Polícia Federal investiga algumas empresas de marketing multinível

A Polícia Federal (PF) está investigando várias empresas de marketing multinível (MMN) com atuação no território nacional. A informação foi dada ontem pelo chefe de Comunicação da PF em Pernambuco, Giovani Santoro, que acrescenta que “a recomendação é que as pessoas esperem as investigações da PF acabarem antes de se associar a esse tipo de negócio”.

“Empresas que prometem lucros exorbitantes têm boa chance de serem fraude. E é bastante perigoso fornecer dados bancários e pessoais para uma empresa que não é confiável. Há o risco desses dados serem usados para que seja criado um laranja em uma operação criminosa”, alerta Santoro. Ele diz que antes de se afiliar a uma empresa de MMN é fundamental checar como ela funciona, se o negócio é sustentável, e se há um bom serviço de atendimento ao cliente.

O porta-voz da PF conta que não pode revelar quais empresas estão sendo alvo de inquérito para não atrapalhar as investigações. Enquanto isso, na Polícia Civil, as apurações contra a Priples, com sede no estado, continuam em andamento. De acordo com o delegado autor do inquérito, Carlos Ferraz, o dono da empresa, Henrique Maciel Carmo de Lima, deve prestar depoimento amanhã. Segundo o delegado, desde a denúncia do Diario na terça-feira, vários outros usuários que se sentiram lesados procuraram a Delegacia do Ipsep para prestar queixa.

O advogado da Priples, Fernando Lacerda, disse à reportagem que a empresa “está aberta a colaborar com as investigações e que é sustentável e legal”. Disse também que já procurou a Delegacia do Ipsep. Quando questionado sobre como uma empresa de capital social de R$ 30 mil pode pagar lucros milionários aos afiliados, ele disse que ela contava com parceiros que garantiam os pagamentos, mas afirmou não saber mais detalhes por estar no caso há pouco tempo.

Por Hugo Bispo, Do Diario de Pernambuco

2 thoughts on “Polícia Federal investiga algumas empresas de marketing multinível

  1. 0la!

    Meu nome é José Carlos sou um a filiado Priples http://www.priples.com/carlosrj11,
    desde do dia 20 de Junho de 2013 fiz a minha primeira recarga de 300,00 no dia 07 de julho fiz a minha segunda recarga de 500,00 de acordo com o comprovante em anexo e até o presente momento a Priples não pagou as minhas comissões, e não acrescentou os 500,00 no meu escritório e nem sequer me da uma explicação.
    Gostaria de continuar sendo um afiliado Priples, e continuar a divulgar a boa imagem da Empresa, pois bem sabemos que uma informação negativa principalmente em rede social pode até destruir uma Empresa, esta não e minha intenção quero apenas que a Priples honre comigo assim como eu tenho feito.
    Caso contrario tomarei todas medidas cabíveis afim de reaver os meus prejuízos.
    Em tempo: Para agravar a situação bloquearam a minha conta eu não consigo mais acessar o meu escritório

    Aguardo deferimento.
    Att,
    José Carlos da Silva

  2. Carlos vc cometeu um erro em publicar esse fato que poderia ser resolvido no escritorio presencial da AV bernado Vieira de Melo 2240 , pois todos que chegaram la com esse problema foi resolvido.