PMs agora têm lugar reservado na Delegacia de Jaboatão

Quem já esteve em uma delegacia de polícia ou pelo menos conhece o cotidiano de uma deve saber que é para lá que são levadas as pessoas presas em flagrante pela Polícia Militar. No entanto, quando uma viatura policial chega à delegacia, para entregar a ocorrência aos agentes, é necessário que seja feita uma comunicação. Esse procedimento é realizado através de um Boletim de Ocorrência (B.O). Uma coisa que os PMs sempre se queixam é de que não há um lugar adequado para que esse B.O seja preenchido.

Eu mesmo já presenciei várias vezes policiais militares relatando a ocorrência dentro das viaturas que trabalham. Alguns preferem usar o carro como apoio para escrever e outros buscam o balcão ou uma mesa que estiver desocupada na delegacia para preencher a comunicação. A partir de agora, pelo menos os PMs que trabalham no 6º BPM e cobrem a área de Jaboatão Centro estarão livres dessa agonia.

PMs têm área reservada para fazer B.Os. Foto: Igor Leite/Divulgação

PMs têm área reservada para fazer B.Os. Foto: Igor Leite/Divulgação

É que a delegacia comandada pelo delegado Igor Leite reservou um local especialmente para receber os policiais militares. Uma mesa e uma cadeira estão destinados exclusivamente para os PMs preencherem seus boletins antes de repassarem o caso para a Polícia Civil. A ideia bem que poderia ser utilizada por outras delegacia, né? Iria otimizar o tempo de trabalho e beneficiar ainda mais a população.

 

Morte de MC durante apresentação expõe falta de segurança em shows

O funkeiro Daniel Pedreira Sena Pellegrin, 20 anos, conhecido como MC Daleste, morreu após ser baleado durante um show em Campinas (SP) na noite desse sábado. O artista chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Municipal de Paulínia, em São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na madrugada deste domingo.

A informação da morte foi confirmada pelo produtor do músico, Glauco Gabriel, pela redes sociais. O assassinato aconteceu no CDHU de Campinas. Um fã que estava no show registrou o momento em que MC Daleste levou o tiro no tórax, em cima do palco. A morte de Daleste levanta a discussão sobre a atenção para as revistas das pessoas durante a entrada nos shows.

A pessoa que efetuou o disparo conseguiu entrar sem problemas no local e deve ter chegado perto do palco para atirar com precisão. Outras pessoas poderiam ter sido atingidas também, o que tornaria a tragédia ainda maior. É preciso ter bastante atenção na hora de revistar o público que entra em casas de show, porque depois que uma pessoa consegue entrar com algum tipo de arma no local, fica praticamente impossível descobrir quem é o responsável por um tiro como o que matou o MC.

Confira o vídeo com imagens do momento que o artista caiu após ser baleado:

Servidores de segurança pública iniciam curso de formação nesta segunda-feira

Será aberta nesta segunda-feira (08) mais uma edição do Curso de Inteligência de Segurança Pública (CISP). O evento de abertura será realizado no Campus de Ensino da Academia Integrada de Defesa Social (CERE/ACIDES).

De acordo com a SDS, o curso visa fortalecer o sistema estadual de inteligência de segurança pública do estado, com foco na qualificação dos profissionais, por meio de cursos de capacitação. Nesta edição, serão capacitados 30 servidores, sendo 13 Policiais Militares, 16 Policiais Civis e 01 Bombeiro Militar.

Durante o Curso de Formação, que dispõe de 280 horas/aula, serão ministradas sete disciplinas distribuídas em dois módulos, envolvendo aspectos jurídicos, doutrinários e operacionais, ministradas por 18 instrutores titulares e 21 secundários. O programa teve início em 2005 e já capacitou cerca de 1.630 agentes de inteligência.

 

Delegados de Pernambuco afirmam que SDS está descumprindo uma lei

Os delegados da Polícia Civil de Pernambuco, através da Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco, divulgaram uma nota onde reclamam de descumprimento de uma lei por parte da Secretaria de Defesa Social (SDS) e prometem tomar providências para que a situação não continue a acontecer:

Veja a nota publicada no blog da ADEPPE:

Apesar da previsão legal estampada no 5º parágrafo do Art. 2º da Lei 12.830/2013 ter assegurado maiores garantias aos Delegados de Polícia de todo o Brasil contra os abusos da Administração Pública ou contra ingerências políticas, o Secretário de Defesa Social de Pernambuco (Wilson Damázio), que também é Delegado Federal, parece não ter tomado conhecimento da nova previsão legal, agindo contrário ao que a classe tanto lutou.

Desde o dia 21/06/13, quando a Lei 12.830/13 entrou em vigor, diversas portarias da SDS estão sendo publicadas no Diário Oficial do Estado, removendo delegados de suas lotações sem qualquer fundamentação e em desrespeito total a todos os Delegados de Polícia, os quais não são sequer informados pessoalmente ou com antecedência, tomando conhecimento da remoção através do Diário Oficial.

