Morte de Antônio Carlos Escobar e do menino-aranha completa oito anos

No dia 17 de dezembro de 2005, numa noite de sábado. Dois crimes de repercussão foram registrados pela polícia no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Poucas horas separaram as mortes do médico psicanalista Antônio Carlos Escobar, 60 anos, e do adolescente Tiago João da Silva, que ficou conhecido como menino-aranha.

Reprodução internet

Escobar morreu ao tentar evitar um assalto. Foto: Reprodução internet

Escobar, um dos psicanalistas mais experientes do país, foi assassinado enquanto tentava salvar um casal de um assalto no semáforo da Avenida Domingos Ferreira com a Rua Tomé Gibson. No carro da vítima, um Clio, apenas a mulher dele, a psicóloga Teresa Guimarães, presenciou a cena do disparo. Segunda ela, Escobar buzinou e bateu no carro da frente na tentativa de afastar os assaltantes, mas terminou penalizado com um tiro que bateu no braço direito, na altura do ombro.

Foto: Tiago João foi apreendido várias vezes. Teresa Maia/DP/D.A Press

Tiago João chegou a ser apreendido várias vezes. Foto: Teresa Maia/DP/D.A Press

Do outro do bairro, nas proximidades da praça de Boa Viagem, alguém que se tornou famoso por protagonizar cenas de violência caiu sem vida, depois de ser atingido por 14 tiros. O assassinato pôs fim à série de “escaladas” do menino-aranha, que foi apontado pela polícia como autor de vários assaltos a apartamentos de classe média alta no Grande Recife. Tiago ganhou várias manchetes de jornais após ter conseguido escalar prédios altos, entrar nos apartamentos e furtar objetos sem ser percebido pelos moradores.

Boato sobre Papai Noel assaltando na Agamenon invadiu redes socias

Postagens com denúncias de que bandidos fantasiados de Papai Noel e duendes estariam praticando assaltos na Avenida Agamenon Magalhães se multiplicaram nas redes sociais no início da tarde dessa segunda-feira. Segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS), porém, ninguém prestou queixa e as câmeras que fiscalizam a área não registraram ocorrência do tipo. Mesmo assim, o órgão reforçou o policiamento na localidade por algumas horas para evitar pânico entre os motoristas.

Nas mensagens, enviadas via Twitter e Facebook, usuários informavam que as pessoas tivessem cuidado quando fossem abordadas pelo “bom velhinho”. Segundo os internautas, ao abrir o vidro do carro o motorista tomava conhecimento de que era vítima de um assalto. Os supostos criminosos estariam agindo armados. “Tem o cara vestido de Papai Noel e duende na Agamenon assaltando. Espalha pra ninguém abrir o vidro”, dizia mensagem do internauta Roberto Amorim.

O comandante do 13º Batalhão da PM, tenente-coronel Ebenezer Santos, responsável pelo policiamento da área, negou que assaltantes caracterizados com fantasias natalinas estivessem abordando veículos na avenida. “Não há nenhum registro. Nossas câmeras também não flagraram nada nesse sentido”, afirmou. Por meio de nota oficial, a assessoria da SDS informou que até a noite de ontem o Ciods também não havia registrado nenhuma ocorrência sobre assaltos cometidos na avenida. “Mas a SDS vai levantar junto às delegacias se houve algum registro. Ainda informamos que a via é policiada e monitorada 24 horas por câmeras de seguranças”, disse a nota.

Empresária baleada em tentativa de assalto no bairro do Pina

Uma empresária de 26 anos escapou da morte ao ser abordada, junto com o noivo, por um trio de assaltantes no Pina. A vítima, que não teve seu nome revelado, foi atingida no nariz por estilhaços de vidro depois que um dos suspeitos atirou no pára-brisa do carro do casal. A empresária está internada em um hospital do Recife. O caso ocorreu na noite do domingo.

A mulher e seu noivo tinham acabado de sair do Shopping RioMar quando, em uma rua do entorno, dois adolescentes e um adulto surgiram na frente do carro, armados. O tiro teria sido disparado por um dos adolescentes. Os garotos foram apreendidos na manhã dessa segunda-feira, em uma operação da Polícia Militar. O adulto seguia foragido. Na semana passada, internautas se queixaram, pelas redes sociais, sobre supotos assaltos que estariam acontecendo no entorno do shopping.

Marca de bala no pára-brisa do carro onde a empresária estava com seu marido (REPRODUÇÃO TV CLUBE)

Segundo a PM, o crime contra a casal ocorreu por volta das 21h30 quando o casal saiu do shopping em um Santa Fé preta e entrou numa rua deserta próxima ao Túnel do Pina, por engano. As armas apontadas pelos bandidos assustaram o condutor do veículo, que acabou acelerando. Neste momento foi feito o disparo. Mesmo com a noiva ferida, o empresário continuou dirigindo até um hospital particular, onde ela foi atendida e deverá ser submetida a cirurgia. A capitão do 19° Batalhão da PM Aline Prazeres, que participou da operação para prender os suspeitos, informou que a vítima passa bem.

As buscas pelos criminosos foram realizadas durante toda a noite e na madrugada posterior à ocorrência, mas somente na manhã da segunda-feira os adolescentes foram encontrados na comunidade Beira-Rio. Eles estavam com um revólver, cinco munições e 17 pedras de crack. No Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), os suspeitos confessaram a abordagem e disseram ter fumado crack antes do assalto. Ambos foram autuados em flagrante pelo ato infracional correspondente ao crime de tentativa de homicídio e tráfico de drogas e foram encaminhados à Funase.

Mais segurança
Quando as denúncias de assaltos próximos ao shopping ganharam força nas redes sociais, na semana passada, o 19º Batalhão da Polícia Militar tratou logo de negar a falta de segurança na localidade. A comandante, tenente-coronel Conceição Antero, garantiu que eram boatos. Cinco dias depois, porém, voltou atrás. Confirmou prisões e reforço de policiamento para garantir mais segurança nas compras de final de ano. Quem visitou o centro de compras no último domingo já percebeu a diferença. Havia viaturas da PM nas principais ruas de saída para o Centro do Recife ou para Boa Viagem.

Do Diario de Pernambuco