Com Osvaldo, o Sport chega a 1.000 gols marcados na Série A. É o 17º na história

Série A 2017, 9ª rodada: Atlético-MG 2 x 2 Sport. Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press

Em sua 36ª participação no Brasileirão, o Sport chegou à marca de 1.000 gols marcados na competição. Para isso, o clube pernambucano precisou disputar 867 partidas desde 1971, a base desta contagem. Mérito para Osvaldo, que marcou o primeiro tento do empate em 2 x 2 com o Galo, pela nona rodada da edição de 2017. Assim, o leão tornou-se o 17º clube a alcançar o expressivo número. No futebol da região, apenas o Vitória já havia chegado lá.

O primeiro clube a marcar 1.000 gols na Série A foi o São Paulo, há 17 anos. Curiosamente, através de um goleiro, Rogério Ceni – hoje, já se aproxima do 2.000º. Em 2003, nada menos que quatro times entraram na galeria do “milésimo gol”. Não por acaso, em uma edição com 46 longas rodadas.

Ainda vale destacar que em 2013 o Bahia festejou o gol 1.000, marcado por Feijão. Na ocasião, o tricolor de aço somou as participações na Taça Brasil e no Robertão, desde 1959 e hoje unificados pela CBF. Entretanto, todos os outros clubes consideraram os dados da Série A, assim como o blog.

Considerando o início do campeonato, em 1971, eis os jogadores que marcaram os gols de número 1.000 de 17 clubes até 21 de junho de 2017.

Os jogadores que marcaram os gols de número 1.000 na Série A. Arte: Cassio Zirpoli/DP

Os clubes com mais gols na Série A, de 1971 a 21 de junho de 2017.

Os clubes com mais gols marcados na Série A até 21 de junho de 2017. Arte: Cassio Zirpoli/DP

Classificação da Série B 2017 – 9ª rodada

A classificação da 9ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesportes

Terça-feira cheia na Série B com duas derrotas pernambucanas. Numa rodada em que apenas um mandante venceu, pior para o Santa Cruz, derrotado pelo América Mineiro em Belo Horizonte. Com isso, o tricolor saiu do G4, caindo do 4º para o 7º lugar. Na Arena Pernambuco, numa partida de muitos erros, o Náutico perdeu do Goiás, chegando a sete derrotas na competição. Na lanterna, o timbu já está seis pontos atrás do penúltimo, o Figueirense, num situação já difícil de reverter. Nesta 9ª rodada caiu o último invicto. Jogando em casa, o líder Juventude perdeu o clássico do interior gaúcho para o Brasil de Pelotas, que subiu na tabela.

Resultados da 9ª rodada
Juventude 1 x 2 Brasil
América 1 x 0 Santa Cruz
Náutico 2 x 3 Goiás
ABC 1 x 3 CRB
Figueirense 2 x 3 Luverdense
Londrina 0 x 1 Criciúma
Paysandu 0 x 0 Boa
Internacional 0 x 0 Paraná
Guarani 0 x 0 Oeste
Vila Nova 1 x 1 Ceará 

Balanço da 9ª rodada
1V dos mandantes (8 GP), 4E e 5V dos visitantes (13 GP) 

Agenda da 10ª rodada
23/06 (19h15) – CRB x Paysandu (Rei Pelé)
23/06 (20h30) – Boa x ABC (Dilzon Melo)
23/06 (21h30) – Criciúma x Paraná (Heriberto Hülse)
23/06 (21h30) – Luverdense x América (Passo das Emas)
24/06 (16h30) – Brasil x Internacional (Bento FreitaS)
24/06 (16h30) – Goiás x Vila Nova (Serra Dourada)
24/06 (16h30) – Londrina x Juventude (Estádio do Café)
24/06 (16h30) – Ceará x Oeste (Presidente Vargas)
24/06 (16h30) – Santa Cruz x Figueirense (Arena Pernambuco)
24/06 (19h00) – Guarani x Náutico (Brinco de Ouro)

Podcast – Análise do empate do Santa Cruz e das derrotas de Náutico e Sport

Na 8ª rodada das Séries A e B, nenhuma vitória do Trio de Ferro. No sábado, dois jogos pela segundona. Num gramado em péssimas condições no Arruda, tricolores e colorados encontraram dificuldades para jogar bola. No interior mineiro, o timbu deu sequência à péssima campanha, já com reversão complicada. No domingo, o clássico entre os leões nordestinos, com atuação lamentável do pernambucano, sofrendo o primeiro revés como mandante. O podcast 45 minutos analisou as três partidas em gravações exclusivas, tanto na questão técnica quanto tática, além de análises individuais. Ouça!

