Arrastões e brigas de galeras voltam a acontecer nas prévias carnavalescas em Olinda

Quem decidiu aproveitar o primeiro domingo do ano para antecipar o carnaval em Olinda precisou ter pernas prontas para correr e muito na tarde deste domingo. Famosa pelas belas festas que realiza antes da chegada dos dias de Momo, a cidade de Olinda tem se tornado também conhecida pela violência nos finais de semana que antecedem os quatro dias de carnaval.

Os temas arrastão e briga entre galeras foram os mais comentados nas redes sociais depois que as pessoas que estavam na Cidade Alta chegaram em suas casas. Segundo as informações dos foliões que estiveram nas prévias, até tiros para o alto a polícia precisou disparar para conter as constantes brigas que estavam acontecendo em vários pontos do foco de folia.

No Twitter, os internautas postaram que houve confusão na Rua do Sol. Houve tiros para o alto e algumas pessoas jogando pedras nas outras. Briga também teria acontecido na Praça da Pitombeira. Algumas pessoas chegaram a fazer críticas à segurança da festa. Atenção Polícia Militar de Pernambuco, ainda vamos ter outros finais de semana de prévia até a chegada do carnaval e não se pode deixar que atos como esses maculem o brilho do carnaval de Olinda.

Veja alguns depoimentos colhidos do Twitter:

Reporter João Victor@reporterjvictor

Muita gente postando no meu face que o pau cantou em olinda hoje , na praça da pitombeira.A policia teve que dar tiro pra cima pra diminuir.

miro acolá@mirobione

chocado com a quantidade de arrastões feat marginais em olinda.

João Cavalcanti@JaumCavalcanti

Terror na rua do sol, próximo ao dogão. Arrastão, pedras e policia dando tiro pra cima. Cuidado!

caio césar batista @caiocesarb

Cheguei faz uns 30 minutos das prévias, e não dá para passar mais de 1h lá não, base negativa, só pau e arrastão, segurança como sempre lixo

Bruno @Drunksfeelings

A pessoa tem que preparar o corpo antes de sair pra uma noite em Olinda, porque essa vida de corre de arrastão não dar.

 

 

9 thoughts on “Arrastões e brigas de galeras voltam a acontecer nas prévias carnavalescas em Olinda

  1. Sou morador da cidade alta e tenho que me privar de qualquer tipo de passeio aos domingos. Vândalos fazem todo tipo de arruaça e a guarnição é mínima. Alguns falam que é falta de educação dos frequentadores, mas educação não vai garantir a segurança dos moradores, precisamos de um contingente maior
    de policiais!!!

  2. Gostaria de saber se há alguma foto ou filme de ontem sobre os arrastões;pois cheguei em Olinda as 16:00 hs; (como sempre faço juntamente com esposa e filho todo ano),para aguardar a saida da Pitombeira e desde a saida até o final do percurso, não presenciei brigas ou arrastões, com exceção, de um veiculo que atravessou no meio do bloco e foi imediatmente vaiado. Fiquei espantado com o numero de foliões/turistas, maior que em anos anteriores.
    Sem mais;
    Mário Eugênio

  3. Faço parte de um grupo percussivo, ontem fizemos um arrastão (desfile) em Olinda, saímos às 16hs da Praça do Carmo e retornamos às 18hs para o mesmo ponto, ficamos na Cidade até às 21hs na Pitombeira e depois no ensaio do Patusco, não vi, em nenhum momento briga, arrastão ou coisas do gênero, a Cidade Alta estava lotada e vi alguns policiais. Esses incidentes podem ter ocorrido, mas não podemos generalizar.

  4. Cheguei em Olinda por volta das 3 da tarde e não vi qualquer briga por lá. A propósito, onde é a praça da pitombeira? A bem da verdade não vi nenhum policial por lá, e muito menos brigas. Mais depois dessa matéria, é bom que coloquem policiais que foi muita gente mesmo.

  5. Ontem cheguei em olinda por volta das 6 horas da noite e saí perto das 10 e meia. Não vi briga, arrastão, assalto e nenhuma confusão. Estava muito movimentado e bem iluminado. Gostei bastante. Fiquei entre a prefeitura e o mercado da ribeira e ainda passei um tempo próximo ao local do ensaio de patusco. Esta notícia está muito estranha.

  6. Passei o dia inteiro na cidade alta. Saindo do Alto da Sé em direção a Prefeitura, e presenciei um assaltado na frente da licoteria.
    5 homems desarmados tomaram a força o cordão e carteira de um homem, média 38 anos. Em seguida indo a uma festa no Mourisco, presenciei o que me pareceu um arrastão. Muita correria e alguns homens tomando objetos das pessoas.
    Olinda tem muitas câmeras que precisam ser verificadas o quanto antes para tentar conter essas pessoas que todo ano atrapalham o melhor da nossa festa, a liberdade.

  7. Eu sou morador do sitio histórico de Olinda a mais de 30 anos, ontem dia 13/01/2013 ( domingo ),por volta das 20:30,teve um arrastão que começou na ladeira da misericordia, passou pela a Rua bertioga e seguiu sentido a rua do bonfim com aproximadamente de 200 a 300 pessoas entre adultos, mulheres e crianças, por onde eles passavam quebravam tudo, todos os carros que estavam na rua foram depredados, quebraram os vidros, retrovisores, pessoas foram assaltadas, pisoteadas, foi um verdadeiro filme de terror,meu carro e o meu pai que ficam em frente a casa foram atingidos, agora só restou o prejuizo, não tinha policiamento suficiente para tantas pessoas, estamos entreges aos bandidos, peço em nome dos moradores do sitio histórico de Olinda que a prefeitura de Olinda e as policias maior impenho para combater esse tipo de barbaridade, geralmente esses arrastões ocorrem entre as 19:00 as 00:00, quando as pessoas
    estão indo embora.

    Fica aqui registrado minha indginação, Prefeitura e Policias façam alguma coisa ,aumentem o policiamento, não deixem coisas dessa natureza acabarem com o carnaval de Olinda !

  8. Esse pessoal que pedem para não generalizar, ou que nada presenciou, PEÇAM GRAÇAS A DEUS!!! A coisa é séria, e espero que não aconteçam com vocês!!! Presenciei em 2011 em umas das prévias UM ESPANCAMENTO na Praça do Carmo por causa de um cordão!!! E sem falar em grupo de mais de 20 ladrões lhe tirando o que tiver de objetos… Prometi que não mais voltaria em Olinda, até realmente isso acabar… Pois inúmeros fatos ocorreram em 2012 e agora em 2013 tudo se repetindo e ainda pior!!! Muitos amigos meus esse anos, estão sendo vítimas, “FATO”.
    Vocês querem ser vítimas??? Então não venham nos pedir para não generalizar ou ficar dizendo que tudo muito tranquilo!!!