em 9º lugar, a 5 pontos do grupo de acesso.

Resultados da 13ª rodada
Criciúma 1 x 1 Paysandu
Brasil 3 x 1 Oeste
Londrina 3 x 1 ABC
América 2 x 0 Boa
Vila Nova 3 x 2 Paraná
Guarani 1 x 0 Goiás
Ceará 0 x 2 Internacional
CRB 2 x 1 Figueirense
Luverdense 2 x 2 Santa Cruz
Náutico 1 x 1 Juventude 

Balanço da 13ª rodada
6V dos mandantes (18 GP), 3E e 1V dos visitantes (11 GP) 

Agenda da 14ª rodada
14/07 (19h15) – Brasil x Figueirense (Bento Freitas)
14/07 (20h30) – Oeste x Paraná (Arena Barueri)
14/07 (21h30) – Criciúma x Goiás (Heriberto Hulse)
15/07 (16h30) – América x Guarani (Independência)
15/07 (16h30) – CRB x Internacional (Rei Pelé)
15/07 (16h30) – Vila Nova x Paysandu (Juscelino Kubitschek)
15/07 (16h30) – Náutico x Santa Cruz (Arena Pernambuco)
15/07 (19h00) – Ceará x Juventude (Castelão)
15/07 (19h00) – Londrina x Boa (Estádio do Café)
15/07 (21h00) – Luverdense x ABC (Passo das Emas) 

Histórico do Clássico das Emoções na Série B
12 jogos
6 vitórias do Santa (última em 2014, 3 x 0)
3 empates (último em 2014, 0 x 0)
3 vitórias do Náutico (última em 2015, 3 x 1)

Classificação da Série B 2017 – 12ª rodada

A classificação da 12ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Após quatro rodadas sem vitória de clubes pernambucanos, uma rodada bem proveitosa na Série B, com seis pontos. Na terça, o Náutico venceu o ABC, em Natal, conquistando o primeiro triunfo nesta edição. Insuficiente para sair da lanterna, mas foi um alento, pois reduziu de 11 para o 8 pontos a diferença para o 16º, o primeiro time fora do Z4. Na sexta-feira, em São Lourenço da Mata, o Santa goleou o Brasil de Pelotas, ganhando cinco posições – do 12º para o 7º lugar. Reduziu de 5 para 3 pontos a distância ao G4.

Nesta rodada, destaque também para outro tropeço do Inter como mandante, seguindo fora do grupo de acesso, e para a vitória do Juventude no duelo de líder em Caxias do Sul. Com isso, o clube do interior gaúcho abriu três pontos na ponta. Na noite desta terça-feira, o Brasileiro volta a ter uma rodada cheia.

Resultados da 12ª rodada
Paysandu 1 x 2 Londrina
ABC 0 x 1 Náutico
Santa Cruz 3 x 0 Brasil
Goiás 3 x 1 Luverdense
Paraná 1 x 1 América
Figueirense 0 x 2 Ceará
Internacional 1 x 1 Criciúma
Juventude 2 x 0 Guarani
Oeste 2 x 2 Vila Nova
Boa 0 x 0 CRB 

Balanço da 12ª rodada
3V dos mandantes (13 GP), 4E e 3V dos visitantes (10 GP)

Agenda da 13ª rodada
11/07 (19h15) – Criciúma x Paysandu (Heriberto Hulse)
11/07 (19h15) – Brasil x Oeste (Bento Freitas)
11/07 (19h15) – Londrina x ABC (Estádio do Café)
11/07 (20h30) – América x Boa (Indenpendência)
11/07 (20h30) – Vila Nova x Paraná (Serra Dourada)
11/07 (20h30) – Guarani x Goiás (Brinco de Ouro)
11/07 (20h30) – Ceará x Internacional (Castelão)
11/07 (21h30) – CRB x Figueirense (Rei Pelé)
11/07 (21h30) – Luverdense x Santa Cruz (Passo das Emas)
11/07 (21h30) – Náutico x Juventude (Arena Pernambuco)