17/06 – Santa Cruz 0 x 0 Internacional (27 min)

17/06 – Boa 2 x 1 Náutico (30 min)

18/06 – Sport 1 x 3 Vitória (43 min)

Classificação da Série B 2017 – 8ª rodada

A classificação da 8ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesportes

No Arruda, o Santa Cruz empatou com o Inter e se manteve no G4 da segunda divisão, deixando justamente o adversário colorada na colocação seguinte. Em Varginha, o Náutico perdeu do Boa Esporte e afundou na lanterna do Brasileiro, já com cinco pontos de diferença sobre o penúltimo colocado. Após oito rodadas, o líder Juventude é o único invicto e o timbu é o único time sem vitória. Na próxima rodada, mais uma “terça-feira cheia”.

Resultados da 7ª rodada
Criciúma 3 x 2 Guarani
Ceará 1 x 1 Luverdense
Paraná 1 x 0 Figueirense
Goiás 1 x 2 ABC
Santa Cruz 0 x 0 Internacional
Boa 2 x 1 Náutico
Paysandu 0 x 0 Juventude
CRB 0 x 3 Londrina
Brasil 3 x 0 Vila Nova
Oeste 0 x 0 América 

Balanço da 7ª rodada
4V dos mandantes (11 GP), 4E e 2V dos visitantes (9 GP)

Agenda da 8ª rodada
20/06 (19h15) – Náutico x Goiás (Arena Pernambuco)
20/06 (19h15) – Juventude x Brasil (Alfredo Jaconi)
20/06 (19h15) – América x Santa Cruz (Independência)
20/06 (20h30) – ABC x CRB (Frasqueirão)
20/06 (20h30) – Figueirense x Luverdense (Orlando Scarpelli)
20/06 (20h30) – Londrina x Criciúma (Estádio do Café)
20/06 (20h30) – Paysandu x Boa (Curuzu)
20/06 (21h30) – Vila Nova x Ceará (Serra Dourada)
20/06 (21h30) – Guarani x Oeste (Brinco de Ouro)
20/06 (21h30) – Internacional x Paraná (Beira-Rio)

Com Arruda cheio e gramado castigado, Santa empata com o Inter e segue no G4

Série B 2017, 8ª rodada: Santa Cruz x Internacional. Foto: Ricardo Duarte/Internacional

A torcida atendeu ao apelo, com o ingressos a partir de R$ 5, e marcou boa presença no Arruda. Apesar do borderô anunciado, com 25.356 espectadores, os setores reservados aos tricolores, nos anéis superior e inferior, estavam cheios. Apoio num confronto direto pelo grupo de acesso (4º x 5º), diante do Internacional, o bicho-papão desta Série B – tese ainda não imposta na classificação. Melhor no primeiro tempo, chegando com perigo com Bruno Paulo (2x) e Pitbull, o Santa Cruz acabou travado na segunda etapa. Cansou, mas como também teve um adversário pouco inspirado, acabou no 0 x 0. O empate beneficiou o time pernambucano, que manteve a 4ª colocação.

Nesta segunda apresentação sob o comando de Adriano Teixeira, a equipe manteve a formação com pontas abertos, Bruno Paulo e André Luís. A principal mudança foi no meio-campo, mais técnico que pegador, com Primão e, sobretudo, Léo Lima, que ajudou enquanto teve gás – a limitação física do apoiador era esperada nesses seus primeiros jogos.

Série B 2017, 8ª rodada: Santa Cruz x Internacional. Foto: Premiere/SporTV (reprodução)

Além do condicionamento da equipe, para uma atuação melhor faltou um detalhe: um gramado regular. Chamou demais a atenção o estado do piso do Mundão, esburacado e desnivelado. Apesar do trabalho emergencial, com o time treinando em Aldeia na véspera, enquanto o campo recebia perfurações para o escoamento da água, durante o jogo a situação não foi boa.

A bola parava nas poças o tempo todo, quebrando passes, com jogadores escorregando na lama – acionado no lugar de LL, Augusto, por exemplo, teve um desempenho irrelevante, sem conseguir carregar a bola. Frise-se que o campo foi ruim para os dois times. No lado do Inter, sem D’Alessandro, muitas bolas esticadas para Nico Lopez (mal, acabou substituído) e Cirino. Buscando um encaixe melhor, Guto Ferreira teve que se contentar com a lenta caminhada, com o 4º empate em 8 jogos. No fim da peleja, aplausos do povão. Pelo G4 e pela entrega em um cenário adverso para o bom futebol.

