Produtores de eventos reforçam segurança para tentar evitar furtos

As queixas frequentes de furtos em espaços exclusivos têm obrigado os organizadores de grandes eventos a adotarem algumas medidas de segurança. O produtor Augusto Acioli, que realiza várias festas no estado ao longo do ano, ressalta que em todos os seus eventos faz questão de informar, por meio de ofícios encaminhados ao poder público, a necessidade de policiamento.

Camila Bessoni, 24, estava em uma festa e flagrou um homem com a mão na sua bolsa. O empurrou e chamou os seguranças. Foto: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

Camila Bessoni, 24, estava em uma festa e flagrou um homem com a mão na sua bolsa. Foto: Bernardo Dantas/DP/D.A Press

“Faço comunicação a todos os órgãos e sempre temos equipes tanto da Polícia Militar como da Polícia Civil nas festas. Nas maiores conseguimos colocar inclusive as delegacias móveis, onde as queixas podem ser registradas na hora”, contou Acioli. Ainda segundo o produtor, além dos seguranças que trabalham identificados, outros estão entre o público, com as camisas do evento, para evitar os furtos. “Já conseguimos deter várias pessoas e todas foram encaminhadas para a delegacia”, revelou o empresário. Nos shows que realiza em espaços abertos, como no Oitão bar, na Tamarineira, o produtor conta com a ajuda de várias câmeras de segurança.

Prisão
Na segunda-feira passada, um homem que se passava por policial civil utilizando uma carteira funcional falsa foi preso no bairro de Santo Amaro por policiais do Batalhão de Policiamento de Radiopatrulha (BPRp). O suspeito foi detido sob a acusação de alugar um carro que havia sido roubado. “Ele costumava usar a carteira falsa para entrar em shows e grandes eventos para praticar furtos”, contou o tenente Érico Ferraz.

Leia mais sobre o assunto em:

Quadrilhas atuam furtando iPhones em camarotes e festas vips no Recife

Os comentários estão fechados.