Após ser ouvido, Mução deve ir para o presídio

A Polícia Federal já informou que o radialista Rodrigo Vieira Emereciano, 35 anos, o Mução, dever ser levado para o Centro de Observação Criminológica e Triagem, o Cotel, em Abreu e Lima. Mução está prestando depoimento na sede da Polícia Federal, no Cais do Apolo, enquanto isso, seus advogados tentam conseguir um habeas corpus para evitar que o radialista seja levado ao presídio. Como não tem curso superior, Mução deve ficar em cela comum na unidade prisional.

O depoimento do radialista deve terminar antes das 12h. Segundo a PF, depois do interrogatório, Mução será levado para fazer exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML). Até o momento, nenhum familiar do humorista chegou à sede da PF. Mução chegou ao Recife pouco depois das 9h, no voo 4207 da empresa Azul. Ele entrou no prédio da PF pela porta dos fundos, em um veículo Corolla.

Os familiares e advogados do artista dizem que ele é inocente e que tudo será esclarecido em breve. Mução está com a prisão temporária decretada por cinco dias, que pode ser prorrogada por mais cinco. No entanto, a PF pode pedir a prisão preventiva.

Com informações do repórter Glynner Brandão

Os comentários estão fechados.