As imagens da campanha do Sport rumo ao inédito título brasileiro, há 30 anos

O capitão Estevam Soares ergue a Taça das Bolinhas, após o título brasileiro do Sport em 1987. Foto: Arquivo/DP

O Sport é o campeão brasileiro de futebol de 1987 desde o dia 7 de fevereiro de 1988, quando venceu o Guarani por 1 x 0, na sexta e última rodada do quadrangular final da competição. Dali em diante, a discussão seria apenas nos tribunais, com o clube pernambucano ganhando em todas as instâncias possíveis, duas vezes. Pois a data mais marcante na história do leão chega a exatamente três décadas, ainda dando a impressão de que não faz tanto tempo assim. Consequência do assunto recorrente, naturalmente.

O blog acompanha os meandros jurídicos da conquista há tempos, mas aqui o foco é exclusivo no futebol, com 56 imagens marcantes sobre a campanha que valeu a primeira estrela dourada ao Leão da Ilha. São três álbuns distintos, num verdadeiro passeio histórico (algumas fotos saíram apenas na época): preparação/1ª fase, fase final do Módulo Amarelo e quadrangular final.

A campanha do Sport
20 jogos*

12 vitórias
12 vitórias
5 empates
3 derrotas

29 gols marcados
12 gols sofridos
* Sem contar as vitórias por W.O. 

Artilheiros: Nando 8 gols; Augusto, Betão e Zico 4; Robertinho 3; Zé Carlos Macaé e Neco 2; Ribamar e Marco Antônio 1 

Total de público pagante: 110.317 torcedores em 10 jogos
Média: 11.031 torcedores

Mais: regulamento oficial, vídeo completo da final e livro de coautoria do blog.

Imagens da preparação do Sport, desde a eleição de Homero Lacerda à a contratação de Emerson Leão (como goleiro e, posteriormente, técnico) e da campanha do time na primeira fase, quando liderou de ponta a ponta. Em 14 jogos, o time perdeu apenas uma partida, ganhando os dois turnos previsos no módulo.

Com 1.381 votos, Homero Lacerda tornou-se o primeiro oposicionista eleito presidente do Sport. Mandatário em 87 e 88. Foto: Edvaldo Rodrigues/DP
« 1 de 18 »

Os registros da fase final do Módulo Amarelo, com tensa semifinal com o Bangu, tendo confusão tanto em Moça Bonita quanto na Ilha do Retiro, inclusive com ameaça de suspensão do jogo, e com a polêmica decisão com o Guarani, encerrada após o 11 x 11 nas penalidades.

Bangu 3 x 2 Sport (25/11/87). Na abertura da semi, em Moça Bonita, o leão sofreu a sua 2ª derrota na campanha (foram 3 em 20 jogos). Foto: Fernando Gomes/O Globo (reprodução do livro '1987 - De fato, de direito e de cabeça')
« 1 de 15 »

Após as decisões dos módulos, em dezembro, o regulamento voltou a ser discutido, com o Flamengo querendo a revogação da última fase, que previa o cruzamento entre os dois melhores do Amarelo e do Verde. Após o conselho arbitral extraordinário em 15 de janeiro de 1988, no qual era preciso haver unanimidade para a mudança (e não houve), começou o quadrangular final da ‘Copa Brasil’, o nome oficial da competição. Disputa repleta de W.O., mas também com bola e taça na mão.

Sport x Inter (24/01/88). Após muita discussão, com direito a um conselho arbitral extraordinário com 29 clubes, começou o quadrangular final do Brasileirão de 87, já no início do ano seguinte. Pela tabela, o Sport estrearia contra o vice do Módulo Verde. Foto: Francisco Silva/DP
« 1 de 23 »

Vídeo de Sport 1 x 0 Guarani (07/02/1988)

Série A 1987, final: Sport 1 x 0 Guarani. Crédito: TV Jornal/youtube (reprodução)

Em 7 de fevereiro de 1988, o Sport venceu o Guarani por 1 x 0, gol de cabeça do zagueiro Marco Antônio, pela última partida do quadrangular final do Campeonato Brasileiro de 1987. O jogo na Ilha, que confirmou o rubro-negro pernambucano como campeão, foi transmitido para todo o país pelo SBT, através das suas 43 afiliadas na época, incluindo a TV Jornal no Recife.

