Promotor entrega questionamentos à delegada do caso Sérgio Falcão

O promotor André Rabelo já entregou para a delegada Vilaneida Aguiar do Departamento de Homicíidos e Proteção à Pessoa (DHPP) as respostas das 17 perguntas que ele havia feito aos peritos do Instituto de Criminalística (IC) sobre o caso Sérgio Falcão. Segundo o promotor, os questionamentos respondidos pelos peritos não conseguiram o convencer que o empresário cometeu suicídio.

Promotor tem certeza de que a morte foi um homicídio. Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press

Promotor tem certeza de que a morte foi um homicídio. Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press

Rabelo vai esperar agora a delegada remeter o inquérito ao MPPE, o que deve acontecer ainda neste mês. “Por tudo que eu vi até agora, essa morte foi um homicídio. Os peritos estão pensando que são Deus. Numa investigação, a perícia, muitas vezez, é apenas 10% do resultado”, apontou o promotor. Em coletiva de imprensa na manhã dessa segunda-feira, o presidente da Associação da Polícia Científica de Pernambuco, Enock Santos, voltou a afirmar que o empresário Sérgio Falcão cometeu suicídio.

Os comentários estão fechados.