Compaz do Cordeiro deve ficar pronto em abril de 2014

Abril do próximo ano é o prazo para que o Centro Comunitário da Paz (Compaz) do bairro do Cordeiro fique pronto. As obras foram iniciadas na manhã de ontem e a promessa da Prefeitura do Recife é de transformar o antigo Clube da Chesf em um equipamento destinado aos moradores de vários bairros da região. O espaço reunirá cultura, lazer e prestação de serviços.

A ordem de serviço para o início da construção foi assinada pelo prefeito do Recife, Geraldo Julio, e pelo governador do estado, Eduardo Campos. O investimento total da obra será de R$ 7,7 milhões e contará com recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal. Serão beneficiados os bairros do Bongi, Torrões, San Martin, Cordeiro e Engenho do Meio.

Maquete do centro foi exposta na quadra. Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press

Maquete do centro foi exposta na quadra. Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press

A dona de casa Célia Moraes, 55 anos, acompanhou o início das obras do Compaz e disse ter esperanças de que os jovens do seu bairro possam aproveitar bem o espaço. “Moro no Engenho do Meio e espero que esse Compaz possa oferecer oportunidades aos jovens da nossa comunidade. A violência existe em todo lugar, por isso, quanto mais tempo os jovens passarem longe dela, melhor será para o futuro deles”, opinou Célia, que ouviu atenta os discursos do prefeito e do governador.

O objetivo do Compaz é atender pessoas de todas as idades, com foco principal nos jovens. Para isso, serão oferecidos cursos de capacitação e oficinas. O centro será erguido em um terreno de 17 mil metros quadrados, no cruzamento das avenidas Abdias de Carvalho com a General San Martin, e terá biblioteca, ginásio coberto, piscina, campo de futebol, quadra de tênis e uma pista de skate.

Quem for utilizar o Compaz do Cordeiro terá à disposição videoteca, ludoteca, audioteca e um auditório para 180 lugares. Segundo a prefeitura, serão oferecidos também serviços do Procon, Expresso Cidadão, mediação de conflitos e apoio psicossocial. O secretário executivo de Segurança Urbana do Recife, Eduardo Machado, representou o secretário Murilo Cavalcanti no evento e ressaltou a importância do equipamento para a cidade.

Começa a ser construído nesta sexta-feira o 1º Compaz do Recife

Cinco meses depois de ter assinado o Protocolo de Intenções, a Prefeitura do Recife, enfim, vai iniciar as obras do primeiro Centro Comunitário da Paz (Compaz) da cidade. Esta previsto para esta sexta-feira o início das obras da unidade que vai funcionar no bairro do Cordeiro, no prédio onde já foi o Clube da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf).

O principal objetivo do Centro é oferecer alternativas para prevenir a criminalidade, combater o consumo de drogas, principalmente entre os jovens, além de funcionar como uma ferramenta de inclusão social, criar alternativas de lazer, esportes e cultura e fortalecer a cidadania dos recifenses. O obra total está orçada em R$ 7,7 milhões.

O primeiro Compaz, que vai funcionar em uma área de 17 mil metros quadrados, contará com biblioteca, cine teatro, piscina, ginásio coberto, quadra de tênis, campo de futebol; entre outros equipamentos de cultura e lazer. Além disso, o espaço oferecerá aos moradores do entorno cursos de capacitação profissional para jovens em situação de risco, mediação de conflitos, acesso à Justiça, políticas de prevenção às drogas e violência e apoio psicológico para pessoas em situação de desagregação social.

Leia mais sobre o assunto em:

Primeiro Compaz será no antigo Clube da Chesf