Reforço de segurança para bairros mais violentos do Recife

Do Diario de Pernambuco, por Larissa Rodrigues

Um levantamento da Secretaria de Segurança do Recife identificou os 15 bairros mais violentos da cidade. Uma das armas para combater a criminalidade será um reforço no controle urbano dessas áreas. O município anunciou a contratação de mais 321 guardas municipais para atuar na proteção do patrimônio público. A conta da depredação chega a R$ 2 milhões por ano.

Guardas municipais ajudarão a combater a depredação. Foto: Joao Velozo/ Esp. DP/ D. A Pres

Guardas municipais ajudarão a combater a depredação. Foto: Joao Velozo/ Esp. DP/ D. A Pres

A ideia é economizar esses recursos por meio da prevenção. São estátuas pichadas, bancos, brinquedos e lâmpadas quebrados pela própria população nas praças e espaços públicos, além de materiais como fios de eletricidade roubados. O Parque 13 de Maio, no Centro, é alvo de vandalismo, mesmo com quatro agentes na segurança e câmeras 24h. O projeto de revitalização do parque, orçado em R$ 40 mil ainda não tem data para começar. O local padece com bancos quebrados e pichações, apesar de lá haver seis câmeras de segurança instaladas.

De acordo com o secretário municipal de Segurança Urbana, Murilo Cavalcanti, a prioridade são os bairros mais violentos dos 94 que compõem e capital. Entre eles, estão Ibura, Várzea e Torrões. Os guardas novatos trabalharão em escolas, postos de saúde, praças e parques, além do Centro Comunitário da Paz (Compaz) do Alto Santa Terezinha, na Zona Norte, que deve ser inaugurado até o fim deste ano. Atualmente, o Recife conta com 1.104 guardas, sendo 427 lotados na Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), 642 no Patrimônio e 35 na Brigada Ambiental.

Os novos guardas receberam cursos de trânsito e de preservação ambiental e podem atuar tanto no patrimônio quanto na CTTU. Mas, segundo Murilo Cavalcanti, uma porcentagem pequena e ainda não definida irá para a CTTU. O treinamento dos novatos incluiu seis aulas sobre cultura cidadã ministradas pelo próprio secretário. Todos tomam posse no dia 30 de outubro, em solenidade no Centro de Convenções.
“Mapeamos a cidade e verificamos que o Recife não é violento, mas tem bairros violentos. Dos 94 bairros da capital, pelo menos 60% da violência se concentra em 16.

Vamos priorizar a atuação nesses locais. A guarda hoje está sobrecarregada porque o quantitativo é pequeno”, afirmou Murilo Cavalcanti. Segundo ele, a melhoria no controle urbano irá ajudar de forma indireta no combate à violência. “Os guardas também vão combater agressões a professores e agentes de saúde”, acrescentou o secretário.

O concurso foi realizado em janeiro deste ano. Foram 1.355 vagas oferecidas e 45 mil candidatos inscritos. Ainda de acordo com a Secretaria de Segurança Urbana, o restante dos aprovados devem ser chamados até o final desta gestão. Serão pelo menos outras três turmas formadas. “O Brasil vem perdendo a luta contra a violência e é necessária a participação de todos os agentes da sociedade para reverter a situação”, ressaltou o prefeito. O gestor também citou outras ações de combate à violência como o Pacto pela Vida do Recife, inspirado na política estadual.

Saiba mais:

Em 2013, 51% dos homicídios do Recife aconteceram nos seguintes bairros:

Pina
Imbiribeira
Vasco da Gama
Água Fria
Campo Grande
Ibura
Cohab
Torrões
Ilha Joana Bezerra
Jardim São Paulo
Várzea
Areias
Dois Unidos
Nova Descoberta
Afogados

Esses 15 bairros juntos somam 157 praças e áreas verdes onde os 321 novos guardas vão atuar

133 é o número de escolas e creches nos 15 bairros

R$ 36 milhões é o valor que a Secretaria de Educação do Recife investiu em manutenção preventiva e corretiva em 268 escolas e creches municipais entre 2013 e 2015

R$ 10 milhões foi gasto com reparos a depredações de cobertas, pichações nos muros, além de portas, luminárias e vasos sanitários quebrados em atos de vandalismo

Em algumas escolas, a Secretaria precisou voltar quatro vezes para refazer serviços por conta de depredações. Em uma delas, foi investido mais de R$ 400 mil

Fonte: Prefeituta do Recife