O racha entre os 16 fundadores da Liga do Nordeste, exposto via notas oficiais

O racha entre os fundadores da Luga do Nordeste. Arte: Cassio Zirpoli/DP

No dia seguinte à desfiliação de Sport e Náutico da Liga do Nordeste, 11 fundadores se manifestaram a favor da associação, mantendo o formato deliberado para a Copa do Nordeste de 2018, com fase preliminar, 16 clubes na fase principal e os recursos originais de participação. Anúncios feitos através das notas oficiais de Bahia, que divulgou o entendimento de outros nove times, e Vitória. Entretanto, três clubes não se manifestaram. Dois deles, Sergipe e Fortaleza, sequer se classificaram à próxima edição do regional, num indício de agendas livres, sujeitas a convites. Já o terceiro clube pode ser o personagem realmente decisivo neste imbróglio, na visão do blog.

Assegurado na pré, o Santa pode herdar a vaga na fase de grupos com a desistência leonina. Por outro lado, caso também saia da liga – e a decisão coral será tomada no Conselho Deliberativo – , o Nordestão perderia o mercado pernambucano, concentrado no Grande Recife, cenário das maiores audiências na tevê aberta. Em 2017, três jogos passaram de 1 milhão de telespectadores, as duas finais e a volta do Clássico das Multidões pela semi.

Obviamente, nenhum patrocinador (nem detentor dos direitos de TV) relevaria a saída dos clubes mais populares do estado. E o exemplo vem de uma das maiores fontes de captação. No sinal aberto, os jogos são sublicenciados pelo Esporte Interativo à Rede Globo. Sem o Recife, essa verba ficaria em xeque – e parece claro o duelo entre os dos canais, cujos clubes à frente já têm contratos assinados no Brasileiro 2019, Sport (Globo) e Bahia (EI). Até que saia a escolha coral, o quebra-cabeças está formado na Associação dos Clubes de Futebol do Nordeste (ACFN), fundada em 30 de outubro de 2000. Com 16 fundadores, a liga mais tradicional do país vive o seu maior racha…

Atualização em 05/07: o Fortaleza também emitiu nota de apoio à liga.

Fundadores favoráveis à continuidade da Copa do Nordeste*
ABC, Bahia, Botafogo-PB, Ceará, Confiança, CRB, CSA, Fluminense de Feira, Treze e Vitória, América-RN e Fortaleza (este, dois dias depois)
* Seguindo a decisão da assembleia geral, ocorrida em 24 de março

Fundadores que se desfiliaram da Liga do Nordeste
Náutico e Sport

Fundadores que ainda não se posicionaram
Sergipe e Santa Cruz

Os demais clubes da região com histórico na Lampions, como Campinense (campeão em 2013), Sampaio Corrêa e Salgueiro (vice estadual e classificado para 2018), são considerados “ouvintes” nas reuniões da liga. Neste embate, devem virar alvos dos subgrupos. Tendo que optar entre a consolidação do Nordestão e a promessa de mais receita a curto prazo em outro torneio.

Qual deveria ser a posição do seu clube? Opine.

Cota absoluta de participação no Nordestão
2013 – R$ 5,6 milhões
2014 – R$ 10,0 milhões (+78%)
2015 – R$ 11,1 milhões (+11%)
2016 – R$ 14,8 milhões (+33%)
2017 – R$ 18,5 milhões (+25%)
2018 – R$ 23,0 milhões* (+24%)
* Previsão

Podcast – Análise da vitória do Sport e das derrotas de Náutico e Santa Cruz

Jogos na sexta-feira, no sábado e no domingo envolvendo o Trio de Ferro na 11ª rodada das Séries A  e B. Começou com o alvirrubro perdendo outra, a 6ª seguida, a 9ª no geral. No sábado, em São Paulo, o tricolor chegou a quatro jogos de jejum, se distanciando do G4. Por último, o único resultado positivo do futebol local. Num duelo de rubro-negros, o pernambucano venceu com um gol de Diego Souza, numa penalidade bem polêmica. O 45 minutos analisou os três jogos em gravações exclusivas, nas questões técnica e tática, além de análises individuais. Ao todo, 101 minutos. Ouça!

