Crimes contra mulheres seguem sem freio em Pernambuco

No primeiro mês deste ano, segundo a polícia, um total de 20 mulheres foram assassinadas em Pernambuco. O número assusta e deixa a polícia de orelhas em pé. O caso mais recente de violência contra a mulher aconteceu nessa terça-feira, em Tracunhaém, Zona da Mata de Pernambuco. O canavieiro Carlos André da Silva, 38 anos, golpeou com uma faca peixeira a ex-mulher, Severina José Balbino, 28, após ela ter tirado R$ 5 da pensão paga por ele e dado ao sobrinho.

Homem foi preso após matar a mulher e a cunhada. Foto: Reprodução TV Clube

Na discussão, o suspeito também matou a ex-cunhada. O canavieiro foi encontrado pela polícia há cerca de 150 metros da casa das vítimas, no loteamento Liberdade, após ser denunciado por moradores. Por pouco ele não foi linchado. Ele prestou depoimento na delegacia da cidade e foi conduzido para o presídio de Vitória de Santo Antão. As mortes aconteceram na frente da mãe das vítimas e de duas crianças. O suspeito, que confessou o crime, estava separado há três meses e tentava reatar o relacionamento, mas a ex-mulher não queria voltar porque era muito agredida pelo acusado.

Campanha – Preocupado com a demora de algumas mulheres em procurar a ajuda da polícia, o Núcleo de Apoio à Mulher do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), deu início a uma campanha. Segundo o MPPE, elas esperam, em média, cinco anos para quebrar o silêncio e denunciar à polícia uma situação de violência doméstica praticada pelo companheiro. Essa demora para tomar uma decisão pode ser fatal. Em 30% desses casos é configurada a violência doméstica.

Muitas vítimas demoram para denunciar as agressões. Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A.Press

Crimes- A gestora do Departamento de Polícia da Mulher, a delegada Lenise Valentim, disse que entre os anos de 2011 e 2012 o número de homicídios de mulheres em Pernambuco caiu, passando de 273 casos para 207. Porém, o início deste ano tem preocupado a polícia. “Estamos com o sinal de alerta ligado. Registramos casos de assassinatos com uso de muita violência”, comentou a delegada. Desde o último dia 1º de março, uma campanha tratando sobre a violência contra a mulher está sendo divulgada nas rádios e TVs. “Queremos ter um alcance ainda maior do que tivemos quando a campanha foi veiculada nas contas de água da Compesa”, disse o promotor João Maria Rodrigues.


SAIBA MAIS

Assassinato de mulheres

No Brasil, 4 mil mulheres são mortas por ano

O país está em 7º lugar em taxa de homicídios contra as mulheres

70% dessas vítimas são mortas pelos companheiros ou ex-companheiros

Em Pernambuco

Houve redução de 40% no número de assassinatos de mulheres de 2006 até agora

Em janeiro deste ano foram contabilizados 20 homicídios. No mesmo período do ano passado, a polícia
somou 22 crimes

Serviço

Telefones Úteis

Ligue 180/Central de Atendimento à Mulher: 180

Disque-Denúncia da Criança e do Adolescente: 100

Disque-Denúncia: 3421-9595

Polícia Militar (Centro Integrado de Operações da Defesa Social – Ciods): 190

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu: 192

Corpo de Bombeiros: 193

Com informações do Diario de Pernambuco

 

Os comentários estão fechados.