Todos suspeitos de participar da morte do policial militar estão identificados

A polícia já identificou os outros dois suspeitos de participação na morte do soldado da PM Moisés Félix da Silva, 35 anos, assassinado na noite da terça-feira, na Ilha de Itamaracá, após uma tentativa de assalto. Segundo o delegado Gilmar Rodrigues, dois homens foram autuados em flagrante no mesmo dia da morte. A outra dupla de suspeitos está sob custódia em dois hospitais da RMR porque foram baleados pelo PM no confronto.

Gilmar Rodrigues investiga o caso. Foto: Lilian Pimentel/Esp/DP/D.A Press.

“Sabemos quem foi o autor dos disparos e quem tentou tomar o cordão de prata do policial antes da troca de tiros. O rapaz que atirou, inclusive, já estava com dois mandados de prisão decretados contra ele por crimes de roubo. Ele é apontado como chefe de uma quadrilha de assaltantes”, apontou Rodrigues. Moisés entrou na polícia há seis anos, era casado e deixou uma filha. Ele estava de folga no momento do crime.

Leia mais sobre o assunto em:

Dois suspeitos de matar PM em Itamaracá estão presos

Policial militar assassinado durante desfile de bloco de carnaval

 

Os comentários estão fechados.