Marcelo, o primeiro homem trans da Polícia Militar de Pernambuco

O soldado Marcelo Viana dos Santos, 30 anos, é o único homem trans da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE). Quando entrou na corporação, em 2010, identificou-se como mulher. Apesar de estar em processo de transformação amadurecido, temia não ser aceito nos quadros da PM. Deu uma pausa na própria história como homem trans.

A preocupação de Marcelo tinha sentido. Na época, o edital do concurso previa eliminação do candidato transexual com base nas patologias constantes no CID 10 (Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde), publicada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Marcelo hoje é casado com Jaqueline. Foto: Rafael Martins/ Esp. DP

Marcelo hoje é casado com Jaqueline. Foto: Rafael Martins/ Esp. DP

Marcelo está com a transição completa. Fez mastectomia. Usa barba e hormônio diariamente. É casado com a servidora pública Jaqueline Martins, 40, mãe de quatro filhos. Na PM, trabalha na Diretoria de Articulação Social e Direitos Humanos. Hoje tem garantido o direito de usar o banheiro masculino e ser tratado com dignidade, conta.

A conquista aconteceu após um processo sofrido, do qual não gosta de falar. Por determinação da Secretaria de Defesa Social, na época, foi removido de um batalhão para o Quartel do Derby. A vaga de soldado na PM sempre foi um sonho. Alimentado por um tio querido, que costumava lhe entregar o quepe de policial rodoviário federal nos encontros ainda na infância.

A passagem de Marcelo pela PM tem um sentido único para ele. A necessidade de pessoas trans ocuparem vagas de trabalho de importância primordial no combate à transfobia, como Justiça e polícias. “A sociedade está acostumada a marginalizar as pessoas trans, ofertando trabalhos secundários. O que mais vemos são homens e mulheres trans sendo violados e com medo de serem ridicularizados e tratados mal quando procuram a polícia. Se ocuparmos esses espaços, o tratamento com as pessoas trans será diferente”, reflete.

A história de Marcelo é simbólica porque ele não teme contá-la. Com isso, ajuda outras pessoas a enfrentarem o problema. Em um processo particular que envolveu muita tristeza, dúvidas, embates com a família e consigo próprio, ele parece ter vencido a parte mais difícil. Hoje se diz feliz. É um soldado trans da Polícia Militar de Pernambuco.

SDS muda comandos de batalhões e companhias da PMPE

Para tentar reverter a situação vermelha na qual encontra-se o Pacto pela Vida, 19 comandos foram substituídos pela Polícia Militar na tarde dessa segunda-feira. A cerimônia aconteceu no Quartel do Comando Geral, no bairro do Derby, e contou com a presença de autoridades militares, que prestigiaram os novos Comandantes de Unidades Operacionais e Especializadas da PM, bem como setores administrativos da Corporação. Pernambuco fechou o ano de 2015 com uma quantidade de assassinatos maior que a de 2014. Embora os números oficiais ainda não tenham sido divulgados, o governo está preocupado com a situação.

Passagem dos comandos aconteceu ontem. Foto: SDS/Divulgação

Passagem dos comandos aconteceu ontem. Foto: SDS/Divulgação

Receberam novos comandantes as Unidades Especializadas de Apoio ao Turista – Ciatur, de Policiamento com Moto – CIPMoto, e de Policiamento com Cães, além do Batalhão de Polícia de Choque – BPChoque. As 1ª, 2ª, 3ª e 6ª Companhias Independentes da PM (CIPM), e os 6º, 7°, 8º, 12º, 13°, 18º, 19º e 24° Batalhões de Polícia Militar, também estão com novos comandantes.

De acordo com o secretário Defesa Social em exercício, Rodrigo Bastos, a passagem de comando deve ser encarada com naturalidade. “Cada gestor necessita colocar em prática suas idéias e, comandar uma Unidade de Polícia, seja ela Operacional ou Especializada, requer dedicação diária. Não podemos descansar nem parar  enquanto não conseguirmos retomar a redução da criminalidade. Cada comandante deve diagnosticar, planejar e controlar a tropa, para que possamos utilizar da melhor maneira os recursos humanos e materiais”, afirmou. E ressalta: “Conto com o apoio dos senhores para que possamos vencer a violência, e batalhar cada vez mais pela segurança dos pernambucanos”, disse.

Para o comandante geral da Polícia Militar, o coronel Carlos D’Alburquerque, é momento de recomeçar. “Nesse momento estamos encerrando um capítulo, e dando início a uma nova história. Agradeço o desempenho dos comandantes pela dedicação e observância. As passagens de comando surgem como uma adaptação aos novos cenários da realidade. Vamos focar na oportunidade de fazer o novo, diferente, e oferecer aos pernambucanos uma melhor qualidade de vida. E para isso serão realizados encontros para que sejam traçados metas e planos de segurança”, afirmou.

