Paudalho recebe nova delegacia

Foram inauguradas nessa semana as novas instalações do prédio que abrigará a 47ª Delegacia Circunscricional de Paudalho e o 2º Pelotão da Polícia Militar – subordinado à 1ª Companhia de Carpina. A solenidade foi presidida pelo delegado Salatiel Ferreira, titular da 11ª Delegacia Seccional de Goiana, representando o chefe da Polícia Civil, Osvaldo Morais, e pelo prefeito do município José Pereira de Araújo.

Governo inaugura novas instalações da Delegacia de Paudalho

Com investimento na obra civil de R$185 mil, a delegacia ocupa uma área de 804 metros quadrados com 22 ambientes totalmente climatizados. Cinco dos 22 espaços foram ocupados pelos policiais do 2º Pelotão da Polícia Militar. A 47ª Delegacia contará com gabinete do delegado, alojamento, cartório, setor de investigação e administrativo. Seis banheiros, custódia, sala de identificação, dentre outro.

As obras foram concluídas no último mês de setembro e contou com a parceira da Prefeitura do Paudalho. A partir desta quarta-feira a delegacia passou a funcionar na Rua Senador Pinheiro Ramos, S/nº – Centro.

Além de diversas autoridades civis e militares também estiveram presentes a solenidade de inauguração, o titular da Delegacia de Paudalho Marcos Roberto, o Tenente Coronel Hélio Brito, comandante do 2º Batalhão, representando o comandante geral da PM, coronel Carlos Alberto, coronel Marcilio Rossine, representando o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Casa Nova, além de delegados dos municípios que compõem a Área Integrada de Segurança 11.

Com informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil

Menores de 21 anos devem ter espaço exclusivo nas unidades prisionais

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado aprovou, nessa quarta-feira (30), o Projeto de Lei 5974/13, do deputado Marcos Rogério (PDT-RO), que altera a Lei de Execução Penal (7.210/84) para criar um espaço exclusivo para menores de 21 anos em estabelecimentos penais. Atualmente, a lei já assegura a mulher e ao maior de 60 anos, separadamente, o direito a estabelecimento próprio e adequado a sua condição pessoal.

Complexo do Curado, antigo Aníbal Bruno, registrou a maior fuga

Complexo do Curado, antigo Aníbal Bruno, abriga homens de todas as idades em mesmo ambiente. Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press

O relator, deputado Enio Bacci (PDT-RS), recomendou a aprovação do projeto. Segundo ele, já está consolidada na comissão a opinião de que a separação dos condenados por idade, pelos tipos de crimes cometidos e pela reincidência é uma providência necessária.

“Ainda que não acreditemos na existência de uma solução única e por si só redentora, essa singela providência administrativa pode produzir um efeito positivo no sentido de impedir que jovens, ainda em formação, sejam misturados com criminosos perigosos e experientes”, disse Bacci.

O relator ainda acrescentou que “se articulada intersetorialmente com a assistência social, saúde, oferta de trabalho e a devida melhoria do nível educacional”, a medida tem mais chances de atingir o objeto, que é devolver os jovens para o convívio social.

Tramitação
O projeto tem caráter conclusivo e será analisado agora pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Da Agência Câmara

Delegacia de Jaboatão cria espaço infantil para filhos de usuários

Para deixar a presença de crianças nas delegacias menos traumáticas, a Delegacia de Jaboatão inaugurou recentemente uma área infantil onde os pequenos podem ficar esperando os pais ou responsáveis prestarem depoimento ou serem atendidos. A iniciativa do delegado Igor Leite, titular da unidade, está mudando a realidade de funcionários e da população da cidade. No ambiente, estão mesas e cadeiras coloridas, brinquedos diversos, jogos, livros, revistas, folhas de colorir e ainda são realizados concursos de pintura.

Crianças podem brincar enquanto adultos são atendidos. Foto: Igor Leite/Divulgação

Crianças podem brincar enquanto adultos são atendidos. Foto: Igor Leite/Divulgação

Segundo o delegado Igor Leite, “a delegacia de polícia, na maior parte das vezes, é o primeiro contato da sociedade com o Estado, sendo geralmente ambiente com clima pesado, em razão da própria função de investigação de ilícitos e atendimento de indivíduos vitimados pela violência. Quando se fornece um pouco de magia a uma criança, o mundo parece brilhar de volta em encantamento”, afirmou o delegado.

Desenhos feitos pelas crianças. Foto: Igor Leite/Divulgação

Desenhos feitos pelas crianças. Foto: Igor Leite/Divulgação

Outra unidade policial que também tem um espaço destinado às crianças é a Delegacia de Piedade, também no município de Jaboatão dos Guararapes. Espaços reservados para os pequenos também existem nas unidades da Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA) especializadas em atender crianças e adolescentes vítimas e infratores.