A narração coube a Ivo Morganti, com comentários do ex-zagueiro Clodoaldo e reportagens de Jorge Kajuru. Pois um torcedor leonino gravou a partida com a primeira estrela dourada em VHS. Num trabalho em conjunto com o Futuro Sport, o vídeo foi convertido num arquivo digital e colocado à disposição no youtube, com 2 horas e 7 minutos de imagens raras da decisão. Há 30 anos.

O vídeo já tem mais de 55 mil visualizações. Para quem ainda não assistiu…

Podcast – A análise da vitória do Náutico em Caruaru e da derrota do Santa em SC

Série B 2017, 29ª rodada: Náutico 2 x 0 Guarani (Léo Lemos/Náutico) e Figueirense 2 x 1 Santa Cruz (Luiz Henrique/Figueirense)

Em mais uma apresentação no Lacerdão, o Náutico se manteve vivo na Série B. Derrubou um concorrente direto, que estreava Lisca no comando – embora ele não tenha ficado na área técnica. Em Santa Catarina, também num confronto direto, o Santa perdeu a 3ª seguida, sendo superado por Milton Cruz, outro treinador conhecido do futebol local. O 45 minutos comentou as duas partidas da 29ª rodada em gravações exclusivas, nas questões técnica e tática, se estendendo às análises individuais. Terminando, claro, com as respectivas situações na tabela. Ao todo, 72 minutos de podcast. Ouça!

14/07 – Figueirense 2 x 1 Santa Cruz (39 min)

14/07 – Náutico 2 x 0 Guarani (33 min)

Classificação da Série B 2017 – 29ª rodada

A classificação da 29ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesporte2

Sentimentos bem distintos entre os representantes pernambucanos após a 29ª rodada da Série B. Em Florianópolis, o tricolor perdeu a terceira partida seguida. Com isso, manteve a distância de cinco pontos sobre o 16º colocado. Pior: ainda viu a aproximação do rival. Também no sábado, mas já à noite, o alvirrubro venceu o bugre paulista, tirando três pontos de diferença sobre o primeiro time fora da zona de rebaixamento, justamente o adversário em Caruaru. Apesar da esperança alimentada, ainda são oito pontos para fugir.

Agora, a Segundona terá uma ‘terça-feira cheia’, que pode indicar os caminhos de Santa e Náutico em relação à próxima temporada. O tricolor precisa de pelo menos cinco vitórias para escapar. Como ainda tem cinco jogos em casa, o restante da confiança está depositada aí. A série ‘começa’ agora, contra o Oeste. Já o timbu enxerga no CRB a possibilidade de finalmente voltar a pontuar como visitante (perdeu os últimos cinco jogos disputados fora de casa). Tem bola pra isso? Rodada quente…

Resultados da 29ª rodada
Internacional 1 x 0 Brasil
Paysandu 0 x 0 CRB
Paraná 2 x 1 Criciúma
Juventude 0 x 2 Londrina
Figueirense 2 x 1 Santa Cruz
América 2 x 1 Luverdense
Vila Nova 0 x 0 Goiás
ABC 1 x 0 Boa Esporte
Oeste 0 x 1 Ceará
Náutico 2 x 0 Guarani 

Balanço da 29ª rodada
6V dos mandantes (10 GP), 2E e 2V dos visitantes (6 GP)

Agenda da 30ª rodada
17/10 (19h15) – Londrina x Figueirense (Estádio do Café)
17/10 (19h15) – Guarani x ABC (Brinco de Ouro), SporTV*
17/10 (19h15) – Boa Esporte x Internacional (Dilzon Melo)
17/10 (20h30) – Santa Cruz x Oeste (Arruda)
17/10 (20h30) – Criciúma x Vila Nova (Heriberto Hulse)
17/10 (20h30) – Brasil x América (Bento Freitas)
17/10 (20h30) – Ceará x Paraná (Castelão)
17/10 (21h30) – CRB x Náutico (Rei Pelé)
17/10 (21h30) – Luverdense x Paysandu (Passo das Emas)
17/10 (21h30) – Goiás x Juventude (Serra Dourada), SporTV*
* Considerando as transmissões para o Recife, fora o Premiere (PPV)

Náutico vence Guarani e reduz diferença ao 16º lugar para 8 pontos. Esperança?