Série B 2017, 8ª rodada: Santa Cruz x Internacional. Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Classificação da Série B 2017 – 7ª rodada

A classificação da 7ª rodada da Série A de 2017. Crédito: Superesportes

Em mais uma terça-feira cheia na Série B, uma derrota pernambucana, em casa, e uma vitória pernambucana, como visitante. Na Arena, o Náutico perdeu do Paraná com um gol nos descontos. Segue na lanterna, agora o único clube sem vitória. No Castelão, o Santa superou o Ceará com bela atuação na etapa complementar. Com isso, voltou ao G4, subindo do 7º para o 4º lugar. Tomou o lugar do Internacional, que empatou mais uma – não por acaso, os corais estão na frente pelo número de vitórias, 4 x 3.

Resultados da 7ª rodada
Náutico 1 x 2 Paraná
Guarani 2 x 0 Paysandu
Londrina 1 x 1 Oeste
Figueirense 2 x 2 Criciúma
Goiás 4 x 1 Boa
Juventude 3 x 0 ABC
CRB 1 x 2 Vila Nova
Ceará 1 x 3 Santa Cruz
América 1 x 1 Internacional
Luverdense 4 x 0 Brasil 

Balanço da 7ª rodada
4V dos mandantes (20 GP), 3E e 3V dos visitantes (12 GP)

Agenda da 8ª rodada
16/06 (19h15) – Criciúma x Guarani (Heriberto Hulse)
16/06 (20h30) – Ceará x Luverdense (Castelão)
16/06 (20h30) – Paraná x Figueirense (Durival de Britto)
16/06 (21h30) – Goiás x ABC (Serra Dourada)
17/06 (16h30) – Santa Cruz x Internacional (Arruda)
17/06 (16h30) – Boa x Náutico (Dilzon Melo)
17/06 (16h30) – Paysandu x Juventude (Mangueirão)
17/06 (16h30) – CRB x Londrina (Rei Pelé)
17/06 (19h00) – Brasil x Vila Nova (Bento Freitas)
17/06 (21h00) – Oeste x América (Arena Barueri)

Podcast – Análise da derrotas de Santa, Náutico e Sport na 6ª rodada do Brasileiro

Foi a pior rodada do Campeonato Brasileiro para os clubes pernambucanos, até o momento. Três derrotas para o Trio de Ferro, com consequências. Na sexta-feira, o tricolor perdeu a primeira como mandante – e acabou demitindo o técnico no dia seguinte. No sábado, o alvirrubro foi derrotado no Beira-Rio, num jogo com quatro pênaltis, e voltou à lanterna. Pouco depois, já à noite, pela Série A, os leoninos zeraram outra vez como visitantes – já são três jogos assim. O 45 minutos analisou as três partidas em gravações exclusivas, tanto na questão técnica quanto tática, além de análises individuais. Ouça!

09/06 – Santa Cruz 1 x 3 Londrina (45 min)

10/06 – Internacional 4 x 2 Náutico (18 min)

10/06 – Vasco 2 x 1 Sport (36 min)

Classificação da Série B 2017 – 6ª rodada

A classificação da 6ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesportes

Tricolores e alvirrubros perderam nesta sexta rodada do Brasileiro e caíram na tabela de classificação. Na noite de sexta-feira, o Santa Cruz perdeu do Londrina, no primeiro revés no Arruda nesta edição. Com isso, caiu três posições, saindo do G4 para a 7º lugar. Na tarde do sábado, o Náutico foi derrotado pelo Internacional, em Porto Alegre, e voltou à lanterna, devido à primeira vitória do Criciúma. Agora, os times pernambucanos voltam a campo na próxima terça, juntamente aos outros 18 participantes, em mais uma “terça-feira cheia” na segundona.

Na ponta, o Juventude não só manteve a liderança como ampliou a vantagem, de 1 para 2 pontos. E o Inter enfim voltou ao G4. De vez?

Resultados da 6ª rodada
Criciúma 1 x 0 CRB
Vila Nova 2 x 0 América
Santa Cruz 1 x 3 Londrina
Paysandu 0 x 1 Goiás
Inter 4 x 2 Náutico
Boa 0 x 2 Juventude
Brasil 2 x 3 Ceará
Paraná 0 x 1 Guarani
ABC 2 x 2 Figueirense
Oeste 0 x 0 Luverdense 

Balanço da 6ª rodada
3V dos mandantes (12 GP), 2E e 5V dos visitantes (14 GP)

Agenda da 7ª rodada
13/06 (19h15) – Londrina x Oeste (Estádio do Café)
13/06 (19h15) – Guarani x Paysandu (Brinco de Ouro)
13/06 (19h15) – Náutico x Paraná (Arena Pernambuco)
13/06 (20h30) – CRB x Vila Nova (Rei Pelé)
13/06 (20h30) – Juventude x ABC (Alfredo Jaconi)
13/06 (20h30) – Goiás x Boa (Serra Dourada)
13/06 (20h30) – Figueirense x Criciúma (Orlando Scarpelli)
13/06 (21h30) – Ceará x Santa Cruz (Castelão)
13/06 (21h30) – América x Internacional (Independência)
13/06 (21h30) – Luverdense x Brasil (Arena Pantanal)

