Policiais e bombeiros terão posto para monitorar o Rio Capibaribe

Durante a consulta pública para a elaboração do Pacto pela Vida do Recife realizada nesse sábado, o secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, anunciou uma parceria com a Prefeitura do Recife para a instalação de um posto de monitoramento do Corpo de Bombeiros no Rio Capibaribe, no Centro do Recife. No local, também devem trabalhar guardas municipais e policiais.

Chamada pelo secretário de base fluvial, a unidade é uma iniciativa da SDS para melhorar o patrulhamento nas águas do Capibaribe. A ideia é utilizar um prédio do município que fica na Avenida Martins de Barros, em frente ao Fórum Thomaz de Aquino. O investimento necessário para a construção do posto é de R$ 2,5 milhões.

“Já temos algo semelhante na orla de Boa Viagem e queremos levar isso também para o Centro. O próximo passo para concretizar esse projeto é pedir autorização dos órgãos ambientais”, afirmou Damázio.

O secretário também pediu apoio da PCR para que a Guarda Msunicipal atue em parceria com a Polícia Militar nos postos comunitários. A ideia é que uma dupla de guardas fique nos postos prestando atendimento à população e acionando a polícia via rádio, enquanto os PMs estariam realizando a ronda na comunidade.

Com informações do Diario de Pernambuco

2 thoughts on “Policiais e bombeiros terão posto para monitorar o Rio Capibaribe

  1. A responsabilidade pela falta de bombeiros nos municípios brasileiros não pode ser considerada culpa dos atuais prefeitos, é algo que vem de muito tempo de desrespeito à categoria, uma legislação fraca, que não determina quantos bombeiros os municípios devem ter por número de habitantes e prefeitos despreparados pra gerir e gerar recursos.
    Os prefeitos e vices deviam se organizar e se preparar melhor pra lidar com essas e outras questões a dica ou conselho interessante é que existe uma organização suprapartidária que tem como objetivo auxiliar seus associados a administrar seus municípios http://www.anpv.org.br/ , fornecendo consultoria jurídica em todas as esferas do judiciário, e que pode ajudar a fazer pressão política por novas leis uma vez que os prefeitos juntos podem compartilhar experiencias.

  2. Muito legal essa tal de ANPV, não conhecia e achei super interessante o trabalho deles mas o que deve ser feito pra ajudar a ANPV Associação Nacional de Prefeitos e Vices?