Série B 2017, 29ª rodada: Náutico 2 x 0 Guarani. Foto: Léo Lemos/Náutico

Como visitante, o alvirrubro acumula cinco derrotas em cinco jogos com Roberto Fernandes. Sequer balançou as redes. Já como mandante, o desempenho nas mãos do técnico é de imposição. Em seis jogos são cinco vitórias – o único revés foi justamente diante do líder da Série B, o Inter. Por isso, exclusivamente por isso, se mantém na briga contra o rebaixamento.

Contra o Guarani, um adversário direto nesta disputa, o alvirrubro foi melhor num jogo bem disputado, embora nivelado por baixo. No Lacerdão, com o time atuando com o ataque formado por Dico (esquerda), William (centralizado) e Rafinha (direta), o placar foi construído com um gol em cada tempo, 2 x 0. Em ambos, cruzamentos de Dico. O primeiro numa bola aérea alcançada por Rafinha, de cabeça, aos 11/1T. O segundo num passe rasteiro, na medida, para Bruno Mota, aos 35/2T. O meia, aliás, foi um capítulo à parte no jogo.

Série B 2017, 29ª rodada: Náutico 2 x 0 Guarani. Foto: Luís Prates/divulgação (@luisf_prates)

Bruno chegou a ser afastado por indisciplina, sendo devolvido pelo clube detentor dos seus direitos econômicos, o Atlético-PR. Após se desculpar com o técnico e com o grupo, foi reintegrado na véspera. Em Caruaru, entrou pouco depois do intervalo, no lugar de William. Melhorou o toque de bola da equipe e a organização do meio pra frente. Se mantiver o foco, tendo a ser uma peça importante nesta reta final – sobretudo num elenco tão esfacelado.

Com o resultado, o Náutico renova o ânimo numa semana importantíssima. Enfrentará CRB (terça, fora) e ABC (sexta, em casa), concorrentes em maior e menor grau. Ainda distante, mesmo com o hiato em relação ao 16º colocado caindo de 11 para 8 pontos, o time segue jogo a jogo… E segue vivo.

Timbu como mandante sob o comando de Roberto Fernandes (5v-0e-1d)
19ª) Náutico 1 x 0 Luverdense (Arena PE)
21ª) Náutico 2 x 0 Figueirense (Arena PE)
23ª) Náutico 1 x 0 Brasil (Arena PE)
25ª) Náutico 0 x 1 Internacional (Lacerdão)
27ª) Náutico 2 x 0 Boa Esporte (Lacerdão)
29ª) Náutico 2 x 0 Guarani (Lacerdão)

Série B 2017, 29ª rodada: Náutico 2 x 0 Guarani. Foto: Léo Lemos/Náutico

Classificação da Série B 2017 – 27ª rodada

A classificação da 27ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesporte2

As vitórias de Figueirense e Goiás, abrindo a rodada na noite de sexta-feira, complicaram bastante a situação dos pernambucanos na Segundona, embora outros clubes estejam chegando à briga contra o descenso, como CRB e Paysandu. Em Porto Alegre, o tricolor foi derrotado pelo líder e voltou ao Z4 após três rodadas ‘respirando’. Pior. Perdeu, duas colocações e terminou em 18º, já ficando a dois pontos do primeiro time fora da zona. Em Caruaru, o alvirrubro voltou a vencer, mas praticamente não andou. Se manteve na penúltima posição, mas a 8 pontos do 16º colocado – estava a 9.

Na briga pelo título, o Inter abriu seis pontos sobre o vice-líder. Encaixado, deve disparar na pona. Em relação ao 5º lugar já são nove pontos. Passeou.

Resultados da 27ª rodada
Figueirense 1 x 0 Paraná
Londrina 4 x 1 CRB
ABC 0 x 1 Goiás
Juventude 1 x 0 Paysandu
Internacional 2 x 0 Santa Cruz
Vila Nova 1 x 1 Brasil
Náutico 2 x 0 Boa
Luverdense 0 x 1 Ceará
Guarani 0 x 0 Criciúma
América 1 x 2 Oeste 

Balanço da 27ª rodada
5V dos mandantes (12 GP), 2E e 3V dos visitantes (6 GC)