30/06 – Náutico 0 x 1 CRB (35 min)

01/07 – Oeste 2 x 0 Santa Cruz (31 min)

02/07 – Sport 1 x 0 Atlético-PR (35 min)

Náutico perde pela 9ª vez em 11 rodadas e a permanência já vai contra a história

Série B 2017, 11ª rodada: Náutico x CRB. Foto: Nando Chiappetta/DP

Em uma semana na qual correntes políticas uniram-se e a torcida foi mobilizada através de promoções, a vitória sobre o CRB era a única forma de alimentar alguma esperança de recuperação na Série B. Triplicando a presença na arena, com 4.289 torcedores, o alvirrubro pernambucano lutou, sendo até melhor em  alguns momento. Marcou um gol com Erick, corretamente anulado por impedimento, e na reta final, em mais uma falha defensiva, Zé Carlos (aquele mesmo, que chegou e saiu do Santa em janeiro) se aproveitou da sobra, invadiu a área e tocou com categoria sobre Tiago Cardoso, 0 x 1. Mais uma derrota, a 9ª na competição, mantendo o timbu na lanterna, num buraco cada vez maior em termos de rebaixamento.

Com 28% dos jogos disputados, o clube pernambucano já está a dez pontos do penúltimo lugar. Simplesmente não pontua, chegando a seis derrotas seguidas. Hoje, já tem a pior largada da história da segundona, considerando o formato de pontos corridos, desde 2006. Igualou a campanha do Vila Nova, de 2014. Que caiu, diga-se. Entre os que escaparam, depois de ocupar a lanterna neste recorte, a pontuação mínima foi de 4 pontos. Aconteceu com o próprio Vila, em 2010, terminando com 46 pontos. Para o timbu alcançar esta pontuação, precisaria, a partir de agora, de um aproveitamento de 54%, num índice superior ao do América, 6º lugar após as dez primeiras rodadas. Ou seja, o Náutico precisaria de uma arrancada, hoje, distante… Improvável.

O lanterna da Série B após 11 rodadas (e a situação após a 38ª)
2006 – 9 pontos, Remo (12º, 46 pts)
2007 – 9 pontos, Paulista (17º, 45 pts)
2008 – 8 pontos, América-RN (15º, 46 pts)
2009 – 6 pontos, Campinense (19º, 37 pts)
2010 – 4 pontos, Vila Nova (16º, 46 pts)
2011 – 3 pontos, Duque de Caxias (20º, 17 pts)
2012 – 4 pontos, Ipatinga (19º, 31 pts)
2013 – 6 pontos, ABC (14º, 46 pts)
2014 – 2 pontos, Vila Nova (19º, 32 pts)
2015 – 6 pontos, Mogi Mirim (20º, 23 pts)
2016 – 6 pontos, Sampaio Corrêa (20º, 27 pts)
2017 – 2 pontos, Náutico

Série B 2017, 11ª rodada: Náutico x CRB. Foto: Nando Chiappetta/DP

Definidos os 12 clubes da fase de grupos e os 8 da preliminar do Nordestão de 2018

A divisão dos 20 classificados à Copa do Nordeste de 2017. Arte: Cassio Zirpoli/DP

Com bastante atraso, a Copa do Nordeste de 2018 vai ganhando forma. Só agora, no fim de junho, a divisão dos 20 clubes inscritos foi definida, após o desfecho do campeonato maranhense, o último da região a acabar. Um imbróglio jurídico fez com que a competição conseguisse superar em um dia o torneio pernambucano. O Sampaio ficou com o título e garantiu a vaga na fase de grupos do regional, mandando o Cordino à recém-criada fase preliminar.

Esse “Pré-Nordestão” foi a solução encontrada pela liga para enxugar a fase principal, que agora passa a ter 16 clubes, dos quais 12 já estão assegurados – os nove campeões estaduais e os vices de BA, CE e PE. Portanto, os oito restantes disputam quatro vagas. Neste buruçu encontra-se o Santa, devido à terceira colocação local. O sorteio dos mata-matas será em 3 de julho, na sede da confederação brasileira, no Rio. Pelo regulamento, o Ranking da CBF determina os potes do sorteio, nas fases preliminar e principal.

