PMs e agentes penitenciários têm assembleia nesta terça

Estão previstas para a tarde desta terça-feira duas assembleias de categorias ligadas à segurança pública. Depois do anúncio feito nessa segunda-feira pelo governo do estado sobre as promoções de 5.485 policiais militares, a categoria vai se reunir às 16h, no Teatro Guararapes, para decidir se aceita ou não as propostas do governo.

Além das mudanças nas graduações e postos dos militares, a Secretaria de Administração anunciou que os PMs passarão a receber R$ 246,40 de vale-refeição (aumento de 60%) e que a gratificação de motorista será reajustada em 82,52%, ficando em R$ 160. O outro grupo que tem encontro às 17h desta terça-feira são os agentes penitenciários de Pernambuco.

A assembleia dos agentes acontece na sede no sindicato, na Rua do Riachuelo, na Boa Vista. A categoria pede a realização de concurso público para o cargo de agentes, melhores condições de trabalho e equipamentos novos de segurança. Atualmente existem pouco mais de 1,4 mil agentes para guardar 31 mil presos nas 20 unidades prisionais do estado.

Promoções de PMs não afasta a possibilidade de greve

A terceira rodada de negociações entre governo do estado, policiais e bombeiros militares terminou nessa quarta-feira com o anúncio de 3.791 promoções, além de promessas de aumento no valor do tíquete-refeição e na gratificação de motorista. O percentual de reajuste dos benefícios ainda está sendo estudado e somente deve ser anunciado à categoria na próxima segunda-feira, em mais um encontro na Secretaria de Administração do estado.

Tropa espera que outros pedidos sejam atendidos. Foto: Nando Chiappetta/DP/ D. A Press

Tropa espera que outros pedidos sejam atendidos. Foto: Nando Chiappetta/DP/ D. A Press

Representantes da categoria, no entanto, ainda se dizem insatisfeitos com a proposta do governo. Eles pleiteiam a implantação de um plano de cargos e carreiras. Segundo eles, são 2,2 mil soldados com mais de 10 anos sem promoção e 4,7 mil cabos com mais de 20 anos, nas mesmas condições, quando o aumento de salário deveria acontecer com base no tempo de serviço ou merecimento. A tropa apresentou proposta de pelo menos cinco mil promoções. “Vamos explicar as sugestões em assembleia com a categoria na terça-feira e decidirmos se aceitamos ou não”, disse Albérison Carlos, da Associação de Cabos e Soldados.

O maior número de atendidos com o aumento de salário está na PM, onde 1.579 soldados serão promovidos a cabo. Entre os bombeiros, 375 soldados promovidos para cabo e 369 cabos elevados a 3º sargento. “As promoções são a principal demanda da tropa. Mas a criação de um plano de cargos e carreiras em 15 dias, período das últimas negociações, é impossível. Vamos manter a conversação e ver o que é possível”, disse o secretário de Administração, Milton Coelho.

Aprovados de 2009 fizeram mais um protesto. Foto: Teresa Maia/DP/D.A Press

Aprovados de 2009 fizeram mais um protesto. Foto: Teresa Maia/DP/D.A Press

O secretário, no entanto, não quis falar sobre os concursados da PM do ano de 2009, cujo prazo de contratação expira no dia 18 deste mês. “Esse assunto é da PM, que segue os critérios do edital do concurso”. Ontem pela manhã, um grupo que participou do exame fez uma passeata no Centro do Recife. Eles alegam que dos 19 mil classificados, oito mil aguardam as próximas fases do processo. Em 2 de janeiro, o governador Paulo Câmara anunciou que fará novo concurso para as polícias Civil e Militar este ano.

Saiba mais

As promoções definidas pelo governo

3.791
policiais e bombeiros serão promovidos, sendo:

2.909 policiais militares
882 bombeiros

1.579
soldados serão promovidos a cabo, o maior contingente envolvido na decisão

27.492
profissionais formam o efetivo da PM

2.637
bombeiros integram o Corpo