Imagens da confusão na frente do Náutico já estão em poder da polícia

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil já está com as imagens da câmera do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods) que filmaram o momento da agressão sofrida pelo jovem de 19 anos na noite do último sábado. De acordo com a SDS, as imagens analisadas mostram vários homens usando jaquetas pretas e coletes à prova de balas dentro de um ônibus, nas imediações do Náutico, em uma moto e em um carro.

O encontro entre os integrantes de duas torcidas rivais gerou mais um episódio de violência no Recife. Um rapaz que estava com a camisa da Fanáutico, torcida organizada do clube alvirrubro, foi baleado na cabeça depois de um ônibus lotado de torcedores do Sport ter passado em frente aos Aflitos e as duas torcidas terem se desentendido. Lucas de Freitas Lyra, 19 anos, foi atingindo na cabeça. Ele foi submetido a uma neurocirurgia no Hospital da Restauração (HR) e o seu estado de saúde e considerado grave.

Clima ficou tenso na frente do estádio após a confusão. Foto: Teresa Maia/DP/D.A.Press

Testemunhas afirmam que o tiro foi supostamente disparado por um homem que estava escoltando o ônibus de uma empresa que fazia linha para a Zona Norte e usava um colete amarelo com o nome apoio. Algumas pessoas dizem ainda que, além do tiro que atingiu Lucas, outros tiros teriam sido disparados. Houve corre-corre e pânico nas imediações do clube.

Com base nos relatos de pessoas que presenciaram a confusão, antes do início do jogo entre Náutico e Central, marcado para as 19h, alguns coletivos começaram a passar pela Avenida Rosa e Silva com torcedores da Torcida Jovem. …Continue lendo…

Aprovados no concurso para agentes penitenciários cobram nomeações

Os agentes penitenciários aprovados no último concurso e ainda não convocados estão distribuindo uma carta aberta à sociedade pernambucana. O grupo espera receber o apoio da sociedade para a nomeação. Eles foram aprovados no ano de 2009 e até agora não estão trabalhando. Além disso, eles pedem a criação de um lei estadual para o porte de arma fora do horário de serviço, tendo em vista que existe um normativo interno previsto no art. 34º do decreto 5123/04, que trata da regulamentação do estatuto do desarmamento.


O grupo pretende fazer uma caminhada nesta terça-feira (19) com saída às 10h da Praça do Derby com destino à Assembleia Legislativa. Na carta, os agentes não nomeados afirmam que Pernambuco tem apenas 1.568 agentes penitenciários para tomar conta de mais de 27 mil presos, o que daria uma média de 1 agente para cada 17 detentos. Segundo resolução do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária , o ideal seria 1 agente para cada 5 presos. Ainda de acordo com a carta, restam aptos para a 2ª etapa da 1ª fase do concurso de 2009 um total de 2.800 candidatos.