Essa prática abusiva, ilegal e desrespeitosa só tem aumentado a insatisfação da classe que tanto lutou pela aprovação de uma lei federal que lhe garantisse maior autonomia e um tratamento condizente com o cargo que ocupam.

A ADEPPE comunica que adotará todas a medidas judiciais cabíveis para coibir essas ilegalidades garantido aos delegados o tratamento digno que merecem.

ABAIXO A LEI http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2013/Lei/L12830.htm

Filhos poderão fazer visitas periódicas aos pais presos

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou na última terça-feira (2), em caráter conclusivo, proposta que assegura a crianças e adolescentes o direito à convivência com o pai ou a mãe presa. A medida está prevista no Projeto de Lei 2785/11, do Executivo, segundo o qual os filhos poderão fazer visitas periódicas aos pais acompanhados de seus responsáveis legais independentemente de autorização judicial.

Crianças deverão ir aos presídios com algum responsável. Foto: Ana Cláudia Dolores/DP/D.A Press

Crianças deverão ir aos presídios com algum responsável. Foto: Ana Cláudia Dolores/DP/D.A Press

De acordo com a proposta, caso os filhos estejam em uma instituição de acolhimento, a visita aos pais será responsabilidade dessa entidade. O relator, deputado João Paulo Lima (PT-PE), defendeu a medida: “As visitas periódicas reforçam laços familiares, promovem o entendimento em famílias atingidas por rupturas e a convivência de pais privados da liberdade com seus filhos”.

O projeto já havia sido aprovado pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Seguridade Social e Família. Como tramita de forma conclusiva, ele será enviado ao Senado, a menos que haja recurso para análise em Plenário.

Família
O projeto prevê também que, em princípio, a criança ou o adolescente de pais presos seja mantido em sua família de origem. Nesse caso, a família deverá ser incluída em programas oficiais de auxílio.

Pela proposta, fica claro que a simples condenação criminal de qualquer um dos pais não implica na perda da guarda. A única exceção é quando a condenação decorrer de um crime doloso cometido contra o próprio filho ou filha.

Oito integrantes dos Thundercats foram condenados em júri

Os oito integrantes do grupo de extermínio conhecido como Thundercats foram condenados em júri popular que terminou na madrugada desta sexta-feira no Fórum Thomaz de Aquino. Segundo o juiz Abner Apolinário, apenas um dos acusados foi condenado apenas por formação de quadrilha. Os outros sete foram condenados por homicídio e formação de quadrilha. O grupo era formado por 12 pessoas, no entanto, duas morreram e duas estão foragidas.

Polícia esteve em Jardim São Paulo para prender a quadrilha. Foto: Alcione Ferreira/DP/D.A Press

Polícia esteve em Jardim São Paulo para prender a quadrilha. Foto: Alcione Ferreira/DP/D.A Press

O julgamento havia sido adiado duas vezes. Ele iria ser realizado no dia 21 de maio, mas a defesa alegou que havia assumido o caso há apenas dois dias e não poderia analisar autos de forma detalhada. Já na segunda tentativa, em 4 de junho, o júri acabou não realizado por causa da ausência de defensores públicos.

Esse foi o segundo julgamento do grupo, que começou a ser desarticulado em abril do ano de 2007. Esse júri condenou José Marcionilo da Silva, conhecido como Tiago, a 29 anos de prisão em regime fechado. Marcionilo era considerado o chefe do bando que era  baseado no bairro de Jardim São Paulo.

Vigília pede fim da violência contra mulher no Cabo

O Centro das Mulheres do Cabo de Santo Agostinho promove nesta quinta-feira a vigília que tem como tema: “Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres e Pela Punição dos Agressores e Assassinos”. A concentração será às 16h, em frente à Delegacia da Mulher, na Vila de Santo Inácio. De lá, as feministas irão caminhando para a Praça da Estação no Centro do Cabo, o término do ato está previsto para as 20h.

Cidade quer o fim da violência contra a mulher. Foto: Betinho Gomes/Divulgação

Cidade quer o fim da violência contra a mulher. Foto: Betinho Gomes/Divulgação

Ação tem como finalidade dar enfrentamento a violência contra a mulher que tem sido uma das principais bandeiras de luta do movimento feminista, conforme salienta a coordenadora geral do CMC, Nivete Azevedo. “Apesar de toda nossa luta as mulheres continuam sendo violentadas e esses dados são preocupantes porque desafiam as políticas públicas que foram garantidas pelo estado”, afirmou.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), uma em cada três mulheres já foram vítimas de agressão física e da violência sexual, isso representa um terço das mulheres do mundo inteiro. A OMS também concluiu que 38% das mulheres vítima de homicídio foram mortas por seus companheiros 42% das vítimas de violência física ou sexual por parte de parceiros e sofreram lesões como consequência.