Agenda da 28ª rodada
03/10 (19h15) – Ceará x Vila Nova (Castelão)
03/10 (20h30) – Paraná x Internacional (Arena da Baixada)
03/10 (21h30) – Brasil x Juventude (Bento Freitas)
06/10 (19h15) – Boa x Paysandu (Dilzon Melo)
06/10 (20h30) – CRB x ABC (Rei Pelé)
06/10 (21h30) – Goiás x Náutico (SerraDourada
07/10 (16h30) – Oeste x Guarani (Arena Barueri)
07/10 (16h30) – Criciúma x Londrina (Heriberto Hulse)
07/10 (19h00) – Luverdense x Figueirense (Passo das Emas)
07/10 (19h00) – Santa Cruz x América (Arruda)

O Náutico abraçou Caruaru e Caruaru abraçou o Náutico para o Brasileiro

Campanha de marketing do Náutico para a "estreia" em Caruaru. Crédito: Náutico/instagram (@nauticope)

A saída da Arena Pernambuco foi forçada. A administração do estádio, hoje nas mãos do governo do estado, reservou o empreendimento para dois eventos religiosos, à parte do calendário do futebol. Com isso, o Náutico seria obrigado a atuar em outro local em três partidas da Série B de 2017. Com os Aflitos em reforma e os campos da Ilha do Retiro e do Arruda no limite de uso, o clube acabou deslocando até Caruaru, a 130 km de distância.

O estádio foi cedido pelo Central, com direito à seguinte mensagem:
“No ninho patativa sempre cabe mais um! Chega pra cá, Náutico! O timba é bem vindo ao nosso alçapão para seguir na Série B!” 

Com o imprevisto em São Lourenço, o alvirrubro também não deixou barato, levando o jogo com o Inter para o Lacerdão – inicialmente, a data não coincidiria com os eventos marcados na arena. E logo iniciou uma campanha de marketing puxando pelo viés regional da Capital do Agreste: “Caruaru, a nova casa do Timbu”. Durante a semana, o jogo foi apresentado como uma mudanças de ares do Náutico, cuja sequência na Série B passa por um bom desempenho em Caruaru. Aqui, uma compilação das imagens compartilhadas nos perfis oficiais, incluindo até uma escalação com bonecos de barro e a convocação para a “Avenida Alvirrubra”, na recepção do time.

A resposta foi ótima, com 9 mil ingressos vendidos antecipadamente, sendo 60% (5.400) em Caruaru e 40% (3.600) no Recife. Por sinal, de acordo com a última pesquisa de torcida no município, o timbu teria ao menos 17.806 torcedores lá, fora as cidades vizinhas. Ou seja, há público. E há demanda…

Os mandos de campo do Timbu no Lacerdão pela Série B
25ª) Náutico x Internacional (23/09)
27ª) Náutico x Boa (30/09)
29ª) Náutico x Guarani (14/10)
31ª) Náutico x ABC (21/10)

Classificação da Série B 2017 – 24ª rodada

A classificação da 24ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesporte2

Se a rodada anterior foi excepcional para o Náutico, desta vez foi para o Santa Cruz. Após quase dois meses, o time voltou a vencer (e convencer). O tricolor goleou o Goiás e ganhou três posições, saindo da zona de rebaixamento. Do 18º para o 15º lugar. Todos os concorrentes mais próximos saíram derrotados nesta rodada. Inclusive o rival local. No sábado, em Barueri, diante de um time de Itápolis, o alvirrubro perdeu o terceiro jogo seguido como visitante. Mantendo a 19ª posição, o Náutico viu a diferença em relação ao 15º colocado, o primeiro fora do Z4, aumentar de 5 para 7 pontos.

Na próxima rodada, o timbu inicia a série de quatro jogos em Caruaru, no estádio do Central, devido à impossibilidade de utilizar a Arena Pernambuco, alugada para dois eventos religiosos. Começa já diante do líder, o Inter.

