Peças produzidas por reeducandos do estado serão vendidas em shopping

Produtos artesanais fabricados pelos reeducandos das unidades prisionais do estado de Pernambuco poderão ser comprados, em breve, em uma loja no Shopping Paço Alfândega, no Recife Antigo. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Ressocialização (Seres), por meio da sua Gerência de Projetos e Convênios, e o centro de compras. A parceria que foi firmada nessa quinta-feira resultou na instalação de uma loja que comercializará os produtos. A inauguração do espaço está prevista para o próximo dia 4 de dezembro.

Produtos estarão em loja no segundo piso do shopping. Foto: Seres/Divulgação

Segundo o gerente de Educação e Qualificação Profissionalizante da Seres, Ednaldo Pereira, inicialmente, duas reeducandas da Colônia Penal Feminina de Abreu e Lima irão trabalhar na loja. Elas serão qualificadas e inseridas no processo de ressocialização através do trabalho externo.  A ação tem como objetivo dar visibilidade às obras de arte produzidas pela população carcerária e gerar renda para os artistas. A loja funcionará no segundo piso do Paço e comercializará grande variedade de produtos.

Peças vêm de diversas unidades prisionais do estado. Foto: Seres/Divulgação

Tabuleiros em xadrez, peças decorativas, artesanatos em madeira, brinquedos infantis, baús, barcos decorativos, adegas, animais decorativos, bordados e renascença, artigos reciclados, bolsas de papel, barcos decorativos, colares e tiaras de garrafa pet, tapetes em tecido e pinturas em tela serão disponibilizados para os clientes. “Já temos uma loja que comercializa produtos na Casa da Cultara e agora vamos ter essa no shopping. As reeducandas que irão trabalhar na loja terão, a cada três dias de trabalho, um reduzido na pena a qual foram condenadas”, explicou Ednaldo Pereira.

 

 

Os comentários estão fechados.