Na preliminar, o tricolor é o melhor rankeado, 43 posições acima do Treze, o segundo melhor. Assim, a cobra coral poderá enfrentar Parnahyba, Itabaiana (adversário nas quartas da edição de 2017), Flu de Feira de Santana ou Cordino, este sem pontos no ranking nacional. Os jogos devem acontecer no segundo semestre, com o sorteio da fase principal em outubro, em São Luís. Neste, só o pote 1 já está definido. Caso se classifique, o Santa ficaria no 2.

Veja a situação de cada clube na próxima Lampions League…

Fase preliminar (8 clubes, passando 4):

Pote 1
Santa Cruz (3º em PE) – 26º no Ranking da CBF

Treze (vice na PB) – 69º
Globo (vice no RN) – 77º
CSA (vice em AL) – 90º 

Pote 2
Panahyba (vice no PI) – 100º

Itabaiana (vice em SE) – 117º
Fluminense de Feria (3º na BA) – 131º
Cordino (vice no MA) – sem ranking

Fase de grupos (16 clubes, com 4 grupos de 4):

Pote 1
Sport (campeão em PE) – 17º

Vitória (campeão na BA) – 20º
Bahia (vice na BA) – 21º
Ceará (campeão no CE) – 23º 

Demais potes a definir*
ABC (campeão no RN) – 31º
Sampaio Corrêa (campeão no MA) – 36º

CRB (campeão em AL) – 37º
Botafogo (campeão na PB) – 46º
Salgueiro (vice em PE) – 49º
Confiança (campeão em SE) – 56º
Altos (campeão no PI) – 136º
Ferroviário (vice no CE) – sem ranking
* Após a classificação dos 4 clubes na fase Pré

Classificação da Série B 2017 – 10ª rodada

A classificação da 10ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesportes

A Série B chegou a dez rodadas e encerrou a maratona de duas rodadas por semana – pausa nas “terça-feiras cheias”. E pela terceira rodada seguida, nenhuma vitória pernambucana. No sábado, à tarde, o Santa Cruz empatou com o Figueira, em seu primeiro jogo na Arena Pernambuco, de um total de cinco que o clube deve fazer neste Brasileiro. Com isso, o tricolor perdeu mais uma posição, terminando o dia em 8º lugar, a sua pior posição.

À noite, em Campinas, o Náutico perdeu do Guarani, aumentando a diferença em relação ao penúltimo colocado. Hoje lanterna, o timbu já está a sete pontos de diferença! Nesta 10ª rodada, troca de líderes, ambos alviverdes. O Bugre se aproveitou do empate do Juventude para tomar a ponta.

Resultados da 10ª rodada
CRB 2 x 1 Paysandu
Boa 2 x 1 ABC
Criciúma 2 x 1 Paraná
Luverdense 0 x 3 América
Brasil 0 x 1 Internacional
Goiás 0 x 2 Vila Nova
Londrina 2 x 2 Juventude
Ceará 3 x 0 Oeste
Santa Cruz 1 x 1 Figueirense
Guarani 2 x 1 Náutico

Balanço da 10ª rodada
5V dos mandantes (14 GP), 2E e 3V dos visitantes (13 GP) 

Agenda da 11ª rodada
27/06 (19h15) – Juventude x Goiás (Alfredo Jaconi)
27/06 (21h30) – Figueirense x Londrina (Orlando Scarpelli)
30/06 (19h15) – Paysandu x Luverdense (Mangueirão)
30/06 (20h30) – Vila Nova x Criciúma (Olímpico)
30/06 (21h30) – Náutico x CRB (Arena Pernambuco)
01/07 (16h30) – Oeste x Santa Cruz (Arena Barueri)
01/07 (16h30) – Paraná x Ceará (Durival de Britto)
01/07 (16h30) – Internacional x Boa (Beira-Rio)
01/07 (19h00) – ABC x Guarani (Frasqueirão)
01/07 (19h00) – América x Brasil (Independência)