Caso Serrambi: pai de Tarsila Gusmão diz que a justiça será feita

No dia em que as mortes das adolescentes Maria Eduarda Dourado e Tarsila Gusmão completa 14 anos, no crime que ficou conhecido com o Caso Serrambi, o Blog Segurança Pública falou com o comerciante José Vieria, pai de Tarsila, sobre o caso. As duas garotas desapareceram no dia 3 de maio de 2003 e os corpos só foram encontrados, pelo próprio Vieira e um amigo, dez dias depois, num canavial, em Ipojuca.

José Vieira espera que culpados sejam punidos pelas mortes. Foto: Divulgação

José Vieira sempre acreditou no resultado das investigações das polícias Civil e Federal, que apontaram os irmãos kombeiros Marcelo e Valfrido Lira como os culpados pelas mortes. “Não esqueci nada. Tenho certeza que um dia faremos justiça pelas duas (Tarsila e Eduarda). Na minha vida essa é a única pendência. Só sossego quando resolvê-la”, disse Vieira. Marcelo e Valfrido Lira sempre negaram envolvimento com os assassinatos das duas adolescentes.

Leia mais sobre o caso em:

Caso Serrambi completa 14 anos nesta quarta-feira e pode ter novo capítulo

One thought on “Caso Serrambi: pai de Tarsila Gusmão diz que a justiça será feita

  1. será que esses meninas não foram mortas por playboys filhos de papai e acabou sobrando para os kombeiros?