Pernambuco reduz número de homicídios, mas ainda não bate meta de 12%

Pernambuco teve 2.721 homicídios em 2012, 186 a menos do que em 2011. Os números, divulgados no balanço do Pacto pela Vida, indicam redução de 6,3% na taxa de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) por 100 mil habitantes. No Recife, onde o total de mortes caiu de 692 para 598, tiveram destaque os bairros de Espinheiro, Santo Amaro e Boa Viagem. Outras cidades com bons índices foram Olinda (- 17,61%), Petrolina (-15,22%), Caruaru (-13,82%) e Salgueiro (- 34,3%). O governo estadual aprovou os resultados, mas anunciou medidas para voltar a bater a meta de 12%. Entre elas, a entrada de cerca de 1,4 mil novos policias militares, que estão terminando o curso de formação.

Para o secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, o balanço de 2012 deve ser comemorado. “Embora não tenhamos conseguido bater a meta de 12%, precisamos pensar que, em outros estados, esse tipo de crime está em uma curva ascendente.” Essa é a segunda vez consecutiva que o Pacto pela Vida, criado em 2007, não atinge o resultado esperado. Em 2011, a queda foi de 1,2%. O acumulado dos seis anos, porém, é positivo, com diminuição de 34% na taxa de CVLIs.

No Recife, o bairro do Espinheiro, na Zona Norte, registrou a queda mais acentuada na taxa de homicídios (29,21%) em 2012. Resultado que condiz com a maior sensação de segurança de Luzinete Silva, 49, gerente de uma lavanderia da Rua da Hora. “Aqui, havia muito menino em situação de rua. Melhorou bastante com as viaturas da polícia passando toda hora.” Outras pessoas que frequentam a região, porém, acham que ainda há o que melhorar. “Sofri uma tentativa de assalto em 22 de dezembro. Trabalho sempre em alerta”, disse o empresário Marinho Rodrigues, 55.

Para melhorar os números do programa em 2013, inclusive voltando a bater a meta da redução de 12% nos homicídios, o governo do estado investirá em pessoal, equipamentos e infraestrutura. Entre as medidas anunciadas está a entrada dos novos PMs, que poderão começar a trabalhar já no carnaval. Hoje, o efetivo em Pernambuco é de, aproximadamente, 19 mil homens.

O secretário de Planejamento e Gestão do estado, Frederico Amâncio, também prometeu mais atenção à Mata Sul e a algumas cidades do Agreste, como Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Garanhuns. “A gente precisa adotar uma postura mais forte em algumas áreas.” Na divisão por sub-região, apenas a Zona da Mata teve mais homicídios em 2012 do que 2011 (511 a 510).

 

SAIBA MAIS

Principais índices do Pacto pela Vida

Redução de homicídios em 2012 (comparação com 2011), por 100 mil habitantes
6,3% ou 186 vidas em Pernambuco
14,1% ou 94 vidas no Recife

Redução de homicídios de 2007 até 2012, por 100 mil habitantes
34% ou 5.933 vidas

Redução dos crimes violentos contra o patrimônio em 2012, na comparação com 2011)
12,1%

Pessoas acolhidas no programa Atitude (sobretudo, usuários de crack)
3.071

Quantidade de crack apreendido
210,9 quilos
25% a mais do que em 2011

Pontos de venda e consumo de drogas debelados
4.924
9% a mais que em 2011

Fonte: Governo de Pernambuco

Do Diario de Pernambuco

 

One thought on “Pernambuco reduz número de homicídios, mas ainda não bate meta de 12%

  1. Nunca diminuiu o índice de homicídio no estado todos os santos dias a violência do derramamento do sangue aumenta. Espero que o governo seja mais transparente levando a verdade ao conhecimento da população. Hoje o povo não é mais bobo, que os políticos pensam que pode enganar. Um abraço:Manoel Limoeiro