Polícia investiga exposição de fotos de adolescentes nuas do Facebook

A Polícia Civil está investigando a divulgação de várias fotos onde alunas de escolas de classe média alta das zonas Norte e Sul do Recife aparecem nuas em um grupo fechado no Facebook. O caso que envolve adolescentes de 12 a 17 anos está sendo investigado pela Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA), desde o início do mês passado. Cerca de 60 estudantes faziam parte do grupo que já foi retirado do ar. Mais de 40 fotografias das alunas estavam expostas.

A investigação corre em segredo de Justiça, no entanto, o Diario descobriu que muitos adolescentes já prestaram depoimento e que as imagens que estavam sendo compartilhadas foram enviadas aos meninos pelas próprias garotas. Porém, elas não tinham conhecimento de que as fotos seriam divulgadas para o grupo. O caso traz à tona a exposição dos jovens na internet.

Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), é crime adquirir, possuir ou armazenar vídeo ou fotos com pornografias ou cenas de sexo explícito que envolvam crianças e adolescentes.

Leia matéria completa na edição impressa do Diario de Pernambuco deste sábado.

Saiba mais sobre crimes em internet no link abaixo:

Canal de denúncias da Polícia Federal recebe até queixas de desilusões amorosas

2 thoughts on “Polícia investiga exposição de fotos de adolescentes nuas do Facebook

  1. A PF devia investigar também páginas do facebook a qual recebem o nome DEPRESSÃO e outras do gênero. Muitas delas passam dos limites, são fotos montagens de pessoas incluindo políticos, artistas, cantores, cada uma mais grave que a outra, muita gente não sabe que teve suas fotos roubadas e o pior de tudo é ver pessoas curtindo e incentivando através de comentários. O facebook conseguiu ficar pior que o orkut em questão de baixarias e até crimes e não vejo a polícia fazer campanhas ou investigações contra isso.