Paulista ganha central de videomonitoramento

Dezesseis câmeras de videomonitoramento começaram a funcionar desde ontem no município de Paulista, na Região Metropolitana do Recife. As cenas registradas nos equipamentos serão gravadas e acompanhadas 24 horas por uma equipe, formada sempre por um policial militar e um guarda municipal, de plantão no Centro Integrado de Segurança, (CIS), na área central do município. O projeto custou R$ 800 mil, com contrapartida de R$ 127 mil da prefeitura, e inclui 13 quilômetros de cabo de fibra ótica.

Foto: Prefeitura de Paulista/Divulgação

Foto: Prefeitura de Paulista/Divulgação

O major André Ângelo, comandante do 17º Batalhão, informou que o modelo ajuda a agilizar a ação policial. “Os policiais não podem estar em todos os locais ao mesmo tempo. As viaturas terão um link direto com essa central identificando o criminoso e fazendo com que a viatura chegue mais rápido para verificar a abordagem”, explicou. O oficial disse, ainda, que as imagens poderão servir de provas contra suspeitos. Outra novidade no município é o projeto Garupa, da PM. Dois PMs em uma moto irão atuar no apoio à equipe da sala de videomonitoramento. Ao todo serão vinte homens em dez motos.

Um projeto piloto de videomonitoramento foi montado no bairro de Maranguape e, segundo o secretário de segurança cidadã, Manoel Alencar, vem surtindo efeito. “Instalamos o ônibus de videomonitoramento em agosto e de lá para cá não registramos mais homicídios no bairro”, garantiu. Antes disso, Alencar falou que eram registrados cinco assassinatos por mês na localidade, principalmente ligados ao tráfico de drogas. As câmeras foram instaladas em pontos estratégicos, como nas entradas da cidade, no comércio e nas principais praças dos bairros de Jardim Paulista, Paratibe, Aurora, Centro, Maranguape I e II, Nobre, Alameda e Vila Torres Galvão.

Jaboatão inaugura Sistema de Videomonitoramento

Para tentar inibir um pouco a violência no município, a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes inaugura nesta quarta-feira, às 16h, na Praça Nossa Senhora do Rosário, o Sistema de Videomonitoramento de Jaboatão Centro, Regional 1. Serão instaladas dez câmeras, equipamentos que vão mapear as Avenidas General Manoel Rabelo, Barão de Lucena e Visconde do Rio Branco, as de maior movimento no Centro de Jaboatão. São nessas vias onde estão concentradas as agências bancárias e grande parte do comércio.

Foto: Marcelo Ferreira/PMJG

Central vai monitoras as 25 câmeras. Foto: Marcelo Ferreira/PMJG

Os equipamentos serão monitorados de forma conjunta com a Polícia Militar. O objetivo é agilizar as ações das equipes de patrulhamento e auxiliar no cumprimento da ordem pública de forma mais ampla, bem como no monitoramento do trânsito local. Os recursos usados para a aquisição e instalação das câmeras – um investimento de cerca de R$ 207 mil – são oriundos do tesouro municipal.

No total, 25 câmeras de monitoramento foram adquiridas para promover a segurança nos locais onde forem instaladas e preservar o patrimônio público contra ações de vandalismo. As outras 15 serão instaladas brevemente em Prazeres, Regional 5.

Para isto, o prefeito Elias Gomes assinou, em outubro de 2015, a autorização para contratação de uma empresa especializada em circuito fechado de TV, viando a implantação do sistema que permitirá o monitoramento. Um ônibus equipado com quatro monitores e seis câmeras (quatro externas e duas internas) foi adquirido em parceria com Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP).

Com informações da assessoria de imprensa

Marco Zero ganha câmera de monitoramento

Mais um equipamento de videomonitoramento está em funcionamento no Bairro do Recife. É que a Secretaria de Segurança Urbana do Recife instalou, nessa quinta-feira, uma câmera de videomonitoramento que irá reforçar a vigilância no Parque das Esculturas e no Marco Zero. As imagens captadas estão sendo monitoradas 24h por dia, no Centro de Operações da Prefeitura do Recife.

Equipamento já está funcionando. Foto: Inaldo Menezes/PCR

Equipamento já está funcionando. Foto: Inaldo Menezes/PCR

A câmera, instalada ao lado do Centro de Artesanato de Pernambuco, possui infravermelho, zoom de até 400 metros, giro de 360º horizontal e 270º vertical. O equipamento irá ajudar a coibir atos de violência no local e identificar suspeitos de atos de vandalismo.