Tráfico de drogas muito perto das escolas públicas

Pouco mais de um terço (35%) das escolas públicas brasileiras têm tráfico de drogas nas proximidades. Separados os estados e o Distrito Federal (DF), a proporção sobe. No DF, mais da metade dos estabelecimentos (53,2%), a maior proporção do país, registram a ocorrência de venda e compra de drogas nas redondezas. Nenhum estado está livre. A menor ocorrência, no Piauí, com 15,3% das escolas. Os dados foram levantados pelo QEdu: Aprendizado em Foco, uma parceria entre a Meritt e a Fundação Lemann., organização sem fins lucrativos voltada para educação.

A pesquisa se baseou nas respostas dos questionários socioeconômicos da Prova Brasil 2011, aplicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgada em agosto do ano passado. A questão sobre o tráfico nas proximidades das escolas foi respondida por 54,5 mil diretores das escolas públicas. Deles, 18,9 mil apontaram a existência da atividade. A situação, de acordo com especialistas, é preocupante e está associada diretamente à violência e à precariedade que cercam muitos centros de ensino do país, além de contribuir para que os alunos deixem de estudar.

O responsável pelo estudo, o coordenador de Projetos da Fundação Lemann, Ernesto Martins, diz que não dá para isolar escola no contexto em que está inserida. “Ela faz parte de um todo maior, se há violência fora, poderá chegar também aos centros de ensino. Basta observar que o Distrito Federal [53,2%] e São Paulo [47,1%], [regiões] com altos índices de violência, são [as áreas] com o maior percentual.”

…Continue lendo…

Laudo sobre a causa da morte do universitário paraibano será antecipado

A causa da morte do estudante de direito paraibano Hector Igor de Souza Lopes, 20 anos, pode ser esclarecida até o fim da semana. Segundo o delegado Guilherme Caraciolo, que assumiu as investigações, o IML deve antecipar o resultado do laudo que definirá se a vítima sofreu overdose ou foi assassinada. O corpo foi encontrado de cueca, com várias lesões, em Barra de Jangada, Jaboatão, na manhã do domingo. Na pochete havia uma substância semelhante ao LSD. O sepultamento aconteceu na tarde de ontem, em Campina Grande.

“Estou aguardando o inquérito do DHPP. Testemunhas prestaram depoimento à equipe de plantão. Hoje (ontem) ouvi um caseiro e um flanelinha, mas o laudo será fundamental”, afirmou o delegado. O paraibano e um grupo de amigos participavam da rave Liquid Sky, na Arena do Paiva. De lá, ele saiu para um show de brega a cerca de 350 metros. Hector teria sido visto dando socos no ar – o que aumenta a hipótese de que estaria sob efeito de drogas. A polícia não descarta a possibilidade de ele ter sido espancado. Também vai investigar se houve omissão de socorro da equipe médica da Liquid Sky.

Do Diario de Pernambuco

Leia mais sobre o assunto em:

Polícia investiga morte de universitário da Paraíba que veio para rave no Paiva

 

ACS-PE faz manual para orientar novos PMs na atuação durante o carnaval

A associação Pernambucana dos Cabos e Soldados (ACS – PE) elaborou um panfleto com dicas para os 1.390 alunos do Curso de Formação de Soldados (CFSd) que estarão estagiando durante a folia de momo em todo o estado (confira as dicas abaixo). A idéia é minimizar as possibilidades de riscos de vida para os mesmos, já que eles estarão fardados e sem armamento. O material já está no ar no site da entidade e será distribuído nos principais focos de animação.

“Além disso, disponibilizamos para todos os policiais e bombeiros militares (antigos e novinhos associados da ACS – PE) uma equipe de advogados”, conta o coordenador Renílson Bezerra. Esses profissionais estarão à disposição da tropa, 24 horas por dia, durante todo o carnaval. Das 18h da sexta- feira (08/02) até as 18h da Quarta-feira de Cinzas. As dicas a seguir são direcionadas ao efetivo militar, porém, algumas delas, servem também como orientação para o folião que vai aproveitar o carnaval.

Veja o que diz o panfleto que será entregue aos novos PMs:

NOVINHO, FIQUE LIGADO!

– EVITE ANDAR SOZINHO. ANDE SEMPRE EM GRUPO;
– NUNCA HAJA SOZINHO E NÃO TENHA VERGONHA DE PEDIR APOIO AOS ANTIGOS. LEMBRE-SE: VOCÊ NÃO É HERÓI, É DE CARNE E OSSO E NEM TEM EXPERIÊNCIA EM OCORRÊNCIAS;
– NÃO HAJA COM EMOÇÃO. NÃO LEVANTE A TONFA PARA AGREDIR ALGUÉM. HAJA SEMPRE COM CAUTELA AO USAR TAL EQUIPAMENTO;
– NEM SEMPRE O ATAQUE É A MELHOR DEFESA. GARANTA PRIMEIRO A SUA PROTEÇÃO E A DO SE COMPANHEIRO;
– ESTEJA SEMPRE ATENTO. CASO ALGUÉM LHE CHAME PARA ALGUMA OCORRÊNCIA FORA DO FOCO DA FOLIA, CHAME SEMPRE OUTRA PATRULHA;
– CASO HAJA OCORRÊNCIA COM TIROS, DEIXE QUE A POLÍCIA ESPECIALIZADA OU GRUPO DE POLICIAIS COM ARMAS CHEGUE AO LOCAL E ASSUMA OS RISCOS;
– SE HOUVER VÍTIMA, FAÇA O ISOLAMENTO DO LOCAL, POR PRECAUÇÃO;
– AO TERMINAR O SERVIÇO, TROQUE IMEDIATAMENTE DE ROUPA. NÃO SAIA FARDADO;
– SE PUDER, AO SAIR DO LOCAL DA FOLIA, PEGUE UM TAXI ATÉ PELO MENOS DOIS QUILÔMETROS LONGE DO LOCAL ONDE ESTAVA ATUANDO;
– SE FOR PEGAR ÔNIBUS, NÃO FIQUE EM PARADAS COM AGLOMERAÇÕES DE PESSOAS. AGUARDE AFASTADO E OBSERVE O AMBIENTE E EVITE ANDAR EM ÔNIBUS LOTADOS;
– ANDE COM POUCO DINHEIRO NA CARTEIRA. O SUFICIENTE PARA O TÁXI DA VOLTA PARA CASA;
– LEVE SEMPRE RG E CÓPIA DE CONTRA-CHEQUE OU QUALQUER DOCUMENTO QUE COMPROVE SUA PARTICIPAÇÃO NO CFSD.
– USE CELULARES SIMPLES, POUCO ATRATIVOS;
– EM CASO DE EMERGÊNCIA, LIGUE PARA O PLANTÃO JURÍDICO DA ACS- PE. ESTAREMOS FUNCIONANDO 24 HORAS.