Reservas do concurso da PMPE fazem apelo ao governador

À espera de uma resposta do governo do estado, os aprovados no concurso da Polícia Militar em 2009 fizeram mais um protesto nessa quarta-feira. Eles se concentraram no Parque Treze de Maio, Região Central do Recife, de onde caminharam até o Palácio do Governo.

Grupo se concentrou no Parque 13 de Maio. Foto: Anônimo/Divulgação

Grupo se concentrou no Parque 13 de Maio. Foto: Anônimo/Divulgação

O objetivo da movimentação, que reuniu pessoas de todo o estado, foi tentar pressionar o governador para convocar os mais de oito mil aprovados no último concurso, cujo prazo termina no mês de fevereiro. “O problema mais sério para a maioria de nós é que, para tentar o concurso, é preciso ter menos de 28 anos. Eu fui aprovado na prova em 2009 com 27 anos e, se não entrar agora, nunca vou poder realizar o sonho de ser policial”, explica o estudante de engenharia Santiago Junior, 31 anos.

O Frentista Adriano Alexandre Dias, 27 anos, também será impossibilitado de tentar ser policial novamente. Fez o teste em 2006, com 19, mas não passou. Já em 2009 foi aprovado mas não foi nomeado ainda. “Esse é o sexto protesto que venho. Sempre fomos ouvidos pelo governador, estamos esperando que Paulo Câmara também nos receba. Sou de Macaparana e percorri 120km para isso”, explicou Dias. O grupo, no entanto, não foi atendido pelo governador, que estava em Brasília nessa quarta-feira.

Veja abaixo nota divulgada pelos reservas:

Senhor excelentíssimo governador Paulo câmara nos alegramos muito com sua vitória e realização de seu sonho, mais ainda por dizer em todas as frentes de campanha que seguiria o mesmo modelo administrativo de governar do nosso digníssimo Eduardo Campos, que o tornaria mais cedo ou mais tarde o presidente da República, pela forma de governar. Forma essa que era baseada em três partes: (resgatar sonhos, realiza-los, da o direito de sonhar a outros. ), e fez isso na íntegra desde o primeiro momento em que esteve governando diante dos pernambucanos e brasileiros. Ocasião em que se mostrou de forma clara além das vistas em todas as áreas, foi no momento em que existiam cerca de 8.000 cidadão, na expectativa de seu sonho realizar ou não mais, os aprovados da PM de 2006, estava a expirar da mesma forma que o nosso quando então surge Eduardo com seu plano de governo e o coloca em prática, que é: RESGATAR SONHOS, REALIZAR, DA O DIREITO DE SONHAR, E CHAMOU A TODOS trazendo segurança a todos…..E VOCÊ PODE SEGUIR CUMPRINDO ESSE LEGADO, TRAZENDO MAIS SEGURANÇA PRAS RUAS DANDO SEGURANÇA AOS PERNAMBUCANOS. MUITOS SONHOS PODEM DEIXAR DE EXISTIR POR NÃO SEREM CHAMADOS AGORA. ..

ASSINADO

RESERVAS DO CONCURSO DA PM /2009 QUE AGUARDAM CONVOCAÇÃO

Estado, finalmente, divulga lista dos 2 mil candidados do concurso da PMPE 2009

A Academia Integrada de Defesa Social – ACIDES, considerando o previsto na Portaria Conjunta SAD/SDS nº. 101, de 31 de agosto de 2009, prorrogada pela Portaria Conjunta SAD/SDS n° 09 de 18 de fevereiro de 2013 e a deliberação Ad Referendum da Câmara de Política de Pessoal – CPP nº. 045, de 01 de abril de 2014, autorizando a convocação de mais 2.000 (dois mil) candidatos, para prosseguirem no certame público destinado ao preenchimento de cargos de Soldado da Polícia Militar de Pernambuco,

RESOLVE:

1. Divulgar a lista dos candidatos, que serão convocados para serem submetidos aos Exames de Aptidão Física, Exames Médicos e Avaliação Psicológica, todos eliminatórios, conforme o itens b, c e d da Portaria Conjunta SAD/SDS nº. 101, de 31 de agosto de 2009.

2. Na listagem fornecida pela instituição que à época realizou o certame público, os candidatos estão relacionados por ordem de classificação e por critério de desempate de maior idade, respeitando o limite previsto na Lei Complementar nº. 108, de 14 de maio de 2008, alterada pela na Lei Complementar nº. 256, de 17 de dezembro de 2013 (no máximo, 28 anos de idade completos na data de inscrição no concurso público).

Confira a lista clicando AQUI

Aprovados no concurso da PMPE 2009 cobram nomeações ao governador

Faz tempo que o grupo de aprovados no último concurso da PMPE espera uma resposta do governo do estado sobre as convocações. Eles esperam estar trabalhando antes da Copa do Mundo.

