ACS-PE faz manual para orientar novos PMs na atuação durante o carnaval

A associação Pernambucana dos Cabos e Soldados (ACS – PE) elaborou um panfleto com dicas para os 1.390 alunos do Curso de Formação de Soldados (CFSd) que estarão estagiando durante a folia de momo em todo o estado (confira as dicas abaixo). A idéia é minimizar as possibilidades de riscos de vida para os mesmos, já que eles estarão fardados e sem armamento. O material já está no ar no site da entidade e será distribuído nos principais focos de animação.

“Além disso, disponibilizamos para todos os policiais e bombeiros militares (antigos e novinhos associados da ACS – PE) uma equipe de advogados”, conta o coordenador Renílson Bezerra. Esses profissionais estarão à disposição da tropa, 24 horas por dia, durante todo o carnaval. Das 18h da sexta- feira (08/02) até as 18h da Quarta-feira de Cinzas. As dicas a seguir são direcionadas ao efetivo militar, porém, algumas delas, servem também como orientação para o folião que vai aproveitar o carnaval.

Veja o que diz o panfleto que será entregue aos novos PMs:

NOVINHO, FIQUE LIGADO!

- EVITE ANDAR SOZINHO. ANDE SEMPRE EM GRUPO;
- NUNCA HAJA SOZINHO E NÃO TENHA VERGONHA DE PEDIR APOIO AOS ANTIGOS. LEMBRE-SE: VOCÊ NÃO É HERÓI, É DE CARNE E OSSO E NEM TEM EXPERIÊNCIA EM OCORRÊNCIAS;
- NÃO HAJA COM EMOÇÃO. NÃO LEVANTE A TONFA PARA AGREDIR ALGUÉM. HAJA SEMPRE COM CAUTELA AO USAR TAL EQUIPAMENTO;
- NEM SEMPRE O ATAQUE É A MELHOR DEFESA. GARANTA PRIMEIRO A SUA PROTEÇÃO E A DO SE COMPANHEIRO;
- ESTEJA SEMPRE ATENTO. CASO ALGUÉM LHE CHAME PARA ALGUMA OCORRÊNCIA FORA DO FOCO DA FOLIA, CHAME SEMPRE OUTRA PATRULHA;
- CASO HAJA OCORRÊNCIA COM TIROS, DEIXE QUE A POLÍCIA ESPECIALIZADA OU GRUPO DE POLICIAIS COM ARMAS CHEGUE AO LOCAL E ASSUMA OS RISCOS;
- SE HOUVER VÍTIMA, FAÇA O ISOLAMENTO DO LOCAL, POR PRECAUÇÃO;
- AO TERMINAR O SERVIÇO, TROQUE IMEDIATAMENTE DE ROUPA. NÃO SAIA FARDADO;
- SE PUDER, AO SAIR DO LOCAL DA FOLIA, PEGUE UM TAXI ATÉ PELO MENOS DOIS QUILÔMETROS LONGE DO LOCAL ONDE ESTAVA ATUANDO;
- SE FOR PEGAR ÔNIBUS, NÃO FIQUE EM PARADAS COM AGLOMERAÇÕES DE PESSOAS. AGUARDE AFASTADO E OBSERVE O AMBIENTE E EVITE ANDAR EM ÔNIBUS LOTADOS;
- ANDE COM POUCO DINHEIRO NA CARTEIRA. O SUFICIENTE PARA O TÁXI DA VOLTA PARA CASA;
- LEVE SEMPRE RG E CÓPIA DE CONTRA-CHEQUE OU QUALQUER DOCUMENTO QUE COMPROVE SUA PARTICIPAÇÃO NO CFSD.
- USE CELULARES SIMPLES, POUCO ATRATIVOS;
- EM CASO DE EMERGÊNCIA, LIGUE PARA O PLANTÃO JURÍDICO DA ACS- PE. ESTAREMOS FUNCIONANDO 24 HORAS.

PMs reclamam do valor pago na diária das eleições

Os policiais militares que estão trabalhando nas eleições nesse domingo em todo o estado não estão nada satisfeitos com o dinheiro que irão receber pelo dia de serviço. Segundo a Associação dos Cabos e Soldados (ACS), muitas denúncias foram feitas desde a semana passada reclamando do valor de R$ 54 que foi oferecido pela Secretaria de Defesa Social (SDS).

PMs fazem a segurança dos locais de votação. Raphael Guerra/DP/D.A Press

“Como pode o policial ganhar R$ 120 por oito horas de serviço e agora passar a receber R$ 54 por 12 horas ou 24 horas trabalhadas? O profissional está longe de sua residência, em deslocamento. Precisa estar bem alimentado, descansado e limpo. Será que R$ 54 dá para as três refeições?”, indagou o coordenador Renílson Bezerra.

