Delegado é baleado ao ir prender suspeito de crime na sede do Detran

Está hospitalizado e não corre risco de morte o delegado da Políca Civil de Pernambuco Ivaldo Pereira. Ele foi baleado na manhã desta quarta-feira (22), na sede do Detran, no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife, ao ir prender um homem que iria receber a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Delegado Ivaldo Pereira está hospitalizado. Foto: Alice de Souza/DP/D. A Press

Delegado Ivaldo Pereira está hospitalizado. Foto: Alice de Souza/DP/D. A Press

Segundo fontes da Polícia Civil, o delegado foi cumprir um mandado de prisão quando o homem que estava sendo preso reagiu e tentou pegar a arma do delegado. Ambos chegaram a travar luta corporal. Nesse momento, um policial que estava com Ivaldo puxou a arma para conter o suspeito e acabou atingindo acidentalmente a coxa do delegado nas dependências do Detran.

Ivaldo atualmente responde pela Seccional de Paulista. Ele foi socorrido e levado para o Hospital da Restauração (HR) e depois foi transferido para o Hospital Português. Segundo alguns delegados amigos de Ivaldo, ele está precisando de doação de sangue.

O caso está sendo investigado pela Corregedoria Geral da Secretaria de Defesa Social que abriu procedimento para apurar as circunstâncias do ocorrido. O nome do agente que efetuou o disparo acidental e do homem que foi preso não foram divulgados pela polícia.

Garoto de seis anos morreu após ser baleado por criminosos

Miguel Almeida de Lima Freitas, tinha apenas seis anos. Depois do almoço, pediu ao pai e aos avós para ir brincar com colegas na rua onde morava, no bairro do Totó. Era por volta das 16h do último sábado quando Miguel foi atingido por um tiro na cabeça. Ele estava na esquina da Rua Tarituba, nas proximidades do antigo Presídio Professor Aníbal Bruno, quando teve a vida interrompida.

Menino foi morto perto de casa. Fotos: Wagner Oliveira/DP/D.A Press

Menino foi morto perto de casa. Fotos: Wagner Oliveira/DP/D.A Press

Após os familiares o virem ferido, o menino foi socorrido e levado para o Hospital Otávio de Freitas (HOF), de onde foi transferido para o Hospital da Restauração (HR). Miguel não resistiu e morreu no início deste domingo. No local onde ele morava, a tristeza e a revolta tomaram conta de todos. “Esse lugar aqui está bronca. Os bandidos tomaram conta de tudo”, disse um vizinho sem revelar o nome.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O sepultamento do corpo do garoto deve ocorrer nesta segunda-feira, no entanto, a família ainda não definiu o horário nem o cemitério. Segundo a polícia, a vítima estava jogando bola de gudes quando o rapaz que seria o alvo dos disparos correu para onde um grupo de crianças estava e teria usado Miguel para se proteger.

Ao blog, o avô do menino, o aposentado Antônio Alves da Silva, 67, questionou onde estava a segurança da qual o governo do estado e o poder municipal tanto têm falado. “Não vejo segurança nenhuma. Meu neto foi morto à luz do dia e quase na porta de casa”, desabafou.

Turista alemão baleado na favela da Rocinha está em estado grave

O turista alemão Daniel Baijaim continua internado na unidade semi-intensiva do Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, onde foi operado nessa sexta-feira (31), depois de ser baleado quando passeava com um amigo na Favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

De acordo com informação dada neste sábado pela assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, o estado de Baijaim é estável, mas ainda considerado grave. A bala atingiu o fígado do estrangeiro.

Em nota divulgada na sexta-feira, a assessoria das unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) informou que Daniel Baijaim e um amigo, também alemão, desciam uma escadaria na comunidade quando se depararam com uma pessoa armada. Os dois fugiram, com medo. Foi então que o desconhecido atirou, ferindo Baijaim na barriga.

O turista foi encontrado por um morador em um beco, na localidade conhecida como Roupa Suja, e levado para os policiais da UPP, que o encaminharam ao hospital. A UPP da Rocinha foi instalada há oito meses e conta com um efetivo de cerca de 310 policiais. O crime está sendo apurado pela Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat).

Da Agência Brasil

Imagens da confusão na frente do Náutico já estão em poder da polícia

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil já está com as imagens da câmera do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods) que filmaram o momento da agressão sofrida pelo jovem de 19 anos na noite do último sábado. De acordo com a SDS, as imagens analisadas mostram vários homens usando jaquetas pretas e coletes à prova de balas dentro de um ônibus, nas imediações do Náutico, em uma moto e em um carro.

O encontro entre os integrantes de duas torcidas rivais gerou mais um episódio de violência no Recife. Um rapaz que estava com a camisa da Fanáutico, torcida organizada do clube alvirrubro, foi baleado na cabeça depois de um ônibus lotado de torcedores do Sport ter passado em frente aos Aflitos e as duas torcidas terem se desentendido. Lucas de Freitas Lyra, 19 anos, foi atingindo na cabeça. Ele foi submetido a uma neurocirurgia no Hospital da Restauração (HR) e o seu estado de saúde e considerado grave.

Clima ficou tenso na frente do estádio após a confusão. Foto: Teresa Maia/DP/D.A.Press

Testemunhas afirmam que o tiro foi supostamente disparado por um homem que estava escoltando o ônibus de uma empresa que fazia linha para a Zona Norte e usava um colete amarelo com o nome apoio. Algumas pessoas dizem ainda que, além do tiro que atingiu Lucas, outros tiros teriam sido disparados. Houve corre-corre e pânico nas imediações do clube.

Com base nos relatos de pessoas que presenciaram a confusão, antes do início do jogo entre Náutico e Central, marcado para as 19h, alguns coletivos começaram a passar pela Avenida Rosa e Silva com torcedores da Torcida Jovem. …Continue lendo…