Um banco assaltado por semana em Pernambuco

Do Diario de Pernambuco, por Paulo Trigueiro e Wagner Oliveira

Cinco homens foram presos depois de assaltarem e fazerem reféns clientes e funcionários do Banco Santander da Estrada do Arraial, em Casa Amarela. O crime aconteceu por volta das 15h de ontem e gerou muita tensão no local.

Segundo o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, com o assalto de ontem já foram registradas 24 ocorrências no estado desde o início do ano, o que corresponde a um assalto a banco por semana, em média. O número já supera a quantidade de assaltos do ano passado, quando 16 casos foram notificados pelo sindicato.

Policiais Militares foram acionados para a ocorrência em Casa Amarela. Fotos: Rafael Martins/DP/D.A Press

Policiais Militares foram acionados para a ocorrência em Casa Amarela. Fotos: Rafael Martins/DP/D.A Press

Várias viaturas da Polícia Militar foram enviadas ao local. De acordo com o comandante da operação, coronel Ronaldo Tavares, quatro homens entraram na agência e um deles portava uma arma de brinquedo. Com ela, um dos três vigilantes do banco foi rendido e teve sua arma tomada pelos criminosos. Em seguida, os outros dois vigilantes que estavam no térreo da agência foram rendidos também. Os suspeitos chegaram a roubar um malote de dinheiro que foi recuperado.

O delegado de Repressão ao Roubo, Mauro Cabral, afirmou que a quadrilha responsável pela ação de ontem já teria feito o reconhecimento do local anteriormente. “Cinco pessoas foram presas e cinco armas foram apreendidas, sendo quatro revólveres calibre 38 e uma arma de brinquedo”, afirmou o delegado.

Assaltantes foram presos e levados para a Delegacia de Repressão ao Roubo

Assaltantes foram presos e levados para a Delegacia de Repressão ao Roubo

O diretor do Sindicato dos Bancários, José Rufino, afirmou que hoje o sindicato irá procurar o Ministério Público de Pernambuco para cobrar o cumprimento da lei municipal que determina regras para a segurança dos bancos. “As agências continuam sem portas blindados e no caso de hoje, o banco deveria ter quatro vigilantes por ter dois pavimentos. No entanto, havia apenas um vigilante no primeiro andar e justo ele foi o primeiro rendido.”

Os suspeitos não foram agressivos, segundo os clientes. “Estava no local para fazer um depósito, mas não consegui. Mas os assaltantes não bateram em ninguém”, contou a aposentada Aurelinda Pereira.

Caetés
Dois caixas eletrônicos da agência do Bradesco do município de Caetés, no Agreste, foram explodidos na madrugada de ontem. Doze homens armados fugiram com uma quantia não informada.