A ACS teve acesso às escalas dos PMS e entregou documento junto ao Comando Geral da PMPE questionando a situação. “Também estamos elaborando documento para o Ministério Público sobre o fato. Pedimos que todos os PMs que estejam trabalhando em operações no Sertão ou outros municípios que entrem em contato com a Associação”, concluiu.

 

 

Após denúncia no blog, PMs estão protegidos do sol

 

Depois da denúncia feita aqui no blog na última sexta-feira de que os policiais do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) estavam trabalhando expostos ao sol no Viaduto Capitão Temudo, a Polícia Militar foi até o local e resolveu o problema. Segundo a Associação de Cabos e Soldados (ACS), na manhã dessa segunda-feira, uma equipe da PM realizou a montagem de um ponto de observação no viaduto no sentido Boa Viagem/Derby, pois o lado oposto já tinha uma plataforma para os policiais. O coordenador da ACS, Renilson Bezerra, e os diretores José Carlos dos Santos e Romero Galindo acompanharam a montagem da estrutura.

Estrutura foi montada na manha da segunda-feira. Foto: ACS/Divulgação

 

Policiais do BPTran agora estão livres do sol quente. Foto: ACS/Divulgação

“Ainda não é o ideal, pois falta sanitário. Mas, pelo menos os PMs estão mais protegidos”, disse Renilson Bezerra. No momento da montagem da estrutura, a ACS fez a entrega de protetor solar aos PMS. “Além de terem de ficar parados expostos ao sol, eles não têm sanitário e nem água à disposição. A não ser que eles tragam suas garrafas com água”, contou Renilson. Realmente foi de impressionar a rapidez da Secretaria de Defesa Social (SDS) para resolver o problema. Bom seria que essa mesma agilidade ocorresse quando a população pede ajuda à polícia pelo serviço do 190 ou quando alguma comunidade implora por mais policiamento no seu bairro.

 

Confira no link abaixo com eram as condições de trabalho dos PMs no Capitão Temudo:

PMs do BPTran passam por bronzeamento forçado

 

 

PMs do BPTran passam por bronzeamento forçado

 

Quem costuma passar pelo Viaduto Capitão Temudo já deve ter observado que nos dois lados sempre estão a postos policiais militares para evitar que assaltos aconteçam na localidade. Boa iniciativa da Polícia Militar e da Secretaria de Defesa Social (SDS) devido ao histórico de violência nas proximidades do viaduto. No entanto, uma situação desconfortável tem deixado os policiais do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) irritados. Escalados para ficar no sentido Boa Viagem/Derby, os PMs não têm sequer um abrigo para se proteger do sol. Da chuva eu já nem falo, porque caso ocorra, eles podem entrar na viatura. Mas no caso do sol, a coisa muda de figura. Os policiais que são escalados para plantões de 12 horas naquele posto, segundo a Associação de Cabos e Soldados (ACS), não aguentam mais tanta exposição ao sol.

Policiais do BPTran são obrigados a passar o dia no sol quente. Foto: ACS/Divulgação

De acordo com um dos diretores da ACS José Carlos dos Santos, os PMs do BPTran têm tratamento diferente do oferecido aos policiais militares de outros batalhões que trabalham no sentido contrário do viaduto, ou seja, Derby/Boa Viagem. “Pelos menos do outro lado os PMs têm um lugar para se proteger do sol. Ficam em uma plataforma. Já os do BTRan passam o dia todo debaixo do sol. E outra coisa grave é que em nunhum dos dois lados existe banheiro para eles usarem”, alertou José Carlos. O que a ACS espera é que a SDS, o comando da PM ou o BPTran providenciem um toldo ou outro tipo de estrutura para oferecer melhores condições de trabalho aos policiais. “Dois pesos e duas medidas? Como pode haver diferença de tratamento entre profissionais de uma mesma categoria, separados apenas por um via? Será que se trata de outra polícia?, questiona o presidente da associação, Renílson Bezerra.

Do outro lado do viaduto, PMs estão protegidos. Foto: ACS/Divulgação

Por enquanto, resta aos policiais gastar dinheiro com protetor solar, usar aquelas mangas protetoras que são utilizadas pelos motoqueiros ou se submeterem a um bronzeamento forçado. Enquanto isso, as novas viaturas da Patrulha do Bairro e os carros dos oficiais da PM são todos climatizados. Vamos ver se o apelo dos policiais bronzeados e da ACS vai ser atendido pelos chefões, né?