Resultados da 24ª rodada
Boa 2 x 2 Guarani
Criciúma 1 x 2 Juventude
Santa Cruz 3 x 0 Goiás
Ceará 1 x 1 América
Paysandu 2 x 0 ABC
Brasil 2 x 0 CRB
Internacional 3 x 0 Figueirense
Oeste 1 x 0 Náutico
Vila Nova 2 x 1 Luverdense
Paraná 2 x 1 Londrina 

Balanço da 24ª rodada
7V dos mandantes (19 GP), 2E e 1V dos visitantes (7 GP)

Agenda da 25ª rodada
19/09 (19h15) – América x Vila Nova (Independência)
19/09 (21h30) – Guarani x Paraná (Brinco de Ouro)
22/09 (19h15) – Juventude x Boa (Alfredo Jaconi)
22/09 (21h30) – Luverdense x Oeste (Passo das Emas)
22/09 (21h30) – Londrina x Santa Cruz (Estádio do Café)
23/09 (16h30) – Figueirense x ABC (Orlando Scarpelli)
23/09 (16h30) – Goiás x Paysandu (Serra Dourada)
23/09 (16h30) – CRB x Criciúma (Rei Pelé)
23/09 (16h30) – Náutico x Internacional (Lacerdão)
23/09 (19h00) – Ceará x Brasil (Castelão)

Classificação da Série B 2017 – 22ª rodada

A classificação da 12ª rodada da Série B de 2017. Crédito: Superesporte2

A rodada foi péssima para os times pernambucanos em termos de fuga da zona de rebaixamento. Embora tenha começado bem para o contexto local, com a derrota do Goiás, depois saiu do controle nos clássicos regionais. Na noite de sexta, o Náutico perdeu no PV e brecou a sua recuperação. Na tarde de sábado, o Santa Cruz perdeu de virada, outra vez no Arruda, e seguiu no Z4, mas uma colocação abaixo, agora em 18º. À noite, no complemento da 22ª rodada do Brasileiro, o sabor ficou ainda mais amargo, com as vitórias de Luverdense e Figueira, concorrentes diretos. Assim, a distância do timbu em relação ao 16º lugar, o primeiro clube fora da degola, subiu de 7 para 8 pontos. No caso tricolor, neste mesmo contexto, subiu de 1 para 2 pontos.

Na briga pela ponta, o Inter venceu a 6ª seguida e finalmente reassumiu a liderança da Segundona, posição que só havia alcançado na primeira rodada.

Resultados da 22ª rodada
Brasil 2 x 1 Goiás
América 0 x 0 Criciúma
Ceará 1 x 0 Náutico
Paraná 2 x 0 Juventude
Internacional 3 x 2 Paysandu
Oeste 4 x 1 Boa
Vila Nova 2 x 0 ABC
Santa Cruz 1 x 2 CRB
Luverdense 1 x 0 Londrina
Figueirense 2 x 1 Guarani 

Balanço ad 22ª rodada
8V dos mandantes (18 GP), 1E e 1V dos visitantes (7 GP)

Agenda da 23ª rodada
04/09 (20h00) – Guarani x Vila Nova (Brinco de Ouro)
06/09 (19h30) – Goiás x Paraná (Olímpico)
06/09 (21h45) – Náutico x Brasil (Arena Pernambuco)
08/09 (19h15) – Boa x Figueirense (Dilzon Melo)
08/09 (21h30) – Paysandu x América (Mangueirão)
09/09 (16h30) – Criciúma x Luverdense (Heriberto Hulse)
09/09 (16h30) – Londrina x Ceará (Estádio do Café)
09/09 (16h30) – Juventude x Internacional (Alfredo Jaconi)
09/09 (19h00) – ABC x Santa Cruz (Arena das Dunas)
09/09 (19h00) – CRB x Oeste (Rei Pelé)

Podcast – A análise da vitória do Náutico e das derrotas de Santa Cruz e Sport

Fotos: Luciano Claudino/Código 19/Estadão conteúdo (Brinco de Ouro), Paulo Paiva/DP (Arena) e Edésio Ferreira/EM/D. Press (Mineirão)

O placar da semana foi tabelado nos jogos envolvendo o Trio de Ferro na 21ª rodada do Brasileiro, 2 x 0. Como apenas um atuou em casa, melhor para o alvirrubro, que venceu pela terceira vez nas últimas quatro rodadas. Já tricolores e rubro-negros caíram no sábado e no domingo, respectivamente. Um entrou no Z4 da Série B e o outro saiu do G6 da Série A. O 45 minutos comentou os três jogos em gravações exclusivas, nas questões técnica e tática, além de análises individuais. Ao todo, 102 minutos de podcast. Ouça!

15/08 – Náutico 2 x 0 Figueirense (34 min)

19/08 – Guarani 2 x 0 Santa Cruz (32 min)

20/08 – Cruzeiro 2 x 0 Sport (36 min)