Rua da Aurora ganhará nova cara e policiamento 24 horas

O autônomo José Rivaldo da Silva, 46, mora na Rua da Aurora há duas décadas e não pensa em se mudar. Mas apesar de morar em um dos cenários mais bonitos da capital, ele utiliza pouco o espaço. Como muitos moradores, teme por sua segurança e sente falta de uma melhor infraestrutura.

Ontem Rivaldo passeava com sua cadela, que batizou de Aurora, enquanto apontava os defeitos do cartão-postal. “À noite é muito perigoso e a área de lazer está abandonada.” Mas esse cenário pode estar perto de mudar. Isso se o projeto que está sendo desenvolvido pela Empresa de Urbanização do Recife (URB) for aprovado pela gestão municipal e sair do papel.

A proposta, segundo a diretora de projetos do órgão, Norah Neves, é entregar à cidade e aos turistas um Cais da Aurora novo, onde ser possa observar a beleza do Recife e aproveitar os espaços de lazer. (Leia matéria no site do Diario de Pernambuco)

Para garantir que os futuros equipamentos não sejam depredados, ações de segurança também estão sendo desenvolvidas. Um quiosque instalado no Cais da Aurora, em frente à Secretaria de Planejamento e Gestão do estado (Seplag) está sendo reformado para se tornar posto de policiamento. De acordo com o inspetor Marcílio Domingos, comandante da Guarda Municipal do Recife, o local irá funcionar 24 horas.

Obras no quiosque já foram iniciadas. Foto: Alcione Ferreira/DP/D.A Press

Obras no quiosque já foram iniciadas. Foto: Alcione Ferreira/DP/D.A Press

O local vinha sendo ocupado por moradores de rua. Ontem, vários lavavam e estendiam suas roupas sobre bancos e grades da via. “Atuaremos com dois guardas municipais e PMs. A região tem um problema grande de drogas e precisa de atenção especial”, destaca Marcílio Domingos. Caso as obras do quiosque sejam concluídas no fim deste mês, como previsto, a inauguração deve acontecer na primeira semana de setembro.

Prostituição
Apesar de não estar na Rua da Aurora, o local que abriga todos os dias dezenas de mulheres que vendem o corpo para comprar drogas também deverá ser revitalizado. Mas a diretora de projetos da URB, Norah Neves, afirmou que ainda não sabe que tipo de intervenção será realizado para dar cara nova à Avenida Prefeito Arthur Lima Cavalcanti.

Projetos sobre segurança pública podem ser votados nesta semana

O Plenário pode votar nesta semana projetos relacionados à segurança pública e à violência no trânsito. Uma comissão geral (sessão de debates) sobre esses temas será realizada na manhã desta terça-feira (19), e as propostas consideradas prioritárias podem começar ser votadas na quarta-feira (20), em sessão extraordinária.

Poderão entrar em pauta, por exemplo, o Projeto de Lei 6690/02, da Comissão Mista de Segurança Pública, que estabelece normas gerais sobre o funcionamento das polícias estaduais e do Distrito Federal, especificando princípios, competências e estrutura organizacional básica de suas unidades.

Tramita em conjunto com esse projeto o PL 1949/07, do Executivo, que trata do mesmo tema, mas apenas para as polícias civis (Lei Geral da Polícia Civil). Os projetos a serem votados serão definidos pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e pelos líderes partidários.

No dia da comissão geral, o portal e-Democracia, da Câmara, abrirá uma sala de bate-papo para que os internautas também possam debater o tema. Por meio de um link, será possível fazer comentários ou dar sugestões enquanto estiver ocorrendo o debate no Plenário da Câmara.

Indenização para policiais
Outro projeto previsto é o PL 4264/12, do Executivo, que cria indenização para policiais federais, policiais rodoviários federais e auditores da Receita Federal em exercício em localidades fronteiriças estratégicas para a prevenção, o controle, a fiscalização e a repressão de delitos.

Também pode ser analisado o Projeto de Lei 5546/01, de autoria dos deputados Nilmário Miranda (PT-MG) e Nelson Pellegrino (PT-BA), que cria medidas preventivas e regras especiais para a investigação do crime de tortura contra pessoas detidas pela polícia.

Da Agência Câmara