Aprovados sonham em usar a farda da PM e trabalhar. Foto: Carolina Braga/Esp. DP/D.A Press

Aprovados sonham em usar a farda da PM e trabalhar. Foto: Carolina Braga/Esp. DP/D.A Press

Veja abaixo o texto enviado pela Comissão dos Aprovados 2009

“A Comissão dos Aprovados do concurso da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) do ano de 2009 vem por meio deste cobrar um posicionamento do governo do estado quanto à convocação dos Remanescentes do Concurso da Polícia Militar de Pernambuco e da falta de explicação em não convocar mais aprovados. O estado está com um déficit de policiais militares altíssimo e necessita de novos profissionais na área de segurança devido aos grandes eventos que estão prestes a acontecer, como a Copa do mundo de 2014, além de melhorar o programa Pacto pela Vida. Um total de 3.400 aprovados já foram nomeados, mas cerca de 12.000 ainda aguardam convocação.
O Exmo Sr governador Eduardo Campos em entrevista concedida em outubro de 2012, relatou que se pronunciaria ao final do curso de formação de Soldados PMPE daquele mesmo ano, terminado o curso em 04 de maio 2013, o mesmo falou que se pronunciaria em setembro. Em entrevista realizada este mês o mesmo falou que no início do próximo ano faria a convocação. Queremos ouvir algo de concreto. Vale lembrar que o Pacote de Segurança Pública lançado pelo Governo em 2011, já visando a Copa do Mundo, além de outras medidas, ficou destacado o aumento de Efetivo da Polícia Militar em 30%, por isso da prorrogação do atual concurso.
Vale destacar que nos últimos 4 anos, uma quantidade significativa tem deixado a corporação seja por aposentadoria, invalidez, mortes, e por companheiros que deixaram a instituição por melhores salários, uma prova disso, só no mês de abril de 2013, 300 policiais deixaram a corporação. A estimativa é que até 2014, mas de 3.000 deixarão a corporação pela compulsória.
Gostaríamos de pedir o pronunciamento do Dr. Eduardo Campos e do Dr. Wilson Damásio sobre nossa convocação para as demais etapas do certame, para que possamos dar entrada no Curso de Formação de Soldados PMPE, tendo em vista o pouco tempo que nos falta para a Copa do Mundo, e assim ficar mais próximos do exigido pelos padrões da ONU. Solicitamos dentro da competência que lhe estabelece dar prioridade a esses candidatos aprovados no concurso da PMPE realizado em 2009 cuja homologação foi no dia 18 de fevereiro de 2011, e foi prorrogado no dia 18 de fevereiro de 2013 até 18 de fevereiro de 2015. ”

Sem mas, Comissão dos Aprovados PMPE2009.

Reservas da PM farão nova doação de sangue ao Hemope

Os aprovados no concurso da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) de 2009 irão fazer uma doação de sangue coletiva ao Hemope como forma de protesto por ainda não terem sido nomeados. O ato acontecerá no próximo dia 17, às 15h, e conta com o apoio da ACS (Associação dos Cabos e Soldados). Os aprovados esperam que todas as pessoas que estão nessa situação compareçam ao hemocentro.

 

Seu rei mandou dizer…

Ainda está sendo muito comentada nos corredores e viaturas de todos os batalhões da Polícia Militar do estado a saída do coronel Luís Aureliano do comando da PMPE. Apesar de ter alegado motivos pessoais para deixar o cargo, o que se comenta nos bastidores são os desentendimentos que estavam acontecendo durante as reuniões de monitoramento do Pacto pela Vida, que são realizadas todas as quintas-feira na Seplag.

O que teria motivado o mal estar seriam alguns posicionamentos e ordens dos secretários executivo de Planejamento e Gestão, Bernardo de Almeida e de Defesa Social, Wilson Damázio. O coronel teria dito, inclusive, que se não pudesse comandar a PM da forma que entendia ser melhor, preferia sair da função. Dizem que Aureliano não estava tendo gerência sobre transferências e promoções na PM e apenas tendo que aceitar o que já vinha decidido pelos seus superiores.

Ainda dentro das mudanças na corporação, o coronel Eden Vespaziano deixou o cargo de chefe do Estado-Maior, que passou a ser ocupado pelo coronel Paulo Cabral

Confira o vídeo com as notícias da PMPE

Com a finalidade de aproximar a comunicação com a Polícia Militar e a população, a assessoria de comunicação PM de Pernambuco criou a equipe de reportagem da PMPE TV, uma ferramenta que nasce com o objetivo de divulgar através de imagens as notícias da corporação.

Sob o comando do assessor de comunicação da PMPE, major Hugo Tadeu, a equipe de reportagem é composta por um repórter (sargento), um cinegrafista (soldado) e um jornalista (funcionário civil), que se incorpora ao grupo existente.

A novidade, que se junta ao conjunto de ferramentas das redes sociais da instituição, propõe produzir imagens gravadas que serão postadas no site oficial da PMPE (http://www.portais.pe.gov.br/web/pmpe/tvbriosa), bem como disponibilizadas no facebook institucional.

Com informações da assessoria da PMPE