Em jogo com 4 pênaltis e 2 expulsões, Náutico perde do Inter no Beira-Rio

Série B 2017, 6ª rodada: Inter x Náutico. Foto: Ricardo Duarte/Internacional (site oficial)

Imerso numa crise técnica, o Náutico foi ao Beira-Rio sem grandes pretensões. Enfrentaria o Inter, o maior favorito da Série B, vindo de vitória e com o novo treinador, Guto Ferreira. Jogar com o mínimo de organização defensiva era o que se esperava, em busca algum pontinho. No intervalo, isso até acontecia. Num primeiro tempo no qual o colorado largou melhor, tendo um gol mal anulado e outro bem assinalado, ambos com Carlos, o timbu conseguiu estabilizar a pressão. Para o jogo, o meio-campo havia sido reforçado por Waldemar Lemos. A bronca era nas laterias, com Manoel e David sendo envolvidos. Ainda assim, com 43% de posse, o visitante começou a oferecer perigo através de Erick, arisco. O atacante deu dois ótimos passes para o estreante Vinicius, que aproveitou o segundo, aos 44 minutos.

A história do jogo sofre enorme transformação na etapa complementar, tendo como protagonista o árbitro Paulo Roberto Alves. Em 18 minutos, o paranaense marcou três pênaltis para o mandante. Pottker e D’Alessandro converteram e Tiago Cardoso defendeu a 3ª cobrança, de Cirino. Embora, na visão do blog, as marcações tenham sido corretas, disciplinarmente o juiz atrapalhou. Não por acaso, dois alvirrubros foram expulsos, Nirley (em péssima atuação, com duas penalidades cometidas) e Darlan.

Acuado pelas marcações – dificilmente algum time ignoraria-, o Timbu limitou-se ao seu campo, mesmo com o placar já desfavorável. No finzinho, Iago, também estreante, recebeu um lançamento e tocou na saída de Danilo Fernandes, 3 x 2. Haveria um último suspiro? Foi encerrado no minuto seguindo, em novo pênalti, esse questionável, de Tiago Cardoso. E olhe que o goleiro pegou outra cobrança! Deu nem tempo de projetar uma última bola na área, pois Cirino marcou o quarto gol com a defesa pernambucana desarmada, 4 x 2. Sobrou reclamação após o apito final..

Série B 2017, 6ª rodada: Inter x Náutico. Foto: Ricardo Duarte/Internacional (site oficial)

Classificação da Série B 2017 – 5ª rodada

A classificação da 5ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesportes

Foi a primeira “terça-feira cheia” da Série B nesta temporada, acelerando a competição, que terá 6 rodadas em apenas 19 dias. Neste ritmo, a preparação física tende a ganhar importância, paralelamente à evolução técnica. Entre os pernambucanos, momentos distintos, embora nesta noite o tricolor tenha se dado mal. O Santa Cruz perdeu do Goiás, no Serra Dourada, mas se manteve no G4, caindo do 2º para o 4º lugar. Enquanto isso, o Náutico empatou com o Oeste, em São Lourenço, deixando a lanterna (do 20º para o 19º).

Obs. Até esta rodada, o Papão era o único time que ainda não havia sido vazado e o Timbu era o único que ainda não havia marcado. Duas estatísticas a menos. Agora, resta um invicto, o atual líder Juventude.

Resultados da 5ª rodada
ABC 2 x 1 Paysandu
Guarani 2 x 1 Boa
Juventude 1 x 0 Criciúma
Náutico 1 x 1 Oeste
Figueirense 1 x 2 Internacional
Goiás 2 x 1 Santa Cruz
Londrina 1 x 1 Paraná
América 1 x 0 Ceará
Luverdense 1 x 1 Vila Nova
CRB 0 x 1 Brasil 

Balanço da 5ª rodada
5V dos mandantes (12 GP), 3E e 2V dos visitantes (9 GP)

Agenda da 6ª rodada
09/06 (19h15) – Criciúma x CRB (Heriberto Hulse)
09/06 (20h30) – Santa Cruz x Londrina (Arruda)
09/06 (20h30) – Vila Nova x América (Serra Dourada)
09/06 (21h30) – Paysandu x Goiás (Mangueirão)
10/06 (16h30) – Brasil x Ceará (Bento Freitas)
10/06 (16h30) – Paraná x Guarani (Durival de Britto)
10/06 (16h30) – Boa x Juventude (Dilzon Melo)
10/06 (16h30) – Internacional x Náutico (Beira-Rio)
10/06 (19h00) – ABC x Figueirense (Frasqueirão)
10/06 (21h00) – Oeste x Luverdense (Arena Barueri)