Com informações da assessoria de imprensa

Intervenção federal para conter maus-tratos contra jovens infratores

Um pedido de intervenção federal nos estados está sendo estudado pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias para garantir que instituições para jovens infratores respeitem a legislação da área. Deputados também vão visitar locais de internação de adolescentes para conferir as condições de acolhimento.

As providências foram apresentadas depois de audiência pública nessa quarta-feira na comissão, onde representantes do governo federal, da Justiça e do Ministério Público mostraram como está a recuperação de jovens infratores no País. A opinião unânime foi de que a lei que determina como deve ser o atendimento a esses adolescentes (Lei 12.594/12), sancionada ano passado, não vem sendo cumprida integralmente.

Centros de internação serão visitados. Foto: Teresa Maia/DP/D.A.Press

Centros de internação serão visitados. Foto: Teresa Maia/DP/D.A.Press

O integrante do Conselho Nacional de Justiça, Guilherme Calmon Nogueira da Gama, afirmou que o sistema socioeducativo até hoje não conta com o apoio efetivo dos governos estaduais e distrital. “Seja por falta de uma política pública efetiva por parte do poder executivo estadual, seja também por falta de gestão.”

O coordenador-geral do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), Cláudio Vieira da Silva, admite a falta de estrutura. Precisa-se de investir bastante da estrutura física, na capacidade de desenvolver ações pedagógicas para os adolescentes, pois temos capacidade técnica muito boa no Brasil.”

Atividades educativas
A constatação da Justiça e do Ministério Público é que ainda existem maus-tratos e que faltam atividades educativas e profissionalizantes. Também existe superlotação. Seriam necessárias cerca de 10 mil vagas para o País se adequar ao que diz a lei.

…Continue lendo…

Artesanato de presos de Pernambuco expostos na Fenearte

Os produtos feitos pelos reeducandos de Pernambuco estarão disponíveis a partir desta quinta-feira na XIV Fenearte, que acontece até o próximo dia 14. As peças foram fabricadas por artistas de 11 unidades prisionais masculinas e femininas. Para confeccionar os produtos, eles utilizaram vários tipos de matéria prima, como madeira, papel, tecido, metal, palhas e material reciclado.

Produtos foram feitos dentro do presídio. Foto: Seres/Divulgação

Produtos foram feitos dentro do presídio. Foto: Seres/Divulgação

Dentre as diversas peças expostas estão tabuleiros de xadrez,  casinhas de boneca, barcos, artigos para decoração, brinquedos infantis, toalhas bordadas e baú decorativo.
As novidade desta edição serão as obras em marchetaria confeccionadas pelo  reeducando Alexandre Pimentel, do Presídio de Igarassu, e as bolas de futebol em couro fabricadas no Presídio de Pesqueira.

Com informações da assessoria de imprensa da Seres

Polícia já ouviu duas vítimas do atropelamento no Pina

O delegado de Delitos de Trânsito, Newson Motta, recebeu nessa terça-feira do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) o relatório sobre a situação do administrador Felipe Medrano de Lima, 24 anos, junto ao órgão. Segundo o Detran, Felipe havia sido reprovado em uma prova no mês de junho e estava estudando para fazer outro teste para conseguir uma tirar uma nova carteira de habilitação.

Também nessa terça-feira, duas vítimas do atropelamento foram ouvidas pelo delegado. Dois parentes de outras duas pessoas atropeladas estiveram na delegacia e contaram que os familiares estão internados em um hospital particular do Recife.

De acordo com o delegado Newson Motta, as duas vítimas ouvidas foram os dois motociclitas que primeiro foram atingidos pelo Veloster de placa PFA-4916. “Ainda não tenho previsão para tomar novos depoimentos, agora vou analisar o histório de Felipe no Detran”, apontou o delegado.

Segundo a assessoria de imprensa do Hospital da Restauração (HR), o paciente Daniel Pedro da Silva, 42 anos, continua sem previsão de receber alta médica. A unidade de saúde explicou ontem que o curativo no pé da vítima era consequência de um procedimento cirurgico em um dos seus dedos, que não teria chegado a ser arrancado.

Felipe está respondendo ao inquérito em liberdade, por não ter sido preso em flagrante. Ele se apresentou à polícia acompanhado do seu advgado e negou ter ingerido bebida alcoólica antes do acidente. Em depoimento, o administrador de empresas alegou que seu carro teria sido trancado por outro veículo na descida da Ponte Paulo Guerra e que ele não teria visto o sinal vermelho porque estava olhando pelo retrovisor para o veículo que o teria dado o tranca.

O acidente aconteceu na Avenida Herculano Bandeira e as câmeras de monitoramento da Companhia de Trânsito e Transporte (CTTU) registraram o momento em que o veículo bateu nas pessoas e fugiu sem prestar socorro.